Por que o meu cão está com o nariz ressecado?

O nariz úmido dos cães parece ser uma marca registrada. As glândulas nasais laterais e as glândulas vestibulares são as responsáveis por produzirem as secreções que mantêm a umidade tão característica. No entanto, por vezes, o nariz fica ressecado e, até mesmo, rachado. Não se assuste. 

Note que, ao longo do dia, o animal passa por várias atividades relacionadas com o clima e que podem causar estas mudanças. Em caso de isso persistir ao longo do tempo, acompanhado de outros sintomas, esta condição poderá estar relacionada a alguma patologia.

Dicas para que o seu cão não tenha um nariz ressecado

Seu cão tem o nariz ressecado?

As razões para o seu cão apresentar um nariz ressecado podem ser várias. Talvez um longo período de exposição ao sol, vento ou frio.

Ou ele permaneceu por um longo tempo em um espaço confinado, com pouca circulação de ar ou com uma fonte de calor artificial, como um aquecedor.

Para que o nariz do seu fiel amigo mantenha a umidade desejável, que tanto te reconforta quando ele o repousa sobre você como em um sinal de afeto, considere as seguintes dicas:

  • Evite que ele se exponha ao sol por períodos prolongados.
  • Se ele tem o hábito de dormir no quintal, na varanda ou no terraço, assegure que o local tenha espaços com sombra.
  • Não o exponha excessivamente ao vento ou ao frio.
  • Quando saírem para passear, escolha um caminho que, em adição ao sol, tenha sombra.
  • Aumente a provisão de água e o induza a tomar, para evitar uma desidratação.

Considere que se o nariz do seu cão começar a rachar de secura, ele poderá estar sentindo dor. Além disso, se esta situação persistir ao longo do tempo, pode se tornar crônica. A rachadura poderá se alastrar pela pele e, até mesmo, causar perda de pigmentação.

Para evitar que se chegue a esse ponto, limpe o nariz do seu cão com um sabonete específico para cães e seque delicadamente. Em seguida, espalhe uma pequena quantidade de vaselina ou de qualquer hidratante que possa ser utilizado em cães.

Não exagere na aplicação, pois é provável que o seu cão não pare de lamber e, depois, possa vir a ter problemas estomacais devido a ingestão dessas substâncias.

Recomenda-se, portanto, que esses produtos sejam aplicados a noite. Na hora de dormir, certamente, ele não vai se preocupar tanto em removê-lo.

Além disso, se seu animal de estimação passou muito tempo ao sol, ele também poderá ter sofrido queimaduras. Neste caso, o nariz do seu mascote também irá apresentar vermelhidão e descamação.

Estas lesões são mais comuns em animais com pele clara e focinho cor de rosa. Observe que, se estas situações forem mantidas, o seu animal poderá, eventualmente, vir a ter um câncer de pele.

Certamente o veterinário irá recomendar uma loção para proteger contra os efeitos nocivos do sol.

Quando uma consulta ao veterinário torna-se necessária?

Quando levar o cão ao veterinário?

Se os problemas de nariz ressecado persistirem, é hora de consultar um veterinário. As chances de que o animal esteja com as defesas baixas são grandes e, você, terá que fornecer suplementos vitamínicos ou mudar a alimentação dele, tornando-a mais equilibrada.

Se além do ressecamento e das rachaduras aparecerem feridas, pode haver alguma doença de pele associada e, talvez, ele tenha que se submeter a um tratamento específico.

Se seu cão também apresenta diarreia e vômitos, não há dúvida de que a desidratação que causou a situação de secura pode ser grave.

A consulta com um especialista deve ser urgente, porque estes podem ser sintomas de parvovirose ou de cinomose. Não perca mais tempo.

Você também deve consultar o seu veterinário se o nariz do seu cão apresentar:

  • Sangramento.
  • Secreção verde ou ausência de secreção.
  • Espessamento ou craqueamento excessivo.
  • Assimetria.
  • Coceira.
  • Grânulos.
  • Nódulos.

Lembre-se que a observação é a principal ferramenta que você tem para perceber o estado de seu animal de estimação.

Além disso, você deve confiar em sua intuição, você certamente vai notar se algo realmente ruim está acontecendo.

Banido o mito de que o nariz ressecado de um cão é sinônimo de doença, desfrute de uma boa caminhada com ele e evite mudanças bruscas de temperatura.

Assim, você estará prevenindo, pelo menos uma das razões, pelas quais o seu amigo de quatro patas anda pela vida com um déficit de umidade em seu nariz.