Meu cão pode comer alimentos crus?

Se os cães podem ou não comer alimentos crus é um assunto que já gerou muita controvérsia. Algumas pessoas são a favor e outras contra, criticando duramente os que querem alimentar os cães com comida crua. Bom, vamos falar desses últimos para saber em que baseiam as suas crenças.

Às vezes, a lógica é a que nos leva a saber se um caminho é correto ou não, por isso, qual é a lógica das pessoas que acreditam na dieta crua? Vejamos.

Por que dizer sim aos alimentos crus?

Existem muitas razões que convencem cada vez mais os amantes da dieta crua para cães. Eles garantem que ela é mais benéfica para o seu organismo.

ca%cc%83o-comendo-mac%cc%a7a%cc%83

  • A comida preparada perde seus nutrientes. Segundo suas teorias, a comida preparada perde a maior parte das vitaminas e nutrientes essenciais que são necessários para o animal. Entre o que se cozinha, são adicionados aditivos, como conservantes e corantes, e a porcentagem de “comida real” que permanece no que é preparado para o animal é mínima.
  • Por isso, eles acreditam que alimentar o animal com pedaços de carne e vegetais crus é a opção mais saudável.
  • Nenhum animal cozinha seus alimentos. Isso é verdade. Os animais selvagens não cozinham nada do que comem. E mais, se um cachorro for deixado num ambiente hostil comerá o que estiver ao seu alcance quando tiver fome, e sem cozinhar.
  • Não devemos esquecer que nossos cães são descendentes de um animal selvagem: o lobo.
  • Os alimentos crus contêm bactérias benéficas para o seu organismo. Segundo os defensores da dieta crua, os alimentos crus contêm bactérias, enzimas e outras substâncias que favorecem o sistema imunológico do animal.

Vantagens da ração

A ração para cães é feita por especialistas que passaram anos investigando a quantidade de nutrientes, vitaminas e outras substâncias necessárias para o seu cão, segundo seu tamanho, idade e raça. Por isso, puderam criar um tipo de comida pensada detalhadamente para cada tipo de animal.

Se o seu cachorro segue a dieta com ração sugerida pelo seu veterinário e pelos especialistas em alimentação, você não deve temer a falta de algumas das substâncias essenciais no seu organismo.

A ração é de fácil digestão e, portanto, favorece o bom funcionamento do aparelho digestivo e intestinal do animal.

Vantagens e desvantagens dos alimentos crus

ca%cc%83o-labrador-comida

Para alimentar o seu cachorro com alimentos crus, você terá que realizar os exames que os especialistas fazem com a ração comercial. Ou seja, você deverá saber o que contém cada alimento que você quer dar ao seu animal, o quanto o seu cão precisa diariamente e se com ele você supre todas as necessidades diárias de determinados nutrientes.

Você terá que pesar todos os alimentos, dar as doses recomendadas diariamente e, além disso, deverá saber que se o alimento é cru, cozido, guisado ou grelhado: isso mudará suas calorias, assim como suas propriedades.

No entanto, os defensores da dieta crua têm razão numa coisa: os alimentos crus armazenam todos os seus nutrientes e são benéficos para o organismo do animal.

Claro, se de vez em quando você oferece um frango cru ao seu pet, não tem problema, mas quando o que você deseja é que ele se alimente apenas de alimentos crus, você deverá ser ponderado e seguir as instruções.

É preciso também ter cuidado se você decide alternar  uma dieta seca com uma crua, pois poderia causar uma overdose de proteínas ou gordura que talvez cause doenças no seu animal.

O melhor caminho para encontrar um equilíbrio perfeito é falar com o seu veterinário para que ele lhe oriente no que é melhor para o seu amigo peludo. Pode ser que ele recomende uma dieta crua ou lhe permita dar uma mista e aconselhe sobre as quantidades de cada uma, para facilitar o seu trabalho. Lembre-se de que para tomar decisões sérias a respeito do seu animal não existe ninguém melhor do que um especialista.