Nunca bata em seu cão

Nunca bata em seu cão

“Violência só gera violência”. Essas palavras podem se aplicar a diferentes áreas da vida. Por isso, nunca bata em seu cão e se faça de surdo diante daqueles que dizem que para educar os cães é necessário aplicar algum tipo de castigo físico. O bom trato, o amor e a paciência são as melhores ferramentas para a convivência. E isto se aplica também aos animais de estimação.

Razões pelas quais você nunca deve bater em seu peludo

Um cão que recebe castigos físicos se torna fugidio e temeroso. E isso não é o que queremos de um animal de companhia, não é mesmo?  Um cão que se sente intimidado por seu dono, jamais poderá assimilar corretamente uma ordem ou entender o que seu dono quer que ele faça.

Além disso, lembre-se que os cães são muito sensíveis e perceberão claramente a ira.  Portanto, nunca bata em seu cão. Com isso você apenas conseguirá com que ele:

Nunca bata em seu cão

  • Fuja quando você quiser castiga-lo;
  • Enfrente a situação e tente te agredir;
  • Expresse a frustração e a ansiedade que sente pela situação que vive com diferentes comportamentos: destruindo objetos, lambendo compulsivamente certas áreas de seu corpo, urinando em locais inadequados, etc.

Se isto ocorrer, a solução não é aumentar os castigos físicos, obviamente, mas sim procurar uma outra maneira de ensinar o seu cão a se comportar de maneira adequada. Assim, pouco a pouco, os problemas irão se resolvendo. E se ainda persistirem alguns, você poderá procurar ajuda profissional. Mas se assegure que seja com alguém sério e responsável.

Quando você decide ter um peludo, uma de suas responsabilidades é educá-lo. E este tema deve ser encarado com amor, paciência e respeito. Portanto, nunca bata em seu cão.

Eduque-o com amor: nunca bata em seu cão

A melhor forma de educar a um cão, sem dúvida, é com amor. E o afeto se traduz em paciência, persistência e bom trato. Utilize o chamado reforço positivo, é certo que com ele você poderá obter melhores resultados do que com o uso do maltrato que, além de tudo, é crime, nunca se esqueça disso.

Mas, o que você pode fazer para que o seu cão aprenda algumas regras básicas de comportamento? Basicamente, premie seus bons comportamentos e ignore os maus. É simples, quando você conseguir fazer com que o peludo responda a uma ordem que você lhe deu:

  • Dê a ele um alimento que ele goste;
  • Acaricie-o;
  • Expresse afetuosamente o quanto está feliz com ele e o orgulho que sente por ele.

Lembre-se que seu cão é um cão e que ele age como tal

Se você decidiu compartilhar sua vida e seu lar com um animal de estimação, nunca é demais se recordar de alguns detalhes:

  • O animal não faz as coisas de propósito ou para te irritar. O que você julga, com seus conceitos humanos, como um mau comportamento, pode ser que para o cão seja algo absolutamente normal. Por isso você deve educá-lo com paciência para obter uma convivência harmoniosa.
  • De nada adianta brigar com um cão por algo que ele já fez. A reprimenda só serve se você o pega “in fraganti”. Se não pegar, ele não conseguirá entender o motivo de sua irritação e você só irá confundi-lo.
  • Se o mau comportamento de um cão persiste, tenha certeza que sempre há um motivo. Você deve tentar encontrar a causa para resolvê-lo. Com castigos você só piorará as coisas.

Respeito, paciência e amor na hora de conviver com um animal de estimação

Nunca bata em seu cão

Não se esqueça nunca que se você optou por ter um animal de companhia, deverá assumir a responsabilidade de cuidar dele em todos os sentidos. E na lista de cuidados ocupa um lugar de destaque o bom trato que o seu peludo merece.

Começamos este artigo citando uma frase sobre violência. Usaremos outra para fechá-lo: “cada um colhe o que semeia”. Então, se você tratar com amor o seu animal de estimação, receberá o mesmo dele. Do contrário, se você lhe bater, terá em sua casa um cão covarde ou agressivo. É isso o que você realmente quer? É certo que não.

Lembre-se que seu peludo é um ser vivo e que como tal, merece ser tratado com muito respeito. Assim mime muito ao seu cão e tenha muita paciência com ele. Ele saberá retribuir com acréscimo. Disso você não deve ter a mínima dúvida.