O periquito, um excelente animal de estimação

Você tem pensado em comprar um animal de estimação? Gostaria de um animal de estimação que não seja muito grande, que não dê muito trabalho, que permaneça em um ambiente controlado e não precise levar para passear todos os dias? Certamente, o periquito é a sua melhor escolha.

Características do periquito

periquitos2
O periquito é uma ave da família do Psitacídea, ou seja, dos papagaios, embora seja a menor espécie da família, chegando a medir cerca de 19 cm. Vivem cerca de 15 anos e podem ser encontrados em uma grande variedade de cores (exceto vermelho e preto), podendo ser monocromáticos ou policromáticos.

Estes pequenos animais adoram companhia, por isso é muito comum comprá-los em pares. De qualquer forma, você pode comprar apenas um e tê-lo em uma sala que seja agradável para ele e, por ser bonito, também será agradável para quem os ver.

Essas aves são muito alegres e podem chegar a pronunciar algumas palavras, embora os machos tendam a aprender a falar mais facilmente do que as fêmeas, e estas assoviem melhor do que os machos.
No caso de aquisição de um par de periquitos, não há nenhum problema se os dois periquitos forem machos, embora eles possam não falar nada. No entanto, é incompatível ter duas fêmeas na mesma gaiola, pois que elas brigam continuamente desde a adolescência.

Comprando um periquito

periquitos 3
Quando você compra um periquito, existem alguns fatores que devem ser observados para garantir que o periquito esteja em boa saúde. Para começar, a plumagem deve ser lisa e clara. Se ele estiver soltando penas, ou se ele se deixa tirar para fora da gaiola facilmente, indica que ele está doente. Além disso, eles devem ser capazes de voos curtos dentro da gaiola.

A plumagem em torno do ânus não pode estar suja e seus excrementos devem ser compactos. Verifique que o bico não tem rachaduras e que os orifícios do bico estejam limpos, o periquito não deve emitir ruídos ásperos quando respira. Além disso, você também deve verificar se as garras e as pernas estão limpas.

Temos de nos assegurar que o periquito esteja em boa saúde, por isso é melhor comprar um periquito mais jovem. Chegando em casa, deve-se deixar o periquito tranquilo, sem estressá-lo durante as primeiras duas semanas para que ele estiver se adaptando às condições ambientais de sua nova casa.

Além disso, você não deve retirá-lo da gaiola durante este período de tempo.

Os cuidados com o periquito

Um aspecto importante do cuidado com o periquito é a posição da gaiola. A gaiola deve ser colocada à altura dos olhos do proprietário, em um local claro, livre de corrente de ar e tentando não posicionar a gaiola diretamente na direção do sol. A gaiola deve estar sempre limpa e os restos de penas e excrementos de sua base devem ser removidos regularmente.

Da mesma forma, você deve fazer uma limpeza extra no local onde o periquito fica, removendo penas soltas, restos de alimentos e quaisquer outros resíduos que tenham sido derrubados na base, para evitar que o periquito e o proprietário contraiam doenças.

A gaiola deve ser grande para que o animal possa fazer voos curtos, embora você também possa permiti-lo voar pela casa, desde que lá não tenha, solto também, um belo gatinho.

A dieta do periquito consiste em painço, alpiste, aveia e sementes de cânhamo, o último em pequenas quantidades, mas também frutas e legumes para complementar as vitaminas e os minerais de que ele precisa, pequenas quantidades de aveia e cálcio são muito necessárias no momento da reprodução.

Sempre se certifique de que tenha comida e água na gaiola periquito. A melhor hora para entretê-lo é pela manhã e no final da tarde, pois é quando o periquito está mais receptivo.