Os benefícios de acariciar o nosso cão

 

Alguma vez você já percebeu como se sente melhor quando você está perto de seu animal de estimação? Se já teve essa impressão, esclarecemos que ela está completamente certa. Passar tempo de qualidade com um cão, gato ou outro animal pode ter um impacto positivo em seu estado de ânimo e em sua saúde, por isso hoje lhe falaremos um pouco mais sobre os muitos benefícios de acariciar ao nosso cão.

De acordo com o psicólogo americano Alle R. McConnell, professor da Universidade de Miami, aquelas pessoas que convivem com animais tendem a ter um melhor estado de humor do que aquelas que não convivem com nenhum. Em especial, quando a relação com o animal é de boa qualidade, pois isso pode variar um pouco dependendo de situações como as espaciais, o ruído, etc.

Algo que parecem ter em comum os donos de cães é que estes permanecem mais ativos, seja porque cuidar do animal de estimação implica em ter que sair para passear, brincar em casa ou no parque.

Mas além disso, os cães dão amostras muito significativas de afeto, em especial quando nós os acariciamos com frequência e, além do mais, isso também é muito benéfico para a saúde do dono, vejamos alguns motivos:

Ajudam a ter um coração mais saudável

Além dos benefícios que representam para o coração ter uma vida mais ativa, os donos de cães tendem a ter uma menor pressão arterial, principalmente porque não se sufocam tanto já que costumam desabafar falando e acariciando o animal de estimação.

Igualmente, as pessoas que sofreram ataques do coração, ou que possuem alguma outra anomalia cardíaca, e que têm um cão, têm uma melhor qualidade de vida e de saúde do que aquelas que, nessas mesmas condições de saúde, não têm um cão.

Diminui o estresse

Possivelmente, o maior benefício de acariciar aos animais de estimação está relacionado com a redução dos níveis de estresse.

Acariciar o seu cão fará você se sentir muito melhor, em especial em casos de depressão. Acariciar ao seu cão ajudará ao seu corpo a liberar um hormônio relaxante, que fará com que os seus níveis de estresse sejam reduzidos.

Além disso, o contato físico também parece aliviar o estresse dos animais de estimação, além de fortalecer o vínculo entre ambos e melhorar a convivência.

caricia-cão1

Melhora a sua relação com os outros

Os animais, especialmente os cães, podem te ajudar a se conectar com outras pessoas. Isto não só se deve ao fato de que as pessoas tendem a conversar com outras durante os passeios e a programar novas saídas com os seus animais de estimação.

O fato de acariciar aos cães ensina às pessoas o sentido de responsabilidade e de amparo sobre o outro. Já que o cão é absolutamente dependente de seu dono, basicamente a integridade física deste se encontra em suas mãos.

O contato físico ajuda a fortalecer a relação entre o cão e a pessoa, que muitas vezes chega a comparar-se com o amor que os pais sentem pelos filhos. Dessas relações, começa-se a gerar um dever dentro das interações humanas, que termina impactando positivamente as relações sociais do dono.

Contribuições adicionais de se ter um cão em casa

Melhora seu estado de ânimo

As pessoas com animal de estimação são geralmente mais felizes, têm mais confiança, e são menos solitárias que aquelas que não têm um animal de estimação. Também visitam o médico com menos frequência por problemas menores (dores de cabeça, de costas ou gástricas.)

Uma das razões que podemos atribuir a isto é o grande sentido de pertença e significado que nos dá o nosso animal de estimação, pois por ser o cão absolutamente dependente de nós, ele nos faz nos sentirmos responsáveis e parte de algo importante.

caricia-cão2

Beneficia o sistema imunológico do bebê

Os bebês criados em famílias que têm algum animal de estimação costumam ser menos propensos a alergias e a asma, segundo demonstram alguns estudos.

Entretanto, para que isso ocorra, o contato deve começar de maneira precoce, idealmente antes que o bebê tenha 6 meses de vida. Os bebês com cães ou gatos em casa, além de tudo isso, sofrem menos de resfriados e infecções de ouvido durante o primeiro ano de vida.

Apoio as crianças com dificuldades de se socializarem

As crianças que têm autismo tendem a se relacionar melhor com seus companheiros de classe quando têm um animal de estimação em casa. Esse fenômeno aumenta ainda mais quando o animal de estimação os acompanha na sala de aula; isto se deve ao fato de que os animais transformam o ambiente educativo e ajudam a integrar a aqueles que têm dificuldades para interagir.

Imagem cortesia de slowdevil.