Por que os cães sempre querem lamber a nossa cara?

A ideia inicial da qual teremos que partir para saber por que os cães querem lamber a nossa cara, é que eles reconhecem o nosso rosto. Além disso, os cães têm antecedentes genéticos nos lobos.

Em uma família de lobos, quando os pais saem para caçar, ao voltarem para a ‘casa’, os filhotes recebem a seus pais saudando-os com lambidas em seus focinhos. Este acolhimento tem uma dupla finalidade: por um lado, via de regra, é uma saudação e, por outro, serve para que os pais lobos possam regurgitar alimento para suas crias. Os lobinhos pedem atenção e alimentos para os seus pais, também lambendo os seus focinhos. Estas atitudes, de alguma forma, foram herdadas pelos cães.

Os cães querem lamber a nossa cara por várias razões

cão-lambe

Quando os nossos animais de estimação caninos lambem o nosso rosto é um gesto familiar, em primeira instância, já que é um gesto de boas-vindas, mas também é uma espécie de toque de atenção. Além disso, é um sinal de calma e serenidade. O que tentam nos comunicar é que não há ameaças, que tudo está tranquilo e que eles estão preparados para brincar ou interagir quando os donos quiserem. Se estamos brigando com o cão ou em uma posição física que o intimida ou o faz se sentir inseguro, o animal pode fazer tentativas para lamber a nossa cara com o objetivo de nos acalmar e aliviar a tensão.

Outra finalidade importante que objetivam os cães ao lamberem o nosso rosto é, diretamente, procurar informação, sobre onde estivemos, o que comemos, etc. Eles obterão todos estes dados através das lambidas em nossa cara.

A aprendizagem é outra causa. Se o animal já estiver ciente de que lamber o nosso rosto nos provoca risadas, que faz nos sentirmos bem, ele pode procurar simplesmente isso, uma diversão mútua.

Tipos de beijos

Da mesma forma que beijos de muitos tipos, demonstrações de amor, de desejo, de afeto, amizade, beijos mais fugazes ou mais longos, as lambidas dos cães é o equivalente nos humanos a um beijo carinhoso ou a uma carícia. Se trata de um afetuoso modo de nos reconhecer, nos explorar e de saberem mais sobre nós, é uma demonstração afetuosa de carinho.

Os cães mostram seu afeto pelas pessoas de muitas formas. Uma das mais importantes é através da língua. Não é incomum que os cães nos lambam a cara e, inclusive, as orelhas do dono. Desde muito pequenos, o nosso animal de estimação aprende a “falar” com sua língua, e lamber a nossa cara é exemplo disso.

Estudos realizados

cão-lambe-a-cara

Diferentes pesquisas foram desenvolvidas e contribuíram com dados que confirmam a reação dos cães ante os estados de alegria ou de dor de seus donos. O comportamento de um animal é muito influenciado pelas expressões humanas que ele percebe de imediato.

Desta forma, nas pesquisas desenvolvidas, quando as pessoas se mostravam felizes, o cão se aproximava delas com um ar amistoso e brincalhão. Se as pessoas estavam tristes ou choravam, o animal reagia com lambidas nas mãos e no rosto, as cheirava de forma suave e lhes acariciava com seu corpo.

Neste último caso, as lambidas serviam para mostrar todo seu afeto e sua “solidariedade” ante o mau momento que eles intuíam que as pessoas estavam passando. A interação, como vemos, é total. Nada do que nos acontece passa desapercebido pelo nosso animal de estimação, embora na grande maioria das vezes não estejamos conscientes disso.

O cão pode “simpatizar” conosco e desenvolver o que podemos definir como “contágio emocional”, quer dizer, chegar a sentir o que nós sentimos. Nestes estudos foram obtidas informações verdadeiramente surpreendentes.

Outros estudos demonstraram que os cães também se contagiam pelos bocejos dos humanos. Durante as pesquisas, a metade dos cães analisados bocejaram quando ouviam o som dos bocejos humanos. Além disso, se o bocejo provinha de seu dono, a probabilidade de que o cão bocejasse era cinco vezes maior.

Embora estes estudos não possam concluir que a empatia dos cães seja igual à humana, a verdade é que os nossos sentimentos e a expressão que nasce deles irá contagiar ao nosso amigo canino, e é uma evidência a mais de que o cão é o melhor amigo do homem. Lamber a nossa cara é um claro exemplo disso.