Por que nunca devo dar chocolate ao meu cão

dar chocolate a um cão pode matá-lo

De todos os alimentos que existem no mundo, o chocolate é um dos preferidos, não somente por seu delicioso e inigualável sabor, mas também porque conta com a particularidade de oferecer inúmeros benefícios para a saúde, por isso muitos médicos recomendam consumir certas quantidades ao dia.

Mesmo assim, dar chocolate ao seu cão não é uma boa ideia. Ainda quando os cães sintam o mesmo prazer que nós quando estão comendo chocolate, dar chocolate ao cão é como dar um desses alimentos que jamais deixaríamos o nosso cão comer, já que ao contrário do que acontece com os seres humanos, o chocolate é tão prejudicial para sua saúde dos cães que, em alguns casos, poderá até mesmo levá-los a morte.

A partir desse fato, decidimos detalhar neste artigo o porquê você nunca deve dar este alimento ao seu pequeno amigo de quatro patas.

Dar chocolate é como dar veneno para o cão

cachorro com chocolate

Por que esse título é tão incisivo quanto a isso? Acontece que dar chocolate, embora seja um delicioso doce para o seu animal de estimação, é o mesmo que nós, humanos, consumirmos algum tipo de veneno, já que o cacau possui uma molécula chamada teobromina, que é uma substância muito parecida com a cafeína, mas que intoxica e que faz muitíssimo mal aos cães, até mesmo ao ponto de ser mortal.

A razão pela qual o chocolate é tão ruim para estes animais e não para nós, é simplesmente porque temos corpos e organismos completamente diferentes, os humanos podem facilmente metabolizar a teobromina em um curto espaço de tempo, enquanto que com os cães não ocorre precisamente isso, o que faz com que seja muito difícil para os cães destruir e eliminar esta molécula.

De fato, em uma pesquisa científica que foi feita quanto à intoxicação por se dar chocolate aos cães, foi possível determinar que a teobromina permanece entre 17 e 18 horas no organismo destes animais, podendo chegar inclusive a três dias, nos casos mais extremos, o que poderia culminar no falecimento do animal.

Quais são os sintomas da intoxicação?

Nos casos onde o cão estiver intoxicado, existem uma série de sintomas que costumam aparecer, os quais você deverá prestar muita atenção para poder determinar o que acontece com o seu pequeno amigo. Estes são os sintomas mais comuns:

  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Incontinência urinária;
  • Excesso de urina;
  • Fraqueza.

Quando a intoxicação é muito severa, os cães sofrem outros sintomas mais fortes como os seguintes:

  • Convulsões;
  • Arritmia;
  • Taquicardia;
  • Neuropatia;
  • Tremores.

A melhor maneira de tratar o seu cão quando se comeu chocolate, é fazer com que ele vomite, no caso de o consumo ter se dado em menos de duas horas, além de levá-lo a veterinário.

Da mesma forma, é importante assinalar que alguns especialistas recomendam administrar benzodiazepinas ou até barbitúricos, em caso de o cão estar convulsionando.

Qual é a quantidade de cacau que um cão pode consumir?

Em primeiro lugar deve-se destacar que, ao existir diferentes tipos de raças de cães, nem todos os organismos são exatamente iguais, por isso não é uma tarefa fácil a de se conseguir determinar não só qual é a quantidade de chocolate que ele pode consumir, mas também a quantidade que poderá ser prejudicial para a saúde dele.

Entretanto, o fator tamanho é o mais determinante para se chegar a isso, por isso é evidente que os cães pequenos serão muito mais suscetíveis aos efeitos nocivos do chocolate do que aqueles de raças grandes, já que será muito difícil para eles poder suportar a teobromina, por isso há muitíssimas mais possibilidades de ele vir a se intoxicar.

A propósito disso, ofereceremos uma pequena proporção entre a quantidade de chocolate e o tamanho:

cachorro comendo chocolate

  • Como é de se supor, para um filhote que pese menos de 1kg, será impossível digerir qualquer quantidade de cacau, por mínima que seja, por isso se recomenda nunca deixar um filhote comer chocolate.
  • Já os cães que pesem entre 10kg a 12kg, sentirão como se o coração deles se acelerasse quando consumirem 300 gramas de chocolate escuro de baixa pureza, que é o que mais prejudicial e que mais mal faz ao melhor amigo do homem.
  • Se a pureza do chocolate for alta, 250 gramas podem ser suficientes para que o animal morra.

Com tudo isso você pôde ver, ainda que os cães sejam muito parecidos conosco, existem diferenças importantes que sempre deveremos prestar atenção.

De forma resumida, se você for um bom dono e se amar o seu animal de estimação, não deixe com que ele coma chocolate.