O Lulu da Pomerânia: carinhoso, inteligente e nada agressivo

De cara astuta e excelente pelagem, a raça de cachorros Lulu da Pomerânia, que pertence à família do Spitz, é ativa e capaz de competir em agilidade e obediência. Ele não pesa mais de 6kg e tem uma personalidade vibrante, o que o torna um grande companheiro de passeios. Você sabia?

História e características

Características do Lulu da Pomerânia

A raça de cachorros da Pomerânia teve origem na Alemanha, província homônima. Eles se tornaram populares durante o reinado da Rainha Vitória da Inglaterra que era conhecida, dentre muitas outras coisas, por ser uma criadora ávida de cães.

Na verdade, durante o seu reinado, que durou mais de seis décadas, ela criou mais de 15 raças diferentes. No final do século XIX, a popularidade destes pequenos peludos, se propagou para o outro lado do Atlântico.

O cão da Pomerânia é simpático, lutador, extremamente peludo e muito inteligente. Eles também são cães leais e bastante familiares. É uma raça muito corajosa e independente.

Eles estão sempre em alerta, são curiosos e corajosos ao extremo, não têm medo de animais de grande porte. Se devidamente socializados, muitas vezes se dão muito bem com os outros animais da família.

O Pomerânia tem uma cabeça em forma de cunha com orelhas em pé. Algumas pessoas descrevem seu rosto como o de uma raposa. Seus olhos amendoados são escuros e tem um brilho que sugere uma centelha de curiosidade.

O nariz pode ser preto ou da cor de sua pelagem. Eles vêm em uma variedade de cores como o vermelho, o laranja, o branco, o creme, o marrom e o preto. Às vezes pode-se ver na pelagem umas manchas brancas ou coloridas.

Em torno de seu pescoço há um luxuoso colar de pelos. Embora a sua pelagem pareça exigir um cuidado complicado, a escovação regular é geralmente tudo o que ele precisa.

Apesar de seu tamanho pequeno, ele tem um latido alto, tornando-o um excelente guardião. Às vezes ele não sabe quando deve parar de latir, por isso é muito adequado ensiná-los a parar quando não é mais necessário continuar latindo.

Para os idosos, são grandes companheiros, uma vez que esta é uma raça excessivamente dependente. Eles também são bons para aqueles donos que vivem em espaços pequenos como um apartamento.

Comportamento

Comportamento do Lulu da Pomerânia

Normalmente, o cão da Pomerânia aprende rapidamente vários truques, mas é necessário ser consistente e firme na hora de treiná-los. Se certas regras de comportamento não forem ensinadas a eles enquanto ainda são filhotes, eles poderão se tornar insuportáveis com o passar do tempo.

Este tipo de animal de estimação gosta de fazer caminhadas. Seu trote é longo e ele sempre leva a sua cabeça erguida. Ele gosta de conhecer pessoas e explorar novos cheiros e territórios.

Muitos deles foram treinados como cães para assistência auditiva. Eles são excelentes animais de estimação para a terapia e trazem alegria e conforto aos doentes e aos idosos.

As altas temperaturas e a umidade podem deixar esta raça com muito calor. Então, quando você estiver ao ar livre, ou em clima quente, você deverá prestar mais atenção a ele e mantê-lo em um lugar longe da luz solar direta.

Por eles serem muito pequenos, no campo podem se tornar uma presa para as corujas, para as águias, para os falcões, para os coiotes e para outros animais selvagens. Nunca os deixe abandonados e fique atento às aves de rapina.

Apesar de serem pequenos, não parecem perceber isso e podem, até mesmo, ter uma atitude de cachorro grande. Isso pode significar um desastre se eles decidirem perseguir uma espécie maior que a deles. Portanto, para evitar problemas, nunca os perca de vista quando saírem para uma caminhada.

Para ter um cão saudável, nunca compre filhotes de criadores ou em loja de animais que sejam irresponsáveis. É melhor procurar um reprodutor respeitável e que tenha em mãos todas as provas de que o animal está em bom estado de saúde. É muito importante também se certificar de que ele esteja livre de doenças genéticas.

Finalmente, se você já adotou um destes pequenos adoráveis, lembre-se que, para evitar qualquer tipo de doenças, você deverá cumprir com o calendário de vacinação e levá-lo ao veterinário regularmente para um check-up.

Lembre-se também que quando você sair com ele para uma caminhada, ao retornar, deverá verificar a presença de carrapatos. Sua pelagem é tão espessa que se torna um receptáculo perfeito para estes pequenos aracnídeos.