Os cães são capazes de detectar uma gravidez?

Cães detectam a gravidez

Entre muitas virtudes, nossos cães são capazes de detectar uma gravidez. Mas também podem descobrir diversas doenças que os humanos sofrem e antecipar alguns fenômenos naturais. São adivinhos? Nada disso.

Embora a comunidade cientifica continue investigando os motivos específicos, tudo parece indicar que a resposta passa pelo extraordinário olfato e pela aprimorada audição dos cães.

Os cães cheiram as mudanças hormonais

Por mais que você domine o idioma canino, não precisa achar que seu cão convocará uma reunião familiar e anunciará a gravidez de alguém na casa.

O certo é que estes animais de estimação percebem muito rápido as mudanças hormonais que são produzidas no corpo das mulheres grávidas, inclusive antes que elas mesmas possam perceber.

E como manifestam esta alteração que alertam? Com variações em sua conduta. De um modo geral, se aproximando mais da mulher que está grávida. Outras vezes, se distanciando.

Cada animal, a sua maneira, demonstrará que uma coisa diferente está acontecendo. Não é errado afirmar, então, que os cães podem ser o melhor teste de gravidez que pode existir.

Razões pelas quais os cães são capazes de detectar uma gravidez

Cachorro com mulher grávida

O olfato canino supera o dos humanos e isso não é uma novidade. Calcula-se que os cães têm um olfato entre 10 milhares e 100 milhares de vezes superior ao humano. O curioso para muitos é que o poderoso nariz canino permite sentir as mudanças químicas que acontecem no interior do corpo feminino devido a uma gravidez.

Contamos alguns detalhes sobre o forte olfato destes animais de estimação em comparação com o nosso:

  • Têm 50 vezes mais receptores olfativos que as pessoas;
  • Detectam entre 200 e 300 milhões  de células olfativas. Os humanos têm apenas 5 milhões;
  • A área cerebral dedicada a este sentido é 40 vezes maior que a nossa;

Outras coisas que os cães podem detectar

Mas, além dos cães serem capazes de detectar uma gravidez, também podem antecipar:

  • O trabalho de parto;
  • Mudança de clima ou tempestades;
  • Tremores de terra;
  • Alterações no estado de ânimo das pessoas;
  • Doenças, sobretudo certos tipos de câncer;
  • Iminência de uma morte;

Alguns cães têm a capacidade de perceber hipoglicemias em pacientes com diabetes ou a iminência de um ataque epiléptico. Inclusive, chegam a alertar a pessoas que estão a ponto de sofrer uma Acidente Vascular Cerebral (AVC), uma embolia ou um ataque cardíaco. Por esse motivo, muitos animais são treinados como cães de assistência.

Os cães e o sentido da audição

Cachorro brinca com bola

O ouvido é outro dos sentidos muito desenvolvido nestes animais e que os permite perceber alguns fenômenos (como tempestades ou terremotos) muito antes dos seres humanos.

É que o espectro auditivo do cão é de 20 a 65.000 hertz enquanto que o dos seres humanos é de 20 a 20.000 hertz.

Em relação à percepção de sons distantes, os cães detectam um som fraco a uma distância entre quatro e cinco vezes maior.

Cães e gravidez

Mas uma vez que o cão detectou uma gravidez isso vai gerar alguma mudança de comportamento, como continua a história até o momento do parto? As mulheres que têm filhos e convivem com estes animais de estimação têm infinitas experiências para contar a respeito.

Por exemplo:

  • Alguns animais que preferiam o homem da casa, de imediato o deixam de lado para se dedicarem a grávida.
  • Tornam-se mais protetores e ficam muito próximos da mulher. É comum ouvirmos casos como o cão ficar aguardando atrás da porta quando a dona vai ao banheiro,  dormem perto da cama dos donos e  outras demonstrações de aproximação.
  • Latem e emitem gemidos a todas as pessoas que querem se aproximar da “protegida”. E alguns chegam até a avançar nas pessoas que querem se aproximar da futura mãe.
  • Finalmente, sinalizam o começo do trabalho de parto da dona, inclusive antes que ela o faça.

Também é absolutamente normal que o cão cheire o ventre que está crescendo.

No entanto, alguns animais podem reagir diante da mudança desenvolvendo algumas condutas relacionadas com o estresse e a ansiedade, como é o caso das lambidas constantes.

Nestes casos, a visita ao veterinário pode ser necessária para criar soluções para que tanto o animal como a dona grávida levem este período particular de suas vidas da melhor forma possível.