Metrô de Londres tira as propagandas e coloca fotos de gatos

O metrô de Londres é um dos mais famosos do mundo. E, nessa cidade cosmopolita, você pode ir de metrô a qualquer lugar, da zona central ou à periferia da capital da Inglaterra. Suas estações estão repletas de publicidades de diferentes produtos, que às vezes deixam os passageiros impressionados.

Duas sociedades protetoras de animais decidiram inovar, substituindo os anúncios por fotos de gatos. Para poder conseguir isso, tiveram que arrecadar dinheiro para pagar os publicitários. A seguir, contaremos a você como eles fizeram isso!

Uma campanha muito especial no metrô de Londres

Fazer publicidade de um negócio ou de um produto em lugares conhecidos, como o metrô de Londres, custa muito dinheiro. Por isso, para levar adiante essa iniciativa idealizada por Glimpse, elas entenderam que deviam arrecadar os recursos necessários. Somente assim poderiam pagar os publicitários que tinham expostos seus anúncios na estação de Clapham.

Fizeram uma campanha para arrecadar dinheiro na internet e logo conseguiram juntar 28 mil libras. Esse era o montante necessário para encher a estação de fotos de gatos durante duas semanas.

A iniciativa é um tanto curiosa. São apenas isso, fotos de gatos. Não fizeram publicidade das sociedades protetoras de animais nem de comida de animais, nem de Pet Shops ou de clínicas veterinárias, apenas de gatos. Mas com que objetivo?

Segundo nos conta Glimpse, o estresse diário de ter que ir correndo ao trabalho e de correr de um lado para o outro, passar tantas horas no escritório, equilibrar a família e a casa, é pressão emocional suficiente para as pessoas. Se a isso acrescentarmos ter que ir caminhando pelas ruas cheias de publicidade que incitam você a comprar e põem mais pressão na sua vida, a coisa piora.

Por isso, era necessário fazer algo relaxante, mesmo que fosse por pouco tempo. Queriam algo que lembrasse a todas as pessoas que passassem pela estação o belo que é viver a vida com tranquilidade.

Buscando a felicidade através dos gatos

O fundador de Glimpse garante que seu objetivo é encher os espaços publicitários com coisas que façam as pessoas felizes. Considera melhor fazer isso desse jeito do que com coisas que aumentem a pressão sobre elas. Ele acha que essa iniciativa faz com que as pessoas, ao invés de pensar em querer comprar algo que estão vendo, meditem sobre a beleza da vida e a natureza.

Parece simples, mas se ele conseguisse que isso fosse adiante, afirma-se que poderia ser reduzido o número de casos de depressão e suicídios que o estresse causa todos os anos.

Enquanto isso, as pessoas acolheram essa ideia de maneira muito aberta. Elas estão pendurando centenas de fotos de gatinhos todos os dias, sonhando em vê-las algum dia nessa ou outra estação.

Quem sabe? Talvez eles se unam para juntar empresas e mais dinheiro que permitam que as fotos dos gatinhos fiquem lá para sempre…

O poder dos animais em animar as pessoas

metro-de-londres-768x432

Fonte: www.lavanguardia.com

Mesmo que para muitas pessoas possa parecer loucura, essa ideia de melhorar o ânimo por meio dos animais está comprovada cientificamente. Não só têm força de nos fazer meditar sobre a beleza da vida, como também nos influenciam diretamente.

Não importa se são crianças, adultos ou idosos, os animais podem ajudar as pessoas destas maneiras:

  • Fazem você se sentir útil. Um animal é totalmente dependente de nós e isso faz com que nos sintamos importantes, reforçando nossa autoestima.
  • Fazem você se sentir amado. Não importa se foi há alguns minutos que você o repreendeu, ele sempre buscará o seu amor e suas atenções e fará você se sentir amado o tempo todo.
  • Reduzem o estresse. Está cientificamente comprovado que os animais são bons para reduzir o estresse. Trazem calma e tranquilidade à pessoa ou às pessoas que estão por perto.
  • Ajudam os bebês a criarem imunidade. Sim, um animal de estimação, quando bem criado, ao invés de transmitir doenças, faz o contrário. Devido ao que traz da rua, ele faz com que o sistema imunológico dos bebês e dos adultos se fortaleça, correndo menor risco de ter doenças.

Esperamos que essa iniciativa no metrô de Londres seja um precedente para influenciar muitos outros lugares do mundo a fazerem o mesmo.

Fonte das imagens: www.lavanguardia.com