A música clássica reduz o estresse em nossos animais

Da mesma forma que os humanos, os animais reagem à música. Dependendo do estilo, suas reações variam.

Se escutarem uma música pesada como o heavy metal, por exemplo, o cão terá uma reação enlouquecida. Se pusermos pop, rock ou outra, é muito provável que fiquem indiferentes, mas diante da música clássica, nosso animal relaxará.

Efeitos da música clássica

cão-casa

Na Universidade do Colorado (Estados Unidos) foi feito um estudo sobre o efeito da música nos animais. Os estudos demonstraram que, como bem comentamos antes, há muitos estilos musicais que não geram nenhum efeito nos animais, mas a música clássica os relaxa em grande maneira, chegando a acalmar os quadros de estresse.

Conforme afirmam vários cientistas, é bom deixar o rádio ligado em casa enquanto os donos estão ausentes. Por isso, 53% dos americanos deixam seus animais com música em casa enquanto estão no trabalho.

Há creches caninas que utilizam a música clássica para relaxar os animais antes dos treinamentos.

Devido ao uso contínuo da música na terapia para animais, isso ficou conhecido como musicoterapia, e ela é utilizada em casos precisos, como estes:

  • Ansiedade por separação de seus donos.
  • Antes de ir ao veterinário.
  • Antes de ir ao Pet Shop.
  • Quando se recebe visita em casa.
  • Quando há tempestade, ou pirotecnia.
  • Quando sabemos que os cães vão passar por uma situação de estresse.

Falando da parte física, a música clássica retarda a respiração e reduz de modo considerável os batimentos do coração, o que favorece o relaxamento e, consequentemente, tranquiliza o nosso amigo peludo.

Deixe-o escolher

É bem possível que você não goste de música clássica e tudo o que estamos te contando não te parece útil. Mas o certo é que, assim como os humanos, os animais têm seus próprios gostos e, segundo os estudos realizados em várias universidades de prestígio, seu pet já escolheu: Ele gosta de música clássica.

Lembre-se que um cão não é uma propriedade privada que tem que fazer tudo o que o dono lhe pede, é seu amigo. Não é verdade que você ama aos seus amigos, embora eles tenham gostos diferentes dos seus? Não é verdade também que você não os obriga a gostarem das mesmas coisas que você? Portanto, também não obrigue o seu animal de estimação a ter os mesmos gostos que você.

Quando e como colocar a música clássica

gato-de-bengala

Daremos a você algumas dicas sobre momentos precisos nos quais você poderá colocar alguma música clássica para o seu cão, mas o certo é que há outros muitos momentos em que você também poderá fazê-lo.

Qualquer momento do dia é bom, especialmente quando você não estiver em casa. Deixe um rádio com música clássica para que o seu animal se liberte da ansiedade de te ver sair e para que também se sinta acompanhado.

Você deve estar se perguntando que tipo de música clássica é a melhor. Embora seja certo que qualquer música clássica pode agradar ao seu animal, desenvolveram-se música específicas para os animais.

Trata-se de coleções de música clássica desenhadas especialmente para animais e nas quais, às vezes, até se incluem sons da natureza, como o cantar dos pássaros, a brisa movendo as folhas das árvores…

Não pense que você deverá colocar headphones em seu cão. Será suficiente que você deixe um pequeno rádio. Assim que o animal escutar a música, a música clássica que ele tanto gosta, ele a reconhecerá e começará a sentir mais relaxado.

Não resta dúvidas de que a música é uma linguagem universal que inclui também a nossos companheiros de “lar”, os animais. Se você gosta de música clássica e, além disso, está disposto a seguir os nossos conselhos para que seu o seu cão a escute, se criará um vínculo muito especial entre vocês.

Porque a música não só alimenta a mente, mas também a alma.

Imagem cortesia da Ana Fontes.