Meu cachorro não quer comer

cachorro não quer comer

Os cachorros são uns gulosos exagerados, por isso ficamos tão angustiados quando notamos que eles não comeram o que demos. No entanto, é importante que fiquemos atentos a estas quedas de apetite, já que elas podem significar que algo importante está ocorrendo. Por isso, daremos aqui algumas sugestões sobre o que fazer se o seu cachorro não quiser comer. Primeiro vamos revisar alguns pontos importantes:

Não come absolutamente nada: a primeira coisa que você deve verificar é se o seu cachorro não come alimento seco para cães ou se ele não come absolutamente nada. Normalmente, em especial quando são filhotes, eles têm dificuldade em se acostumar a comer alimentos secos, e por isso os recusam.

Isso também pode acontecer porque o cachorro ficou entediado por comer sempre a mesma coisa; nesse caso, você pode tentar uma dieta mais variada, unindo alimentos secos e úmidos, experimentando outros sabores ou misturando carne.

Se o cachorro não come nada de nada, e se você notar que ele está desanimado e passa muito tempo quieto, pode ser que ele esteja enfrentando algum tipo de situação relacionada à saúde.

Está bebendo líquido: É importante saber se o seu cachorro está se hidratando de maneira adequada; se ele não está comendo nem bebendo líquidos, o melhor a fazer é consultar um veterinário imediatamente, já que ele pode se desidratar com muita facilidade.

Estresse: As situações estressantes também podem causar perda de apetite em nossos animais. Por exemplo, alterações radicais no ambiente (como uma mudança de casa), a perda de um membro do círculo familiar, não se exercitar corretamente ou ser submetido a coisas que lhe causem medo, podem ser possíveis causas.

Se é uma situação permanente, você deve dar tempo ao seu animal de estimação e tentar tornar as coisas mais toleráveis, para que ele se acostume.

cachorro-nao-quer-comer

Em muitas ocasiões, a falta de apetite ocorre devido a comportamentos aprendidos pelo cão, mas também temos que estar atentos a condições que estejam afetando a saúde dele, que podem ser próprias da idade, entre outras. Estas são somente algumas:

  • Problemas como gastrite, refluxo, desequilíbrio hormonal, febre ou doenças orais;
  • Situações decorrentes da idade, como um menor requerimento energético devido a velhice ou a deterioração do sistema digestivo e do paladar;
  • Obstrução do aparato digestivo, produto de algo indevido que o animal tenha ingerido (é difícil acreditar nas coisas que os veterinários encontram nos estômagos dos cães) ou por um problema congênito do animal;
  • Alguns tratamentos veterinários que incluam a ingestão de medicamentos ou cirurgias afetam consideravelmente o apetite. Lembre-se de perguntar sobre os efeitos colaterais de determinados tratamentos para que não seja surpreendido.

Agora, se a falta de apetite não está nem um pouco relacionada a saúde, seja ela mental ou física, significa que é resultado de um mau hábito que o animal aprendeu com você.

Se o seu cachorro tende a comer entre as refeições, ou se você, quando percebe que ele deixa de comer, mistura outras coisas para deixar a comida mais apetitosa, significa que, involuntariamente, você lhe ensinou a usar a manipulação para comer o que quiser.

cão-não-quer-comer

É bom que seu cão tenha uma dieta variada e saudável, mas também é importante consumir a comida especializada para ele. A ingestão de alguns alimentos que, para nós são saudáveis, podem ser altamente tóxicos para o organismo dele, como por exemplo a cebola e o chocolate.

Por isso, recomendamos encher a despensa com diferentes tipos de comida (alimento seco, enlatados de vários sabores, lanches), assim você pode oferecer uma grande variedade de sabores que não deixarão que seu cão fique entediado com a comida.

Também é importante ter em mente que trocar a dieta dele constantemente não é muito bom.

No entanto, pense que as quedas de apetite não são boas para o seu animal de estimação, e ainda que ele pode ficar sem comer mais de uma semana sem que isso represente um perigo grave; mas você deve saber que o sistema imunológico pode ser afetado, debilitando-o para se defender de bactérias e vírus.

Também, se são frequentes os ciclos de não-consumo de alimentos, podem ocorrer falhas em alguns órgãos, como o coração ou os rins. Por isso, não ceda tão facilmente aos caprichos do seu cão, não o alimente demais e, em especial, dê a ele uma dieta saborosa, equilibrada e muito variada, assim ele não poderá se entediar.