Por que as cadelas podem morrer durante o parto?

A gestação das cadelas gira em torno de 58 e 67 dias. A preparação para o parto pode ser emocionante e divertida. No entanto, devemos estar conscientes dos riscos que o nosso cão sofre durante o parto.

Passos importantes

Uma boa ideia é marcar a data do cruzamento, assim você será capaz de estimar quando o parto ocorrerá.

Após 35 dias de gestação, as necessidades calóricas da cadela começam a aumentar.

Em geral, deve-se consumir o dobro da comida usual. O plano nutricional mais adequado deve ser sugerido pelo veterinário.

Os exercícios da cadela não devem ser restritos até que se passe ente 4 e 6 semanas de gestação.

Cuidado com o excesso de vitaminas, pois pode ser prejudicial para os filhotes.

Por isso, é importante que tudo o que tenha a ver com a saúde do seu animal de estimação seja discutido com o veterinário.

Por volta de 45 dias de gestação, o seu cão deve ser examinado por seu médico veterinário.

Se um ultrassom for feito, você poderá ver seus filhotes. Vale lembrar que o ultrassom pode ser usado para confirmar a gravidez após 25 dias.

Um local tranquilo e confortável deve ser reservado para que seu animal de estimação dê à luz e crie seus filhotes.

O cão deve se sentir em casa e ser capaz de ir e vir quando quiser, e os filhotes devem permanecer sob sua guarda.

Caso haja outros cães em casa é importante isolá-los da cadela por cerca de até três semanas após o parto.

Esta medida ajuda a prevenir a infecção por herpes. A herpes é transmitida quando os cães se lambem ou cheiram uns aos outros.

Cães adultos raramente apresentam sintomas, mas os recém-nascidos, ou os filhotes, geralmente morrem. Portanto, para evitar, é importante o isolamento.

Dificuldades no parto da cadela

ultrassom-cadela

O ultrassom da cadela

Avaliação prévia. Se o processo de gestação da cadela tem sido acompanhado por seu veterinário, provavelmente não haverá problemas no parto.

Por isso, é muito importante que quando você perceber que sua cadela está prenha, você a leve ao seu veterinário, para que você possa detectar rapidamente qualquer problema que possa surgir.

Lembre-se que as fêmeas, muitas vezes, sofrem de doenças cardiorrespiratórias.

Ainda que esse problema não signifique a morte de seu animal de estimação, é importante que ele seja detectado e que estejam atentos a isto durante o parto.

Problemas para parir os filhotes. Muitas vezes, o tamanho dos filhotes e a posição em que eles estão dentro do canal vaginal pode se tornar um grande impedimento para que a cadela possa pari-los com facilidade.

Nesses casos, é importante que o seu veterinário esteja presente no momento do parto, porque com a sua experiência, ele poderá ajudar na situação.

Se você tem um cão braquicefálico, muita atenção. As cadelas da raça buldogue, por exemplo, devido à grande dimensão da cabeça de seus filhotes, frequentemente devem programar o parto.

Síndrome de reperfusão. Isto significa que o coração de seu animal de estimação bombeia mais sangue do que o normal. Isso pode vir a causar a morte dele.

O que fazer durante o trabalho de parto?

parto

Parir

Quando a data limite estiver próxima, você deve começar a controlar a temperatura retal de seu cão.

Quando a temperatura cair abaixo de 37 °C (a temperatura canina normal é de 38, 39 graus °C), o parto começará no prazo de até 24 horas. Durante este estágio, começam as contrações uterinas.

O cão vai parecer muito inquieto, certamente você notará o que se passa, podem ocorrer vômitos ou arrepios. Todos estes sintomas são normais.

Esta fase é muito longa, dura entre 6 e 12 horas e termina com a dilatação completa do colo do útero.

A segunda fase é conhecida como “trabalho duro”, em que ela expele os filhotes.

Em seguida, durante a terceira fase, ocorre a expulsão da placenta.

Os filhotes nascem cobertos com membranas que devem ser limpas, ou os cachorrinhos podem se sufocar.

A mãe vai morder e lamber as membranas. Deixe que ela faça esta tarefe, mas se  depois de um ou dois minutos de nascimento dos filhotes, ela não o fizer, então você tem que limpar para ela.

Basta retirar a capa lisa e esfregar o filhote com uma toalha limpa. Você também deve cortar o cordão umbilical.

A mãe certamente irá querer comer a placenta, mas isso provavelmente não é uma boa ideia, pois mais tarde irá produzir vômitos. Por isso, é melhor tirar de perto dela.