Jogos de inteligência para cães

Assim como nos preocupamos com que nosso amigo peludo realize suficiente atividade física, não devemos nos esquecer de que também é necessário que ele exercite seu cérebro. Para isso existem inúmeros jogos de inteligência para cães que têm como objetivo fazer com que o animal resolva problemas e, assim, obtenha uma recompensa.

Objetivo: estimular a inteligência de seu cão

Cães brincando

Como você pode imaginar, nas lojas de animais de estimação é possível encontrar uma grande variedade de opções. Mas, com um pouco de imaginação, alguns elementos e muita boa vontade, você também poderá fazer diferentes jogos de inteligência para o seu cão.

O ideal é que comece com algo simples e vá incrementando o nível de dificuldade à medida em que o seu cão vai resolvendo cada desafio que lhe é proposto.

Este tipo de propostas permitirá que o seu amigo de quatro patas:

  • Aumente sua capacidade de resolução e sua memória;
  • Sinta-se motivado;
  • Evite o tédio;
  • Diminua o estresse;
  • Não apresente problemas de comportamento.

Algumas opções de jogos de inteligência para cães

Para que o seu animal de estimação exercite sua mente de maneira satisfatória é primordial que ele se divirta. Aprender de forma lúdica costuma ser a melhor forma de incorporar habilidades e conhecimentos. E isto vale tanto para os humanos como para os animais.

Passo a passo, e com muita paciência, então, tente fazer com que o seu pet entenda a mecânica das diferentes propostas.

A ideia é recompensá-lo em cada avanço que ele fizer – com algum alimento que goste ou, simplesmente, com elogios e carícias – e, lembre-se de não pressioná-lo se ele não conseguir resolver de forma rápida o desafio proposto.

A seguir, mostraremos a você alguns exemplos de jogos para exercitar o cérebro de seu cão.

1. Corrida de obstáculos

O objetivo deste jogo é que o cão consiga atravessar uma série de objetos até conseguir um prêmio, que pode ser uma guloseima que ele particularmente goste. Então:

  • Forme uma barreira no chão juntando, por exemplo, duas cadeiras deitadas ou algum outro tipo de móvel;
  • Em um extremo da barreira coloque o prêmio, enquanto o seu cão observa o extremo contrário;
  • Deixe que o seu pet encontre a melhor forma de chegar até sua recompensa, seja rodeando ou passando por cima ou por baixo dos objetos que se interpõem em seu caminho.

Lembre-se que, à medida em que o seu cão for resolvendo o desafio, você terá que incorporar mais obstáculos para aumentar a dificuldade do jogo.

Também, através deste exercício, você poderá determinar se o seu cão está apto para esportes como o agility.

2. Esconderijo

Neste caso, esconda um alimento que o seu cão goste em de algum lugar de sua casa e faça com que ele o procure.

À medida em que ele for encontrando os prêmios, pode aumentar o número de lugares em que ele deverá procurar. Se você tem um jardim, terraço ou quintal, é ideal que amplie a área de busca para estes espaços.

Cães cavando

3. Jogos de cálice e bolas

  • Consiga alguns cálices ou objetos de tamanhos similares, suficientemente grandes para que o cão não possa engoli-los.
  • Comece o jogo com um único cálice que esconderá um alimento ou guloseima.
  • Quando o seu cão entender a dinâmica do jogo, vá incorporando mais cálices para que ele descubra embaixo de qual, ou quais, recipientes se encontram os prêmios.

Outra maneira de fazer este exercício é utilizando forminhas de muffins ou algo similar. Coloque os prêmios em alguns dos buracos e tampe todos com pequenas bolas, para que o seu cão descubra embaixo de qual bola se esconde a recompensa.

4. Caça ao bicho de pelúcia

Neste caso:

  • Amarre na extremidade de um pau um fio ou corda. Ao final da corda, amarre um bicho de pelúcia ou algo similar.
  • Se esconda atrás de uma porta ou parede e coloque o boneco no chão, para que o seu cão possa vê-lo.
  • Quando o objeto chamar a atenção dele, comece a manobrar com o pau para evitar que o animal apanhe facilmente a “sua presa”.

Você também pode substituir o brinquedo por algum alimento amarrado à uma corda.

“O cão sabe, mas não sabe que sabe”

-Pierre Teilhard de Chardin-

Um cão estimulado mentalmente é um animal feliz

Tenha em mente que um cão com a mente ativa será um animal mais feliz.

Também, estimulando a inteligência de seu cão, você certamente evitará que ele:

  • Destrua vários objetos em casa.
  • Venha a latir excessivamente.
  • Crie uma dependência exagerada.
  • Sinta ciúme.

Assim, não prive o seu cão da possibilidade de aprender brincando e se divertindo. Vocês passarão bons momentos juntos.