O que fazer se você encontrar um cão abandonado

Você está dirigindo seu carro e, de repente, vê um cão abandonado na rua e não sabe o que fazer. Neste artigo, nós compartilhamos algumas dicas para que você saiba como deve agir nestes casos.

O que você deve fazer

Primeiro de tudo, se você ver um cachorro na rua e você estiver no seu carro, não tente resgatá-lo em qualquer lugar, pois você poderá causar um acidente de trânsito. Antes de parar, olhe pelo retrovisor, ascenda as luzes de sinalização, estacione, desligue o motor, puxe o freio de mão e deixe acesas as luzes de emergência.

Provavelmente, o cão abandonado está assustado, ferido ou doente. Um movimento brusco de sua parte na hora de abrir o carro poderá assustá-lo e, talvez, o resultado poderá ser desastroso. Ele poderá fugir em direção à estrada e ser atingido por um veículo.

Como resgatar cães abandonados

Ao se aproximar dele, tome algumas precauções. Talvez ele possa te morder ou te arranhar. Um cão assustado tende a ser agressivo, especialmente se ele estiver perto de estranhos.

Quando você se aproximar, procure falar com calma para tranquilizá-lo. Certifique-se de tê-lo as suas vistas sempre. Se você tiver um pedaço de comida, poderá atraí-lo com o cheiro dela.

Se você pretende colocar o animal em seu carro, uma vez que vocês já estejam dentro, feche a porta e, se necessário, chame alguém para ajudar. Talvez você possa procurar alguma associação que trabalhe no resgate de cães.

Na maioria dos casos, não é uma boa ideia tentar dirigir com um cão estranho, sem restrições, em seu carro, pois ele pode se assustar e se tornar agressivo.

No caso de você ser capaz de transportar o animal de forma segura, leve-o para o abrigo de animais mais próximo. 

Se você for ficar com ele, caso não encontre o dono, deve levá-lo a um veterinário para realizar exames de saúde e aplicar, se necessário, vacinas e algum tratamento que se faça necessário.

Para encontrar os donos, você poderá colocar um anúncio no jornal local ou na internet.

Ao levar o cão abandonado para casa, certifique-se de separá-lo de seus outros animais de estimação. Um cão de rua pode estar doente, com medo ou ser agressivo com outros animais.

Uma vez que ele se sinta seguro em sua nova casa, você poderá tirar uma foto, criar um panfleto “animal de estimação encontrado” e colocá-lo ao redor da área em que você o encontrou.

Talvez seus donos possam ver o anúncio. Você também pode colar o aviso em hospitais veterinários e em sites da web. Existem várias páginas que tendem a dar publicidade a este tipo de anúncios.

Coisas para se ter em mente

Resgatando cães abandonados

Se você não tiver certeza se é possível ou não ajudar o cão abandonado que você encontrou, aqui está uma parte do conselho final: em primeiro lugar, analise se você será capaz de ajudá-loOu seja, se você não tem os recursos necessários, certamente ela irá se complicar.

Nesse sentido, atue de forma razoável e faça somente o que puder pelo animal. Se o dono não aparecer, lembre-se que você deverá levá-lo ao veterinário e assumir o custo. Então, verifique suas possibilidades antes de fazer isso.

Se você tiver qualquer dúvida, procure, online, parcerias que ajudam animais em situação de abandono.

Em geral, elas podem fornecer abrigo até que eles encontrem seus donos ou até que possam ser adotados novamente.

Sempre existem bons samaritanos que nunca perdem um animal de estimação, talvez quando eles virem um pobre cão na rua, cheguem a conclusão que o seu dono o tenha abandonado cruelmente ou tenha se esquecido de mantê-lo em segurança em casa.

Mas não julgue, falhas podem acontecer com qualquer um. Talvez o dono, no momento, esteja irremediavelmente procurando pelo cão em todos os lugares.

Finalmente, seja honesto com você mesmo e responda a estas perguntas: você está disposto a adotar um novo membro para a sua família?

Você será capaz de devolvê-lo se o dono aparecer depois que você se acostumou com ele?

Se sua resposta for “não”, a melhor escolha que você poderá fazer é conduzir o animal diretamente a um abrigo de animais. Lembre-se que a melhor maneira de ajudar é sempre a mais consciente.