Os benefícios do mel para cães

Mel para cães

Nós repetidamente ouvimos a frase: “Não dê açúcar para cachorro que ele ficará cego“. A verdade é que isso é um mito e uma lenda antiga que não tem fundamento.

Um cão ficará cego se estiver propenso a diabetes, como acontece com qualquer ser humano que sofre desta doença. Continuar com essa mentalidade pode fazer você negar que seu animal de estimação coma um elemento muito benéfico para a saúde: o mel.

Sabemos que o mel tem muitas propriedades benéficas para os seres humanos. Podemos usar para a garganta, para ativar as defesas, pele, cabelo, queimaduras, melhorar a memória e intermináveis benefícios.

Mas o que é menos conhecido é que esse ingrediente também é altamente benéfico para nossos mais fiéis amigos: os cães.

O mel
O mel é um produto resultante da polinização das abelhas. De acordo com a cor, clara ou escura, assim será o sabor, mais suave ou mais forte. Além disso, dependendo da intensidade do sabor e da cor nos indicará que contém mais antioxidantes e mais nutrientes. O pH do mel é muito baixo, o que facilita a paralisação do crescimento de bactérias.

O mel também contém diferentes nutrientes que ajudam o sistema imunológico e saúde em geral. Aporta um ganho de energia adicional e o aporte de calorias é relativamente baixo.

 

Como será o seu mel cão?

Cachorro na praia

Em primeiro lugar, gostaríamos de lembrá-lo que o mel é um ingrediente que contém glicose e frutose por isso, se o seu cão for diabético, é melhor consultar um veterinário antes de dar uma dose  dessa iguaria dourada.

Além disso, como explicado acima, ele fornece energia extra, por isso, se o seu cão for bastante sedentário e quantidade de exercício é muito baixo, ou mesmo zero, é melhor limitar o consumo de mel ao mínimo.

Vamos ver alguns benefícios:

  • Fornecimento de nutrientes tais como vitamina A, B, C, D, E e K. As vitaminas desempenham um papel importante no corpo do cão, uma vez que ajudam na regeneração.

Por outro lado, favorecem as funções de reprodução, ocular, epidérmica e metabólica, entre outros.

  • A ingestão de antioxidantes. Durante o funcionamento normal das células, elas geram moléculas nocivas conhecidas como radicais e que têm o objetivo de destruir as células.

Os antioxidantes impedem este ataque e neutralizam os radicais.

  • Ajuda com alergias. O mel contém uma pequena quantidade de pólen. Se você der o mel para seu cão diariamente, o sistema imunológico dele vai gradualmente aceitar o pólen e não terá reações exageradas quando a  primavera chegar.
  • Fornecimento de minerais. Estes irão ajudar o seu cão a ficar saudável, tanto interna como externamente.
  • Vencer problemas digestivos. Devido à sua baixa acidez, o mel é capaz de prevenir o crescimento de muitas bactérias, incluindo as digestivas. Além disso, o mel contém uma enzima que produz peróxido de hidrogênio, que também é antibacteriano.
  • Queimaduras e feridas. Pelas razões discutidas na seção anterior, o mel é um componente excepcional para este problema.

Como usar

Cachorros filhotes

Se o seu cão for saudável, não sofrer de diabetes e for ativo, a nossa sugestão é que você use o mel como algo preventivo de doenças no futuro. Você pode dar duas colheres de chá duas vezes por dia.

Faça isso especialmente se o seu cão sofrer de algum tipo de alergia.

Você também pode dar duas colheres de chá de mel se seu cão estiver sofrendo de gastroenterite ou gastrite. Suas propriedades esplêndidas vão desacelerar o crescimento de bactérias.

Se as feridas acontecerem, coloque o mel sobre elas e não tampe. Deixe por pelo menos vinte minutos.

Para queimaduras, o melhor é cortar o pelo em torno da queimadura, lave bem a área com vinagre, aplique o mel a cada dez minutos até que a dor diminua e, finalmente, coloque uma bandagem.

Como você pode ver, o mel também é um ingrediente benéfico para o seu cão, por isso não hesite, use-o! Ele vai ajudar o seu cão a ser um animal forte e saudável.