Morre o cachorro mais velho do mundo

Cachorro mais velho do mundo

Embora quiséssemos que os nossos queridos amigos de quatro patas pudessem nos acompanhar para sempre, é um fato que os cães vivem, quando muito, 15 anos. E ainda que uma melhora na qualidade de vida pode fazer com que vivam mais, cães e humanos, nos surpreende saber sobre um peludo, por exemplo, que supera duas décadas de vida. Mais surpreendente ainda é a notícia de que o cachorro mais velho do mundo morreu aos 30 anos.

Saiba quem foi Maggie, a cadela mais velha do mundo

Maggie era um exemplar da raça Kelpie Australiano, que vivia em Woolsthorpe, uma pequena cidade da Austrália, junto a uma família de fazendeiros dedicados à indústria leiteira. A cadela, embora apresentasse alguns sinais da idade – problemas de visão e de ouvido- esteve ativa até dois dias antes de sua morte. Ainda caminhava e não se esquecia de latir para os muitos gatos que conviviam com ela na granja.

A partida do Maggie ocorreu enquanto ela dormia em sua cesta, segundo relata seu dono, Brian McLaren. E, apesar da tristeza que sente, o homem considera que é bom que a morte da cadela tenha sido desta maneira e não de uma forma mais traumática.

McLaren disse também que embora o animal fosse considerado como o cachorro mais velho do mundo, ele não possui a documentação para provar isso. Mas ele tem bem em claro que a cadela chegou a suas vidas quando filhote, quando seu filho Liam, que agora tem 34 anos, tinha apenas quatro.

Embora não possa entrar para o Livro Guinnes dos Recordes por falta de documentação, Maggie, que morreu aos 30 anos, é considerada como o cachorro mais velho do mundo.

Por que Maggie não pode ser considerada oficialmente o cachorro mais velho do mundo

Homem e cadela mais velha do mundo

Fonte da imagem: www.laopiniondemurcia.es

McLaren afirma ter perdido a documentação que provaria a idade de Maggie; até o momento, seu compatriota, chamado Bluey, ostenta o título de cachorro mais velho do mundo, segundo o Livro Guinness dos Recordes.

Trata-se de um Pastor Boiadeiro Australiano que morreu em 1939, aos 29 anos e 5 meses, que, conforme relatam, esteve cuidando de rebanhos de ovelhas durante mais de duas décadas.

Também o Guinnes registra o caso de Pusuke, um cachorro japonês que viveu 26 anos e 9 meses e que, até o dia anterior de sua morte, ocorrida em 2011, apresentou bom apetite e realizou seu passeio diário. Inclusive em 2008, ainda que já pesasse a sua avançada idade, ele se recuperou com êxito de uma intervenção cirúrgica depois de ter sido atropelado.

Como são os Kelpies Australianos

Para que você conheça um pouco mais sobre o tipo de cachorro que foi Maggie, contaremos algumas características destes cães de pastoreio originários da Austrália.

  • Pesam entre 15kg e 22kg;
  • Têm uma altura de entre 43 e 55 centímetros em cruz;
  • Sua pelagem dupla, pode ser preta, avermelhada, azulada ou “leonada”;
  • O comportamento é dócil e são fáceis de treinar;
  • Possuem muita energia e sempre estão em alerta;
  • São inteligentes e trabalhadores.

Mas além do trabalho como cães pastores, estes cães também costumam ser utilizados com êxito para busca e resgate, como cães guias e na detecção de drogas.

Dê uma boa vida a seu peludo sem contar os anos

O certo é que quando nos afeiçoamos realmente com os nossos animais de estimação e fazemos deles parte de nossa família, por mais que queiramos que eles vivam para sempre, o que é realmente significativo é todo o amor que possamos lhes dar e que receberemos deles, sem importar a quantidade de anos que eles venham a compartilhar conosco.

De qualquer forma, sempre nos reconforta conhecer histórias de cães que mesmo frente aos inconvenientes lógicos da idade avançada, vivem uma boa vida até o último momento e partem tranquilos enquanto dormem.

E também é bom aprender a deixá-los partir em paz e ter a consciência tranquila de que fizemos todo o necessário para lhes dar o melhor que pudemos para que suas existências tenham sido a mais feliz possível.

Se você quer ver algumas imagens de Maggie é só clicar neste vídeo.