O que faço para meu cão parar de comer pedras?

estimular o olfato

O seu cão costuma comer pedras e outros objetos que não são digeríveis? Saiba que esse é um transtorno com causas variadas e que necessita de uma solução rápida para impedir que o animal apresente problemas – mais ou menos graves – em seu organismo. Neste artigo, ensinaremos a você o que fazer para evitar essa prática.

Esse hábito canino de comer coisas estranhas

Os cães, sobretudo quando ainda são filhotes, costumam ingerir substâncias que para nós são extremamente desagradáveis, como  fezes, sejam do próprio animal ou de outros.

Esse tipo de comportamento pode ser considerado como normal e se enquadra no desejo de explorar e conhecer o mundo que os pequenininhos possuem.

Esse hábito vira um problema quando permanece ao longo do tempo ou quando o animal começa a mastigar pedras e outros objetos que podem prejudicar a sua saúde.

“Se o seu peludo costuma comer pedras e outros objetos estranhos, consulte um veterinário para determinar as razões desse comportamento, que pode causar sérios problemas ao organismo do animal”.

Conheça o transtorno chamado pica

cao_deitado_no_gramado

A pica, também conhecida como alotriofagia, é um transtorno alimentar que não afeta apenas os cães. Diversos animais, e até os seres humanos, acabam apresentando um desejo compulsivo por coisas ou substâncias não alimentares. Assim, um cão – além de pedaços de rocha, pode mastigar e engolir coisas como:

  • Roupas, especialmente meias
  • Livros e revistas
  • Tênis e outros tipos de calçados
  • Sacos de papel
  • Brinquedos
  • Areia, cimento e cinzas

Possíveis motivos para um cão comer pedras

Mas o que faz um cão ter vontade de comer pedras? E, em todo caso, como podemos evitar esse comportamento?

Acredita-se que, com a ingestão de objetos não digeríveis, assim como no caso da grama, o animal está tentando provocar o vômito para aliviar algum desconforto provocado por problemas digestivos ou renais.

Mas também podem existir outras causas para o hábito, tanto físicas quanto psicológicas. Pode ser que o cão esteja tentando chamar a sua atenção com esse tipo de atitude.

Se você observar que o seu cão apresenta esse estranho hábito, o melhor é consultar um veterinário para descobrir a causa precisa e buscar a melhor solução para o problema.

Quais as consequências da ingestão de pedras?

De qualquer forma, seja por uma patologia, por simples curiosidade juvenil ou por um engano ocasional, o melhor é que você vigie o seu cão  para evitar que ele engula pedras ou qualquer outro objeto potencialmente perigoso.

Os pedaços de rochas, principalmente se forem muito grandes ou possuírem pontas, podem inflamar o aparelho digestivo do cão. O animal pode ficar sem apetite ou apresentar diarreia e gastrite.

Em alguns casos, entretanto, as pedras chegam a perfurar o intestino, podendo levar à morte. Em outros, podem ficar presas no estômago, causando uma gastrite crônica, com necessidade de uma intervenção cirúrgica para a extração das rochas.

Além disso, mastigar esses elementos desgasta e até quebra os dentes do cachorro, provocando feridas em sua boca. Ao tentar engolir objetos muito grandes, o animal também corre o risco de obstruir a garganta e asfixiar-se.

Conselhos para fazer o seu cão parar de comer pedras

cao_abandonado

Descartadas as causas físicas, entre as coisas que você pode fazer para que o seu bicho de estimação não coma pedras estão:

  • Dizer NÃO com firmeza quando perceber que ele vai levar algum objeto impróprio à boca.
  • Evitar brincadeiras que incluem esses elementos. Por exemplo: não atire pedras como se fossem bolas para que ele vá buscá-las e trazê-las.
  • Prestar atenção nele. Se o animalzinho se sente ignorado ou está entediado, talvez comece a apresentar comportamentos estranhos para chamar a sua atenção, como comer pedras.
  • Não o exponha a situações estressantes, como deixá-lo sozinho ou preso por muito tempo, pois isso pode desencadear esse hábito tão perigoso de comer coisas não digeríveis.