O Terrier Escocês, um teimoso adorável!

Originário da Escócia, o Terrier Escocês foi desenvolvido em 1700. Acredita-se ser uma das raças mais antigas. No início, eles foram usados ​​para a caça de animais como os coelhos, lontras e raposas. É um cão robusto, de pernas curtas, meio teimoso e muito bonito.

Características

Cães da raça Terrier Escocês

O Terrier Escocês tem uma cabeça muito grande em comparação com o resto de seu corpo. Seus olhos são pequenos e de cor de amêndoas, bem separados.

Eles têm orelhas pontudas e a cor dos pelos é trigo, preto ou tigrado. Seus pelos mais longos envolvem a barba, as pernas, e as sobrancelhas.

O Terrier escocês é conhecido por ser corajoso e por estar sempre em alerta. É um cão de guarda muito bom. Tem um grande caráter e é um animal simpático e brincalhão.

Esta raça pode ser treinada muito facilmente. Portanto, se você for firme, ele vai responder a todos os seus comandos. Os treinamentos de obediência devem ser consistentes e persuasivos. Nunca ensine o seu cão a brincar de forma agressiva.

É um cão sério, e não é particularmente alegre. Ele é teimoso, independente e inteligente também. Tende a ser indiferente, mas não para com a sua família.

Ele é um verdadeiro Terrier. Se um outro cão o provocar, ele irá lutar até o fim. É importante incentivar a socialização desde de filhote.

Esse tipo de cão gosta de cavar, passear, gosta de brincar com bolas e é um grande atleta. Em casa ele é um cão amoroso e independente. Ele é muito sensível a críticas e elogios, por isso devem ser treinados suavemente.

Alguns desses cães são propensos a doença de Von Willebrand, e também podem ser alérgicos a pulgas e, geralmente, têm problemas de pele e mandíbula. Eles também tendem a ser propensos a tumores.

Condições de vida

Condições de um Terrier Escocês

Este cão é bom para a vida em apartamento. Ficam dentro de casa e são moderadamente ativos e um passeio pode fazer muito bem a eles. Preferem climas frios. A expectativa de vida deles é de 12 a 15 anos.

O Terrier escocês deve ser escovado regularmente. Nós sugerimos que eles sejam banhados pelo menos uma vez por mês e que a tosa do pelo aconteça pelo menos uma vez por ano.

Estes cães precisam de caminhadas diárias. Aqueles que não fazem caminhadas diárias são mais propensos a apresentar problemas de comportamento.

Este é um cão muito ativo e pode se tornar destrutivo quando entediado ou não exercitado. Ele gosta de sair para caminhadas, mas a corrida não é uma de suas atividades favoritas.

Ao passear, deve usar coleira, porque ele é um caçador, portanto, se ele ver um esquilo ou um pombo, pode iniciar uma corrida desesperada atrás deles.

O Scottish Terrier, ou Terrier Escocês, é um cão que gosta de água, mas não é um grande nadador. Suas pernas curtas prejudicam o retorno a superfície e eles podem facilmente afundar. Se você tem uma piscina em sua casa, é melhor que você a cerque para que o seu animal de estimação não entre nesta área.

O treinamento é uma boa maneira de garantir que o seu terrier não se meta em acidentes em casa ou mexa com coisas que não deva.

Você deve dar uma cama para que ele possa dormir, especialmente para que ele possa tirar uma soneca durante o dia. Certamente, se você acostumá-lo desde filhote a dormir na cama dele, você evitará muitas dores de cabeça.

Esta raça de cães se dá bem com crianças. No entanto, ele não gosta de gritaria. Mas se as crianças forem bem comportadas, ele será um grande companheiro e nomeará a si mesmo como tutor.

Um verdadeiro terrier pode ser agressivo com outros cães, particularmente aqueles do mesmo sexo. Com os outros animais de estimação da casa, geralmente, se dão bem desde que ele seja acostumado desde filhote.

Mas você tem que estar ciente de alguns comportamentos. Lembre-se que o Terrier Escocês é um cão de caça. Por isso, esteja atento a qualquer pequeno mamífero.

Dessa forma, se você tiver roedores como hamsters, impeça que ele os alcance, porque, certamente, ele vai tentar caçá-los.