Os cães e a televisão

Nossos animais de estimação domésticos estão acostumados com a televisão ligada na convivência deles conosco. Embora possamos pensar que eles são indiferentes ao que acontece na tela pequena, a realidade é que isso não é exatamente assim. A maneira deles, eles prestam atenção ao conteúdo dos programas. Vejamos a relação entre os cães e a televisão.

Está mais que estudado que os cães podem reconhecer a outros animais de sua espécie na televisão. Eles têm muito desenvolvido o sentido do olfato e, logicamente, estranham que essas imagens não transmitam nenhum cheiro. Mas também essas imagens chamam a atenção deles, e ainda mais se estes animais, protagonistas dos programas, latirem.

Outros animais, outras espécies na televisão

foto-cão-2

Mas isso não ocorre apenas com animais de sua mesma espécie. Nossos animais de estimação também estarão atentos a outros animais de outras espécies. Neste sentido, em alguns países, já há programas específicos para cães, onde eles podem ver os “atores” protagonistas de seus programas favoritos em diferentes exercícios e atividades.

Já ouvimos mais de uma vez, que os cães enxergam apenas em preto e branco, porém parece que isso não é bem assim. A verdade é que os cães também apreciam a realidade que lhes rodeia em cores, embora não exatamente como nós, os humanos. A gama cromática dos cães é menor.

Alguns estudos chegaram à conclusão de que nós contamos com 3 cores primárias, vermelho, azul e verde, enquanto nossos amigos caninos só têm duas, o amarelo e o azul.

Desta forma, se nosso cão ver na televisão um outro cão, entre pessoas ou em planos de filmes, series, etc., o certo é que ele sim saberá identificar o outro animal visualmente. Se o protagonista latir ou emitir qualquer outro tipo de som, nosso pet ficará alerta.

Percepção das imagens televisivas

Entretanto, os olhos dos cães podem captar as imagens que veem muito mais rápido que nós, por isso eles estão mais interessados nos programas modernos, que emitem um maior número de fotogramas por segundo.

Também influi a raça do cão, inclusive a personalidade dele. A modo de exemplo, os cães da raça Sabujo, se interessam muito mais pelo aroma do que pela imagem, por isso eles “desfrutarão” muito menos do que aparece na tela. Já os Terrier reagem de forma mais natural ante as imagens que aparecem em seus programas favoritos.

Além da imagem, os ritmos e os sons, inclusive a temática que surgem dos programas televisivos, podem fazer com que o nosso pet preste mais ou menos atenção.

Programas televisivos para cães

A rede DogTV é conhecida pela transmissão de programas especificamente para cães, com imagens que foram criadas com a finalidade de captar a atenção de nossos amigos, e sem publicidade, logicamente. Desta forma, quando os cães ficam muito tempo sós em casa, eles contam com um excelente meio de entretenimento.

Estes programas não só se apoiam na emissão de imagens atrativas para os cães, mas também influem muitos em outros fatores, em uma análise da psicologia e da percepção sensorial. Dos jogos com cores, até os sons, tudo foi planejado durante a elaboração destes programas.

Geralmente, podem se diferenciar 3 tipos de programas, os que relaxam aos nossos amigos, os que são estimulantes para eles e os que simplesmente expõem imagens curiosas.

Alguns cuidadores de cães usam a televisão para entreter os seus “clientes”, instalando o aparelho na altura dos animais, e eles conseguido alguns resultados muito bem-sucedidos na distração dos cães.

Sensação de movimento

cão-para-television

No aspecto mais técnico, podemos dizer que o olho humano percebe a cintilação do monitor com uma frequência inferior a 55Hz, já os cães, em uma frequência maior, de 75Hz. É por isso que quando eles assistem a televisão, na verdade, para eles a tela cintila mais continuamente, portanto normalmente os cães não costumam perceber a sensação de movimento na tela da mesma forma que nós. Porém, apesar disto, uma imagem parada, para um cão ou outro animal, captará a atenção do cão espectador.

Entretanto, a maioria dos aparelhos de televisão foram pensados para a vista dos humanos, por isso não é cômodo para os cães olhar para eles, e é difícil que sua atenção se centre. Mas se o ângulo da tela estiver na atura de seus olhos e as imagens apresentarem outros cães, aves, etc., é quase certo que o cão prestará atenção nelas.