Limpar os olhos e retirar a remela de nossos animais de estimação

Como limpar os olhos dos cães

A higiene e a limpeza dos fluídos de seu animal é importante para garantir que ele leve uma vida saudável. É claro, isto inclui aquelas remelas que são produzidas em seus olhos, portanto explicaremos a você como limpar os olhos e retirar as remelas dos animais de estimação.

Temos que considerar que os animais produzem diferentes classes de remelas, e estas podem ser produzidas pelos motivos mais variados. Portanto, é prudente que se questione as razões pelas quais o seu animal as está gerando, a fim de evitar complicações futuras.

Tipos de remelas

Normais

As remelas normais são aquelas brancas e duras que se encontram fora do olho. Estas remelas podem ser limpas simplesmente passando uma gaze seca na face do animal.

Dentro do olho

Se a remela ainda não desceu para a pálpebra inferior e se encontra na borda do olho ou no canto interno, você deve realizar a limpeza com extremo cuidado, para não machucar o animal.

Em caso de a remela se encontrar dura, o melhor é molhar um pouco a gaze com água morna e fazer uma pressão leve para baixo dela, empurrando-a vagarosamente.

Remelas verdes e olhos irritados

Quando se apresentam remelas com uma textura mais consistente do que o normal e na cor verde, juntamente com uma irritação nos olhos, isto poderá ser sinal de que o cão está sofrendo de alguma infecção ou conjuntivite.

O tratamento para a conjuntivite é fácil e deve ser receitado por um veterinário.

Qualquer tipo de irritação nos olhos requer rastreamento, em especial se o cão apresenta sinais de incômodos, como coçar os olhos com frequência ou estar deprimido.

Enquanto a maioria dos casos deve-se a problemas menores, a sujeira nos olhos ou conjuntivite também podem ser indicativos de males maiores, como infecções ou glaucoma.

Frequência da limpeza

Assim como os seres humanos, os animais apresentam remelas como um mecanismo de defesa para umedecer e eliminar objetos estranhos que possam ter caído nos olhos deles.

Portanto, a limpeza oportuna evitará infecções ou problemas futuros, de modo que a recomendação é limpar as remelas todos os dias pela manhã.

Além disso, deve-se considerar que, de acordo com as características especiais do cão, deverá ser então, estabelecida a rigorosidade e a frequência da limpeza.

Animais com dobras ou rugas no focinho

Boxer deitado no chão

Os animais com dobras ou rugas no focinho demandam mais atenção no momento de cuidar da saúde ocular. Isto se deve ao fato de que as lágrimas e remelas costumam se infiltrar dentro das dobras ou rugas.

Ali, a umidade produz um ambiente muito propício para a proliferação de bactérias. Esta situação se torna ainda pior nos animais de cara achatada.

Portanto, se o seu animal tem estas características, você deverá prestar muita atenção para manter esta zona livre de umidade, limpando com uma gaze seca cada uma das dobras de seu focinho.

Animais com olhos saltados

Uma situação similar ocorre com os animais de olhos saltados. Enquanto as pálpebras são uma boa defesa, a forma de seus olhos fará que seja bem mais fácil que se introduzam coisas como pelos ou pó nos olhos deles, maximizando assim a produção de remelas.

O melhor é limpar a cara de nossos peludos várias vezes ao dia com uma toalha ou lenço para animais. Desta maneira você evitará que qualquer coisa que tenha ficado entre a pelagem vá parar nos olhos do animal.

Recomendações adicionais

Escovando um gato

  • Limpe os olhos de seu animal sempre no mesmo lugar. Tente fazer com que ele sempre se encontre relaxado e, de preferência, afastado de outros animais ou pessoas.
  • Faça com que ele tenha confiança em você, acarície-o antes, durante e após o processo. Seus olhos são delicados, portanto ele não deixará que você os toque, a não ser que ele confie que você não irá lhe causar dano.
  • Quando você for limpar os olhos de seu cão, atente-se ao globo ocular. Assim, ao longo do processo, você poderá determinar se tem sujeira, se está mais opaco ou mais vermelho.
  • Utilize colírios especiais para animais apenas quando o veterinário os receitar.
  • Use sempre gazes ou uma toalhinha especial, que não deixe fiapos nos olhos do animal.
  • Caso necessário, umedeça a gaze em água limpa ou soro fisiológico.
  • Limpe a zona ao redor dos olhos, as pálpebras, os cílios e a área lacrimal para garantir uma higiene adequada.
  • Escove-o para eliminar pelos soltos que possam ir parar nos olhos.