Podemos usar os produtos de higiene dos humanos nos pets?

produtos de higiene

Na hora de encarar a higiene de nossos pets, devemos ser tão exigentes como no assunto dos medicamentos. Então, tanto os remédios quanto os produtos de higiene dos humanos não podem ser utilizados nos animais domésticos. Contaremos por quê.

Os produtos de higiene para humanos não são adequados para os animais

A resposta é simples. Por mais que amemos os nossos peludos e os consideremos parte da família, não devemos esquecer nunca que se trata de animais e não de pessoas.

Em consequência, devemos evitar a humanização ou o egocentrismo de pensar que o que é bom para nós deve ser bom também para eles. Por serem para espécies distintas, os produtos de higiene – e os medicamentos – devem ter sido desenvolvidos respeitando as características de cada espécie.

No caso dos elementos de higiene, temos que ter muito claro, por exemplo, que o pH (a unidade de medida que serve para estabelecer o nível de acidez ou alcalinidade de uma substância) da pele dos humanos não é o mesmo que o do cão, ou o do gato ou o de outros animais.

banho-cao

Os produtos de higiene para pets devem ser especificamente projetados para cada espécie. Portanto, nem pense em utilizar o seu xampu ou o seu creme dental para higienizar o seu peludo.

Leve em conta o pH da pele de seu pet ao escolher os elementos para higienizá-lo

Para observar graficamente a questão, leve em conta estes números:

  • O pH da pele humana varia entre 4,5 e 5,9.
  • O dos cães está entre 6,3 e 7,5.
  • Os gatos têm um pH entre 7 e 7,5.

Por esse motivo, devem ser utilizados produtos elaborados especificamente para cada espécie, adequados a seu grau de alcalinidade ou acidez.

E não se deve cair em um erro comum, que é banhar os pets com xampus para bebês, acreditando que é “mais suave”, porque foi desenvolvido para recém-nascidos e, em geral, indicam que têm pH neutro (para nós, não para os animais) e muitos pensam que também podem ser usados em animais domésticos.

Qual é o xampu adequado para o seu peludo

Agora já sabemos que, por melhores resultados que você obtenha em seu cabelo com o seu xampu, ele não deve ser usado para banhar o seu peludo. O mais provável é que lhe provoque irritações ou complicações maiores a nível dermatológico.

É importante que se utilize um produto de higiene indicado para cães, gatos ou para o pet que você tenha em sua casa. Não deixe de consultar o veterinário para que ele o oriente com as opções mais adequadas.

Mas, além disso, como cada bichinho tem características particulares dentro de sua espécie, você também deverá utilizar nele um xampu que se adapte, por exemplo, ao comprimento e tipo de pelos ou a sua pele mais ou menos sensível.

Como selecionar o creme dental correto para um pet

Você também deve estar atento ao que se refere à higiene bucal de seu pet. A pasta dental elaborada para humanos também não deve ser utilizada em animais, já que ela contém elementos que podem ser nocivos para eles.

Além disso, leve em conta um pequeno detalhe. Nós enxaguamos a boca e não engolimos os componentes destes produtos. Porém, os peludos não podem ou não sabem cuspir a pasta de dentes que usamos para escovar os dentes deles.

Nesse caso, também se impõe que os produtos de higiene bucal sejam específicos para cada espécie, incluindo a escova.

Mais pontos a se considerar na hora de encarar a higiene dos animais de companhia

banho-gatos-2

Leve em conta também estas questões na hora de encarar a higiene de seu pet:

  • Assegure-se de que esteja utilizando produtos de boa qualidade. Lembre-se da frase que diz “o barato sai caro”.
  • Se você levar o seu peludo para tomar banho em um Pet Shop, verifique se eles utilizam artigos adequados para o seu pet.
  • Procure não humanizar o seu peludo no tema da higiene. Mantê-lo limpo é correto e necessário. Perfume, cosméticos e acessórios de higiene interessam apenas a você e não ao seu amigo de quatro patas. Além disso, ele não gosta, esses produtos costumam incomodá-lo e podem até provocar diferentes tipos de reações alérgicas.