O cruzeiro Queen Mary agora é PetFriendly!

É sempre bom saber que cada vez mais estabelecimentos estão dando espaço para animais de estimação e praticando o PetFriendly. Afinal, muitas vezes não sabemos o que fazer com o nosso mascote porque ele não é aceito em muitos lugares. No entanto, temos ótimas notícias! Agora você pode curtir o cruzeiro Queen Mary em companhia de seu peludo!

O que é o cruzeiro Queen Mary

Em funcionamento desde 1840, esse cruzeiro luxuoso é o único que atravessa o Atlântico, partindo de Nova Iorque, nos Estados Unidos. A empresa responsável pelo Queen Mary já completou 175 anos de existência, mas mesmo assim o navio segue mantendo o seu altíssimo padrão de beleza, luxo e opulência.

Não é à toa que famosos como Elizabeth Taylor ou os Duques de Windsor tenham optado por esse meio de transporte. Além de suntuoso, o Queen Mary é o cruzeiro mais caro já construído.

Agora, além de tudo isso, o navio é também o único cruzeiro a cruzar o Oceano Atlântico não só com pessoas, mas também com seus animais de estimação.

Animais no Queen Mary

Viajar em companhia de bichos de estimação nesse cruzeiro não é nenhuma novidade. Elizabeth Taylor já viajava há anos com seus pets, mas as novas normas que foram aparecendo ao longo do tempo dificultaram essa tarefa. No entanto, a empresa Cunard, dona dos mais luxuosos navios de cruzeiro do mundo, entre eles o Queen Mary, tem adotado a prática do PetFriendly.

Dependendo do peso do animal, o preço das passagens para o cruzeiro pode ser mais caro ou mais barato. Normalmente, oscilam entre 500 e 700 dólares, incluindo comida da mais alta qualidade, assim como instalações de luxo. Todo o privilégio que os cães do marajá desejariam.

Além disso, quando chegar ao navio com o seu pet você não encontrará apenas shampoos e artigos luxuosos para você sobre a cama. Seu animal de estimação também terá um pacote de boas-vindas, além de outras coisas que o deixarão muito alegre.

Durante o trajeto, que dura entre 8 e 15 dias, seu cão terá à disposição brinquedos, comida e camas de qualidade, e qualquer coisa a mais que necessitar. No entanto, se você quiser, também pode levar as suas próprias coisas para o cruzeiro. Quem se negaria a desfrutar de todo o conforto e mordomia de um navio 5 estrelas, não é mesmo?

Onde se hospedam

Nem sempre todas as notícias são boas e, infelizmente, nossos cães não podem ficar conosco nas cabines de passageiros. Por questões sanitárias, os animais ficam em canis adequados, onde permanecerão limpos, confortáveis e supervisionados 24 horas por dia.

A tripulação do navio conta com pessoas dedicadas aos animais, encarregadas de alimentá-los e levá-los para passear, tudo para que você não tenha que se preocupar com nada. Para não privar você do acesso ao seu amigo peludo, as zonas de passeio estão próximas aos canis e permanecem sempre abertas, para que você possa passear com seu pet sempre que desejar.

Parece que pensaram em tudo no Queen Mary, porque a equipe também conta com veterinários a bordo, com todos os utensílios necessários à disposição e sempre prontos para salvar a vida dos cães de todos os tamanhos e idades.

Quais são as exigências

É óbvio que nem todos os cães podem ter acesso ao luxo e ao glamour, mas para que você possa curtir o cruzeiro com o seu bicho de estimação, ele deve cumprir uma série de requisitos, como:

  • Estar com a vacinação em dia
  • Ter um microchip de identificação
  • Possuir passaporte dentro da validade
  • Ter sido desparasitado 5 dias antes de ingressar no cruzeiro
  • Documento emitido por um veterinário afirmando que ele pode viajar

Embora para tudo existam regras, e neste caso regras muito restritas, graças ao luxo do ambiente, aqueles que decidirem ou que podem se permitir fazer um cruzeiro com seu cão no Queen Mary, viverão uma experiência inesquecível.

Estamos muito contentes em saber que cada vez mais empresas, algumas famosas como a Cunard, aderem ao PetFriendly e se tornam amigas dos animais, dando oportunidade para que possamos viver novas experiências juntos daqueles que tanto amamos: nossos bichos de estimação.