Mau hálito nos cães

Mau hálito nos cães

Os cães são encantadores, mas em algumas ocasiões, alguns dos cheiros produzidos por eles não são muito agradáveis, como o mau hálito. No entanto, a halitose nos cães pode estar indicando uma coisa muito mais grave do que o mau cheiro.

O mau hálito nos cães pode ter muitos motivos, que vão desde a acumulação de tártaro até algum tipo de patologia. A seguir apontamos algumas:

  • Má higiene bucal (acumulação de tártaro);
  • Alimentação pobre ou nutrição irregular;
  • Feridas no focinho ou nas gengivas;
  • Doenças no estômago, fígado ou nos rins;

Na maioria dos casos, com exceção das ocorrências que são derivadas de alguma classe de patologia, algumas medidas podem ser tomadas para evitar ou eliminar o mau hálito nos cães.

Por exemplo, alguns métodos para evitar o mau hálito são feitos através da limpeza bucal, de uma nutrição apropriada ou do uso de brinquedos que ajudem a melhorar o hálito do cão.

Como já falamos anteriormente, o mau hálito nos cães nem sempre está relacionado com patologias. A seguir, deixamos três dicas para combater o mau hálito:

Higiene oral

cepillar dientes 3

Primeiro, você deverá organizar uma estratégia de higiene para eliminar a halitose do seu cão. Esta medida não será benéfica apenas para este problema, mas refletirá no estado de saúde geral do animal, assim como em sua qualidade de vida, ao permitir que ele desfrute de seus dentes por muito mais tempo.

A limpeza dos dentes é de responsabilidade do dono, pois o cão não pode escovar seus dentes sozinho. Uma forma de cuidar da saúde oral do cão é observar seus dentes e gengivas com frequência, para verificar se não há feridas, cáries ou infecção

Infelizmente, a saúde dental dos cães geralmente é descuidada com frequência, por isso, muitos cães sofrem problemas dentais desde filhotes. Essa negligência faz com que os cães percam dentes ainda muito jovens, diminuindo consideravelmente sua qualidade de vida.

Nutrição

Os tipos de alimentos que você dá a seu animal de estimação, assim como o tamanho das porções, podem apresentar um grande problema a longo prazo. Em geral, os cães que consumem doces ou açúcar tendem a desenvolver problemas dentais, especialmente cáries, além de lesões no sistema digestivo e circulatório.

Da mesma forma, os cães com uma dieta exclusiva de carne tendem a acumular tártaro de maneira mais rápida, visto que a carne é mais propensa a deixar resíduos nos dentes, provocando, além disso, um crescimento da flora bacteriana que decompõe a carne entre os dentes, produzindo mau hálito.

O mais recomendável  dar ao seu cão uma dieta balanceada, o mais rica possível, em casos em que o cão não sofra nenhuma alergia. É necessário basear a alimentação, sobretudo na ração, pois esta ajuda a limpar os dentes.

Uma forma de adquirir bactérias na boca é através da decomposição de comida acumulada nos dentes que formam placas. Por isso, é muito recomendável usar pratos metálicos: desta maneira não só evitará o mau hálito, mas também protegerá a saúde do animal.

A dieta seca através de ração e biscoitos geralmente é muito boa para prevenir o mau hálito, pois estão desenhadas para favorecer a saúde bucal.

Biscoitos e brinquedos

Cachorro mordendo brinquedo

Compre no mercado brinquedos de boa qualidade, que ajudem a limpar os dentes de seu animal. Estes brinquedos se desfazem e passam entre os dentes, expulsando o tártaro formado nos dentes. Do mesmo jeito, você pode conseguir alguns brinquedos de borracha que têm a mesma função, além de massagear as gengivas do animal.

Também é necessário rever o tipo de comida que alimenta seu cão, observar a saúde oral e levá-lo para que façam uma limpeza para remover o tártaro e comprar brinquedos apropriados para que seu amigo possa desfrutar de uma vida mais feliz e saudável.