Uma pesquisa revela que crianças com animais de estimação são mais felizes

Quase todas as crianças, inclusive nós quando éramos pequenos, já pediram um animal de estimação para os pais. Querer ter um animal de estimação é como querer ter um membro a mais na família, alguém que seja um refúgio quando estivermos tristes e um amigo que sempre vai nos dar carinho e lealdade.

No entanto, um estudo descobriu que, além disso, quando os pais presenteiam os filhos com um animal de estimação eles conseguem deixar os filhos mais felizes e elevar sua autoestima, além de torná-los menos sedentários e menos estressados.

Um estudo demonstra que as crianças com animais de estimação são mais felizes

Gato, cachorro e crianças

Uma plataforma digital líder em decoração do lar realizou um estudo chamado “Os animais de estimação e o lar”, onde tiveram por volta de 110 mil entrevistados.

Destes, 82% reconheceram que um dos maiores benefícios de se ter animais de estimação em casa é que eles os fazem serem mais felizes, especialmente as crianças. Citaram inclusive casos de crianças retraídas ou solitárias que depois de ter um animal de estimação mudaram por completo estes traços negativos de sua personalidade.

Por que as crianças com animais de estimação são mais felizes?

Esta resposta é simples se pensarmos em que tipo de atitude das pessoas que nos cercam fazem nos sentirmos melhor. Do mesmo modo, os animais de estimação nos oferecem algo que melhora nosso caráter e aumenta nossa felicidade.

  • A satisfação de cuidar de alguém. Às vezes, as crianças custam a aceitar as responsabilidades, mas as crianças com animais de estimação são mais felizes porque quando aprendem como cuidar de seu animal, sentem-se satisfeitas pelo trabalho bem realizado. Até ficam maravilhadas de ver como comem o que elas mesmas colocaram! Um motivo para sorrir.

 

“Não há nada melhor do que o homem que come e bebe e vê o bem por seu duro trabalho”.

–  Salomão, Rei de Israel antes de Cristo –

  • Saber que sempre há alguém contente em lhe ver. Para as crianças é muito gostoso chegar em casa e ter um animal que vai agir como louco quando as encontrar. Saber que sua presença faz feliz a outros as deixam felizes, ainda mais as crianças que não foram decepcionadas por outros, há muito mais motivo.
  • Ter um incentivo para ir tomar um ar. O ar fresco e a luz do sol, segundo foi comprovado, alegra a vida e também nossa pele. De fato, os países com pouca luz solar são os que têm taxas mais altas de suicídio. As crianças com animais de estimação são mais felizes, porque são obrigadas a levar seus animais para passear e, portanto, tomam sol e ar.
  • Ter alguém com quem chorar. Os animais têm a capacidade de mostrar empatia. As crianças choram com facilidade, sentindo-se incompreendidas em muitas ocasiões, mas um animal sempre as entenderá. Não importa por qual motivo choram. O animal não vai perguntar, só vai se deixar ser abraçado e vai lhe dar demonstrações de amor que lhes fará mais feliz.
  • Saber que alguém quer estar com você. Todo mundo que tem um animal se encanta quando eles vêm ao nosso lado sem termos chamado. Isso é uma demonstração de que lhe agrada sua companhia e que você é amado. Qual criança não se sente feliz com isso?

Ensine ao seu filho a verdade sobre os animais de estimação

Gato e bebê dormindo

Apesar dos benefícios dos animais de estimação para as crianças, é essencial ensinar que um animal não é um brinquedo nem um bichinho de pelúcia que podemos usar e descartar ou que vai estar a nossa disposição sempre que quisermos. Devem saber antes de que o animal chegue na casa que ele é um ser com sentimentos que, em algumas ocasiões, vai se cansar de brincar e que em outras vai preferir ficar sozinho.

E sobretudo, que vai existir a responsabilidade de alimentá-lo, dar água limpa e fresca e dar banho, assim como levar para passear de duas a três vezes por dia.

Se você conseguir que seus filhos se envolvam em tudo isso, então não serão só crianças mais felizes com animais, mas seus filhos também vão se tornar adultos responsáveis e bondosos que se preocuparão com as necessidades dos demais.