Os prêmios que damos aos nossos cães podem estar sendo mal utilizados?

O reforço positivo é uma das estratégias utilizadas durante o treinamento dos cães. No entanto, algumas dúvidas surgem sobre sua aplicação, muitos acabam se questionando se os prêmios que damos aos nossos cães podem estar sendo mal utilizados.

Quando é apropriado recompensá-los

A formação clássica dos cães é chamada de condicionamento operante e está fortemente ligada ao aprendizado de coisas novas. De acordo com este modelo de educação, as condutas espontâneas quer você deseja que o seu cachorro mantenha, deverão ser reforçadas de forma positiva, através de prêmios, para que mais tarde elas se tornem hábitos.

Isto, aparentemente, não é ruim, mas definitivamente durante o processo de aprendizagem dos cães as recompensas devem ser comedidas e não se deve premiar a tudo. Portanto, é aconselhável analisar as ações que devem ser recompensadas com antecedência, para então se desenvolver uma estratégia de treinamento.

Quando devo recompensar o meu cão?

filhote-não-quer-comer

Quando se está ensinando um novo hábito a ele

Quando o cão está aprendendo algo novo é altamente recomendado uma recompensa, porque ela é parte do reforço positivo. Então, desta forma, o cão irá associar de uma maneira mais fácil que a ação que ele está fazendo é de nosso agrado e isto irá ajudá-lo a fazer disto um hábito.

Quando o cão está aprendendo coisas de dificuldade elevada

No caso dos cães que são usados para atividades como busca, resgate, vigilância ou ajuda para pessoas com necessidades especiais, a recompensa é uma parte fundamental do treinamento, pois eles deverão executar ações que não fazem instintivamente.

Quando não recompensá-lo?

Quando ele executa ações já aprendidas

Se o cão já passou da fase de reforço e fez da ação um hábito, não é bom recompensá-lo sempre que ele executar determinada ação já aprendida. Pois ao fazê-lo, você poderá incentivar no cão a preguiça de aprender coisas novas e, com isto, dificultar sua aprendizagem futura.

Isto ocorre porque primeiro ensinamos as ações de base e sobre estas se estabelecem as ações mais complexas. Se o cão receber a recompensa cada vez que ele executar uma ação de base, já não irá querer continuar a executar as atividades mais difíceis, pois ele já terá conseguido o que quer.

Uma momento primordial do aprendizado ocorre quando a recompensa é, gradualmente, eliminada, para que o cão seja capaz de executar uma ordem sem o “suborno” que você utiliza para recompensá-lo.

Ele deverá responder somente a sua voz ou ao método que você usar para que ele execute a ação, reservando-se a recompensa apenas para as ações de maior dificuldade.

Quando as recompensas são dadas durante todo o dia ou sem nenhum motivo

É muito importante para o seu cão relacionar a recompensa com uma ação. Se ele receber prêmios, sem qualquer motivo, você vai fazer com que essa recompensa perca o valor, porque ele vai aprender que poderá obtê-la de qualquer forma, ou seja, seguindo as ordens ou não.

Premiar exclusivamente com comida

A longo prazo este tipo de recompensa acaba virando suborno. Portanto, o seu cachorro irá vê-lo como um distribuidor de guloseimas e seguirá as suas ordens somente quando ele quiser obter uma.

Que tipo de recompensa usar?

treinamento-cão

Há uma grande variedade de itens para o treinamento canino e a melhor coisa é usar vários deles, especialmente para impedir que o seu cão consuma demais um único tipo de produto.

Também, se você for utilizar comida, você terá que procurar aquelas que sejam pobres em gorduras e sal, para evitar problemas como a obesidade.

No mercado existem muitos produtos que você poderá utilizar para esta finalidade, é melhor que você procure algum produto que ajude a limpar os dentes, ou que sejam ricos em fibras, para beneficiar o sistema digestivo de seu amigo peludo.

Lembre-se que é melhor não fazer uso de ração como recompensa. Pois, para o seu cão, não será diferente quando ele estiver comendo e quando estiver sendo premiado.

É ideal que você inclua como prêmio carícias, mimos e brincadeiras, bem como palavras ditas em tom carinhoso (tenha em mente que o seu cão pode associar várias palavras e entender o tom de sua voz).

Assim o seu cão não irá visar apenas a comida, mas também será grato por você o beneficiá-lo emocionalmente.

Finalmente, você deverá aprender a diferenciar o humor de seu cão. Desta forma, você evitará premiá-lo quando ele estiver ansioso, agressivo ou nervoso, porque você só vai acabar reforçando este tipo de comportamento nele.