Livre-se da solidão: adote um cão!

solidão

Adotar um cão tem múltiplos benefícios. Muitos peritos recomendam isso durante a terceira idade para combater a depressão e a ansiedade. Obviamente, também ajuda a evitar a solidão. É verdade que quando se perde alguém, seja pela morte ou por uma desilusão amorosa, um animal não poderá substituir essa pessoa.

O que ele sim poderá fazer é preencher o vazio de nossa solidão e nos oferecer amor. Este é um amor diferente do que essa pessoa nos dava, mas um amor muito sincero que nos encherá de felicidade.

Possivelmente, há quem se sinta sozinho sem necessariamente ter perdido alguém. Para essas pessoas, adotar um pet também será uma ideia magnífica. Vejamos os contrastes entre a solidão e a companhia de um cão.

Obrigado por acalmar a sede de minha solidão

adotar-um-filhote-e-invertir-em-amor

Desde que fiquei sozinho, esta casa se tornou tão grande que a última coisa que eu desejava era chegar aqui depois do trabalho. Embora estar fora não me fizesse me sentir menos sozinho, já que: passear sozinho, ir às compras sozinho, tomar café sozinho não é agradável. Que diferença há então entre estar sozinho fora de casa ou estar sozinho em casa?

Para mim não muita, embora estar fora tenha me ajudado a conhecer gente. Um dia quando eu estava tomando um café, alguém me deu um folheto que dizia: Sente-se sozinho? Adote um cão e acalme sua solidão.

Fiquei pensando em quão sozinho eu me sentia e se, talvez, um filhote poderia acalmar a minha solidão. Então me perguntei, e por que não?

A verdade é que eu nunca tinha pensado em ter um pet. Porém, estava claro que eu precisava fazer uma mudança em minha vida. E você, você foi essa mudança.

O mesmo folheto indicava uma associação protetora de animais que não ficava muito longe de onde eu morava. E sem me demorar, lá estava eu. Na verdade, não foi difícil decidir, eu te vi e, em seguida, soube que seria você que eu levaria para casa. Você era minha pequena bolinha peluda e sua forma de vir para mim me apaixonou.

Já não sei mais o que é a solidão

Desde que você chegou à minha casa, você se tornou meu companheiro ideal, meu amigo fiel, minha pelúcia vivente, alguém com quem falar e com quem brincar. Meus passeios já não eram mais sozinhos, podíamos ir juntos e tomar um café ou fazer compras.

Nunca soube o que era ter um pet, mas eu sabia bem o que era a solidão. Era algo do que agora, graças a você, tenho uma vaga lembrança.

Eu abro a porta todos os dias e te vejo lá, me esperando, sem importar se antes de eu ir tínhamos discutido porque você roeu meus sapatos… você sempre esquece, e sempre me faz sentir bem. Graças a você já não sei o que é dormir sozinho, ver televisão só ou ter todo o sofá só para mim. 

Pode parecer tolo, mas às vezes, embora eu fique desconfortável na poltrona porque você toma todo o espaço, não quero me mover para não te despertar. Não me importo de fazer isso, porque sei quão único você é e o bem que me trouxe ao afastar aquela amarga solidão que antes de você chegar na minha vida eu sentia.

Se adotar, sua vida mudará

pagar-dinheiro-por-um-cao

Tal como esta espécie de carta explica os sentimentos que se têm quando se adota um pet pela primeira vez, sua vida mudará se você decidir adotar um cão.

É verdade que isso implica um certo grau de responsabilidade, pois você nunca poderá se esquecer de que um cão depende de você para tudo. Mas as alegrias que ele trará serão muitas e mais que os sacrifícios que você talvez tenha que fazer por ele.

Não pense mais e adote um animal, porque não importa se você sente ou não solidão, sua vida melhorará, pois isso alegrará sua existência. Também se você tem filhos, um pet lhes ensinará lições muito úteis para a vida. Se houver pessoas idosas no lar, isso também ajudará a fazê-las se sentir úteis. E se você é sozinho, nunca mais será e se esquecerá o que é a solidão…