O Tapping, uma técnica curiosa para os nossos animais de estimação

Assim como acontece com as pessoas, no mundo animal existem momentos em que eles também podem se sentir estressados, com ansiedade e nervosos devido a barulhos e a outros tipos de situação. Para evitar esses acontecimentos e melhorar o estado de ânimo, existe uma técnica que contribui para melhorar o seu bem-estar físico e emocional, o Tapping.

Essa técnica chamada Tapping é uma ferramenta de liberação emocional. A ideia central é que, em algum momento de suas vidas, os animais de estimação podem ter um trauma psicológico como consequência de algum problema, como uma doença ou uma experiência negativa, e isso produz um bloqueio que impede que eles tenham o desenvolvimento para uma vida saudável.

Dos humanos aos animais

Gato branco

Mesmo que a princípio tenha sido desenvolvido para as pessoas, o Tapping (tradução literal, “tocando com os dedos”), é uma técnica que se aplica sobre os pontos importantes dos meridianos energéticos do corpo do animal de estimaçãode uma forma suave, enviando vibrações ou suaves pulsações.

O bicho de estimação pode ter algum medo, devido a problemas do seu estado físico, ou até uma patologia que possa não gostar porque pertence ao mundo da mente. Como consequência disso, o comportamento do nosso animal de estimação se verá alterado. Muitas vezes já vimos o nosso amigo triste, apagado, sem vontade, inclusive emitindo gemidos de queixa, e não sabemos os motivos.

Ele pode estar assustado, com raiva, temeroso, com ansiedade, e isso pode produzir um estado de negatividade e de tensão nervosa, fazendo com que ele fique muito suscetível e até mesmo irascível.

O Tapping é uma técnica de liberação emocional para ativar diversas partes do corpo. Ele consiste na realização de toques sutis, suaves, com nossos dedos para liberar as emoções negativas. É uma ferramenta parecida com a acupuntura, mas só que sem as agulhas. Ele é utilizado em humanos, porém também pode ser aplicado em cães, gatos e em todos os tipos de animais de estimação.

Forma de aplicar o Tapping

Para usar essa técnica em nossos animais de estimação, devemos criar um clima de confiança, tranquilidade e sem tensões. É possível aplicá-la através do uso de símbolos, objetos e palavras que o animal reconheça e associe. Ele pode ser feito por meio de uma brincadeira, para conseguirmos ir liberando o nosso amigo de lembranças negativas.

Se uma palavra concreta lhe trouxer pensamentos negativospodemos apagar esse fato se a repetirmos ao mesmo tempo em que brincamos, de modo que o nosso animal de estimação apague essa lembrança e a transforme em uma vivência mais positiva.

O Proxy-Tapping

Existem animais que são mais agressivos e não admitem que toquemos neles. Nesses casos, para fazer o Tapping, o ideal é praticá-lo à distância ou utilizando o seu cuidador, dizendo-lhe por telefone o que ele precisa fazer.

Nós estamos nos referindo ao PROXY-TAPPING, que é um Tapping por substituição. Isso quer dizer que faremos toquezinhos no nosso corpo, mas visualizando o nosso animal de estimação.

Mais informação sobre o Tapping

Cachorro assustado

Se fizermos o Tapping em nós mesmos e ao mesmo tempo, mentalmente, estivermos pensando na doença ou no problema do nosso bicho de estimação, poderemos ajudá-lo sem ter que tocar nele, ou sem que ele esteja presente, além de melhorar muitos inconvenientes do seu caráter, saúde e comportamento.

O Tapping é uma técnica simples, mas é preciso que você esteja bem informado para levá-la adiante, e além disso, praticá-la antes de utilizá-la. Para interiorizá-la não é necessário que o nosso animal de estimação esteja presente, temos que aprender a utilizar os pontos energéticos que se chamam meridianos do corpo, e temos que desbloqueá-los com batidinhas.

Durante a aprendizagem dessa técnica é importante conhecer os antecedentes do animal de estimação, sua história e sua vida como era antes. Se for um cão adotado, os problemas que lhe acometeram podem ter ocorrido devido a medos, doenças, etc. Se for um animal de estimação nosso e que temos desde que era um filhote, também devemos nos lembrar dos momentos difíceis que o nosso amigo possa ter vivido para colocar em prática essa técnica de liberação emocional.

Inclusive os momentos felizes que nós compartilhamos com nosso cachorro irão nos ajudar nessa tarefa, porque o animal se lembra de muitas frases que as boas lembranças os proporcionam e, saber dizê-las em um momento oportuno, contribui para um bom desenvolvimento emocional.

Podemos utilizar a técnica do Tapping com frequência, sempre que considerarmos oportuno ou quando percebermos que o nosso animal de estimação está consumido por um estado de ansiedade. Porém é importante que assimilemos bem o seu uso para poder conseguir uma relação afetiva entre a pessoa e o animal, que irá melhorar o seu bem-estar geral e a sua saúde, não só física, mas também afetiva.