Por que meu cachorro vomita espuma branca?

O vômito nos cachorros apresenta-se com certa frequência e é um mal comum para esses animais desde a época de filhotes. Quando um cão vomita espuma branca, isso pode ser causado por uma série de razões, dessa forma, é melhor que você se informe para que possa determinar com boa base e saber o que está ocorrendo com o organismo de seu animal de estimação.

Se perceber que seu cachorro está vomitando espuma branca, o melhor que você pode fazer é prestar atenção a seu comportamento, pois os sintomas que acompanham o vômito são de suma importância e vão dar as informações necessárias para determinar quão ruim ele está e o que está acontecendo com ele.

Come muito rápido

É bastante comum que os cachorros vomitem uma espécie de baba ou espuma viscosa quando tenham feito uma refeição demasiadamente rápida. Isso acontece muitas vezes.

Quando o cachorro come muito rápido ingere, sem querer, muitas coisas que não pode digerir ou que não deve comer como, por exemplo, pelos ou poeira. Eles ficam presos em sua garganta e causam incômodo na traqueia provocando o impulso de vomitar.

Também vomitam se ingeriram algum alimento muito grande e essa é a forma que encontram para colocá-lo para fora caso tenha ficado preso. 

Se o vômito persistir, você deve levar o animal com urgência até o veterinário, pois não há como resolver o problema de um alimento ou objeto (como um brinquedo, por exemplo) que ficou preso em alguma parte do sistema digestivo e o cachorro não conseguiu eliminá-lo por sua própria conta.

Quando fazem exercício o cachorro vomita

Atenção ao vômito dos cachorros

Assim como acontece conosco, o exercício físico em excesso produz nos cachorros o desejo de vomitar.

Isso ocorre pelo fato de eles terem eliminado muito líquido, o que causa desidratação, ou então por não estarem respirando como deveriam, o que pode provocar náuseas. Isso pode ser perigoso, já que o cachorro pode sofrer de insolação ou mesmo desmaiar por causa da fadiga.

Gastrite

A gastrite é uma doença relativamente comum nos cães e costuma se manifestar na forma de vômitos matinais, justamente depois que o cachorro despertou e ainda está com o estômago vazio. É normal que coloque para fora um fluído biliar que pode ser da cor branca ou amarela.

Porém, se você perceber que há sangue junto, o melhor é levá-lo ao veterinário, pois é possível que se trate de uma úlcera.

A gastrite nos cães é tratada por meio de jejum e com uma dieta baixa em gordura, por exemplo, com consumo de arroz cozido e frango desfiado, que fazem com que o estômago se distenda e reduza a quantidade de ácidos que são produzidos.

No entanto, com vômitos persistentes, especialmente aqueles que continuam a acontecer depois do tratamento finalizado, há necessidade de atenção, uma vez que podem indicar que seu cachorro esteja sofrendo de alguma inflamação no sistema digestivo.

Se os vômitos estiverem acompanhados por febre, isso pode indicar que o cachorro está sofrendo de alguma infecção.  Então, o melhor será tratá-lo com antibióticos receitados pelo veterinário.

Não se esqueça de que medicar seu cão por sua conta é perigoso. Muitos produtos, em especial os medicamentos, causam estragos no organismo dos cachorros e, se você estiver lidando com uma úlcera hemorrágica, a última coisa que desejará fazer será dar algo que irrite ainda mais o estômago de seu animal.

Abdomen inchado

Saiba como preservar a saúde de seu animal conheça o motivo que seu cachorro vomita

A inflamação abdominal é uma das causas de vômito em forma de espuma mais perigosa que pode se desenvolver em um cachorro, sendo essa a doença que mata mais cachorros depois do câncer.

A inflamação ou distensão abdominal é produzida por uma acumulação excessiva de ar, sucos gástricos, espuma e alimento dentro do estômago do cão.

Isso faz com que o estômago se retorça aprisionando todo o conteúdo estomacal e obstruindo as veias que alimentam os demais órgãos internos, basicamente estrangulando-os.  Essa condição é muito perigosa e pode levar à morte do cachorro em questão de dias.

Uma forma de perceber que isso ocorre no corpo de seu animal de estimação é notar que o estômago fica mais inchado e o bichinho dá demonstrações de sentir dor, além de ficar desanimado e não suportar qualquer contato com essa região de seu organismo.

Muitas outras doenças produzem vômito nos cachorros, especialmente aquelas que são relacionadas com o sistema digestivo e respiratório, ainda que estas venham acompanhadas de sintomas bem mais alarmantes e farão com que você visite o veterinário para determinar o que está ocorrendo.