Mulher será julgada por jogar cão em canal

Cão foi atirado em um canal

Hoje iremos compartilhar outra triste história de maus tratos animais. Mas como se diz, não há nada que se possa esconder por muito tempo. A verdade, cedo ou tarde, vem à tona. Foi assim no caso deste pobre cão que faleceu em um canal como consequência dos problemas mentais de uma jovem mulher.

Como tudo começou?

Caes salsicha juntos

Com residência em Zaragoza, na Espanha, uma família espanhola que tinha que viajar decidiu que uma de suas familiares de 28 anos era a pessoa ideal para cuidar do seu querido boxer. Nada mais longe da realidade! Mas é claro, quem ia saber até que ponto poderia chegar a maldade do coração desta mulher?

Quando a família voltou, seu cão não estava mais em casa. Não sabemos o que a mulher inventou como desculpas; talvez ela tenha alegado que ele tinha se perdido, fugido, ou que tinha sido roubado por ser um cão de raça e caro. O caso é que tudo parecia indicar que havia sido um acidente, e ainda que a tristeza tenha dominado a família, não havia muito o que fazer e tudo ficou por isso mesmo.

O surgimento no canal

Um vizinho da localidade de Zaragoza notou que havia algo flutuando no Canal Imperial de Aragão, envolto em um lençol, próximo do local onde moravam os donos do cachorro. Rapidamente, uma patrulha da Guarda Civil Espanhola foi até o local e resgatou o volume da água.

No entanto, a surpresa foi enorme quando perceberam que era um cão! O pobre animal havia sido lançado na água com um bloco de concreto amarrado ao seu pescoço.

Já fazia vários dias que ele estava morto. Havia marcas profundas em seu pescoço por causa da pressão que a corda que prendia o bloco havia feito.

Devido ao fato de que a família cumpriu com a lei espanhola de colocar um microchip em todos os animais de estimação, este boxer tinha um e rapidamente foi possível localizar seus donos para contar-lhes este desfecho tão triste da história de seu fiel amigo.

A jovem será julgada por jogar o cão no canal

Não temos informações a respeito do que a família disse ao ficar sabendo do que ocorreu, mas certamente eles tiveram que lidar com uma grande tristeza e uma sensação terrível de impotência. Não foi necessário prestar queixas contra a sua familiar, pois a própria Guarda Civil se encarregou disso.

Esta cidadã espanhola sem escrúpulos nem coração será julgada por uma acusação de maus tratos animais e esperamos que a sentença não seja leve.

As leis espanholas sobre os maus tratos contra os animais

Apesar de melhorias recentes, as leis espanholas que tratam dos maus tratos contra os animais ainda não estão totalmente claras. Isso pode soar um pouco irônico, principalmente considerando que a Espanha lidera a lista de abandono de animais.

É constante a luta para conseguir leis mais claras nas quais estas pessoas terríveis que maltratam os animais possam ser punidas da forma como merecem, e para que seja possível defender os direitos dos animais evitando assim tantos abandonos e casos como o descrito neste artigo.

É triste que não se leve tão a sério a morte dos animais de forma tão cruel, e que não existam leis bem estabelecidas que não terminem somente no pagamento de uma multa.

Não aos maus tratos contra os animais

Cães juntos no parque

Tirar uma vida merece uma punição severa. Ficamos felizes em saber que existem organizações que lutam, não apenas na Espanha mas também em outros países, para conseguir leis mais claras e severas para pessoas que cometem maus tratos contra os animais, e fazem disso uma simples forma de aumentar a adrenalina.

Como já falamos muitas vezes, se você vir um animal maltratado e puder fazer algo por ele, por favor, faça. Não pedimos que o adote, mas se puder cuidar da sua ferida e levá-lo ao veterinário, ou algo menor como chamar uma instituição para que o recolha, você já vai estar fazendo um bem a este pobre animalzinho. Se você sabe de alguém que maltrata os animais, denuncie!

Se todos nós fizéssemos um pouco da nossa parte, a convivência entre nós e os animais seria muito mais fácil.