Os cães podem diferenciar o nosso humor?

 

Em artigos anteriores explicamos que os cães têm uma capacidade intrínseca de demonstrar empatia. Esta capacidade faz com que a pessoa ou o animal que a demonstre sinta a dor do outro em seu próprio coração e faça todo o possível para tentar aliviá-la.

Agora, como os cães conseguem fazer isto? Sabemos que eles percebem os nossos sentimentos e mudanças de humor de forma instintiva. A pergunta que surge é, os cães também podem diferenciar o nosso humor?

Os cães podem diferenciar o nosso humor

cão-mulher-deitados

Os cães sabem muito bem quando é o momento de se aproximarem de nós e quando não. Possivelmente você diga: “Mas quando ele me vê triste sempre quer brincar ou lamber a minha cara”. Não acredite que ele assim o faz porque quer brincar, mas sim porque ele deseja que você brinque. Seu cão sabe que você está triste e por isso se aproxima, para tentar te aliviar de sua dor.

A verdade é que da mesma forma que você notou como ele se aproxima nesse caso, também deve ter notado que quando você está estressado, se arrumando para um compromisso ou por qualquer outro motivo, você nem sequer o vê. Talvez você nem tenha se dado conta, mas é assim.

Estes são apenas dois exemplos de que os cães têm a capacidade de detectar o nosso estado de humor e de atuar em consonância. Observe o que faz o seu cão quando você está zangado. Mas e se nem sequer fizermos um gesto, seriam os cães capazes de diferenciar o nosso humor apenas olhando para o nosso rosto?

Capazes de diferenciar o nosso humor só com a nossa expressão?

Foram feitos muitos experimentos e investigações para provar cientificamente as causas ou motivos de certas reações nos cães. Nos alegra poder dizer que foi feito um estudo que prova também este fato: os cães são capazes de diferenciar o nosso humor apenas olhando para o nosso rosto.

Este experimento foi feito pelo Instituto de Investigação Messerli da Universidade Veterinária de Viena (Áustria). O experimento consistiu nisto:

  • Selecionaram mais de vinte cães de diferentes raças e tamanhos.
  • Mostraram 30 imagens de maneira parcial. Algumas vezes ocultavam a parte inferior e outras, a superior, fazendo que se vissem ou os olhos ou a boca das pessoas fotografadas. Algumas tinham expressão alegre e outras de irritação.
  • Os pesquisadores foram mostrando as fotos pouco a pouco, às vezes uma metade, e outras vezes a outra, para saber se os cães eram capazes de reconhecer os rostos que já conheciam.
  • Em último, treinaram onze cães para verem as imagens completas e para mostrarem diferentes atitudes ao ver cada uma, de acordo com a expressão. Não foi casualidade, todos os cães relacionaram de forma positiva ao verem rostos alegres ou de forma negativa ao verem os rostos zangados.

aborrecimentos

Este estudo deixou claro que os cães são capazes de diferenciar o nosso humor apenas olhando para o nosso rosto. Quando os cães do experimento viam um rosto feliz em uma das imagens, aproximavam-se, moviam o rabo e inclusive alguns pulavam.

Ao verem os rostos zangados, desviavam o olhar, alguns se assustaram e outros se escondiam. Não foram casualidades, já que o experimento se repetiu muitas vezes, provando claramente que os cães são capazes de diferenciar os nossos aborrecimentos. Não sabemos como eles o fazem, apenas sabemos que eles podem fazê-lo.

No passado, disseram que os chimpanzés são os animais mais inteligentes. Porém, eles não têm sequer a capacidade de diferenciar o nosso humor. Às vezes, os humanos subestimam aos cães acreditando que não são mais do que animais sem sentimentos e que apenas servem para nos fazer companhia no lar.

Bom, graças a grandes pesquisadores como os do Instituto de Investigação Messerli, que dedicam seu tempo, energias e dinheiro para fazerem experimentos deste tipo, aprendemos cada vez mais sobre os nossos amigos cães. Sem dúvida, o cão é uma espécie excepcional que não deixa de nos surpreender, e estamos certos de que continuarão a nos surpreender no futuro.

Continue amando o seu animal de estimação, e não permita que ele te veja zangado, pois isso o fará sofrer.

Imagem cortesia do Marlow.