Por que os cães fogem?

Há um monte de cães em abrigos, eles estão lá porque fugiram de suas casas e nunca mais foram procurados. Esta é uma das principais preocupações dos donos de animais de estimação, que querem deixar os seus pequenos amigos livres para correr e brincar, mas ao mesmo tempo, também, querem ter certeza de que eles estão seguros e que eles vão voltar para casa.

O que você deve saber…

Por que os cães fogem?

Um cão pode ser atingido, atacado por outro cão, roubado ou se perder, e acabar em um abrigo de animais. Mas por que os cães fogem?

Quem tem um cachorro de estimação sabe que ele é um amigo de verdade e que, de sua própria maneira, ama o seu dono – ou pelo menos é o que parece.

É por esta razão que os donos desses animais adoráveis raramente entendem porque seus filhos peludos abandonariam a segurança do lar, que os protege da chuva e do frio, onde eles são alimentados regularmente, recebem amor, brinquedos, presentes… resumindo, vivem num paraíso.

Talvez, também na sua adolescência, em algum momento, você quis fugir de casa. Você se lembra o por quê? Em um certo contexto, você tinha a mesma coisa que o seu cão tem em casa, mas o que você estava procurando?

Talvez você tenha pensado em ter alguma aventura e liberdade, você achava que lá fora não haveria regras ou, simplesmente, você gostava de estar fora.

Já os cães fogem de casa devido a vários fatores. Os cães que não foram castrados, especialmente os machos, muito provavelmente, saem a procura de uma fêmea. Parece absurdo, mas é tão simples como parece.

Isso também pode ser uma razão pela qual eles seguem por outro caminho, especialmente se estavam ao ao ar livre, onde eles podem cheirar as potenciais parceiras.

Algo que talvez você não se dê conta é que o seu cão pode estar entediado. Ou então, você pode ser entediante para ele. Você pode simplesmente deixá-lo no quintal sem brincar com ele, e é por isso, provavelmente, que ele precisa de um pouco de adrenalina, já que não encontra em casa.

Outra situação que você também deve levar em conta é a raça de seu cão. Há alguns cães que requerem exercícios diários devido a sua constituição genética.

Raças como o Husky precisam de atividades físicas mais do que outras e, muitas vezes, é improvável que você tenha o impulso de fazer isso com ele.

Também, existem raças que são mais curiosas do que outras. Os cães da raça Terrier, por exemplo, olham e cheiram tudo em seu caminho. Inadvertidamente, sua curiosidade pode levá-los a se perder. Não são tantos que fogem de casa, mas são muitos que acabam se perdendo no caminho.

Dicas para cuidar do seu cão

Como evitar que nossos cães fujam?

Mas como evitar que nossos cães tentem fugir? A principal, bem como mostrar o afeto que sentimos por eles, é que tornemos o ambiente agradável e interessante para eles.

Não é aconselhável deixá-lo fora de casa durante todo o dia, principalmente porque ele pode se sentir rejeitado, isso se forem cães domésticos pequenos ou médios; se for um animal grande que você tem em casa, você terá que prestar atenção e ajudá-lo a sentir como se o local fosse dele.

Você pode tentar algo novo e diferente para o seu cão, como esconder brinquedos ou petiscos para que ele os procure. Você também pode comprar ou construir brinquedos interativos para brincar junto com o seu amigo.

Uma coisa muito importante é passar algum tempo diariamente, ou sempre que possível, com ele. Faça brincadeiras, como lançar objetos, para que ele possa trazê-los novamente para você, assim ele fará a sua caminhada diária.

Algo que certamente você deve tentar fazer, é treinar o seu animal para que ele possa estar dentro de casa, com a família e tornar-se parte dela.

Tenha em mente também que forçar uma mudança de comportamento em seu cão, sendo muito rigoroso com ele, pode forçá-lo a sair de casa.

Se ele fizer suas necessidades fora do lugar, seja firme, mas ao mesmo tempo carinhoso, então seu animal de estimação não pensará que você não sente afeição por ele. Também, você poderá procurar um especialista em comportamento animal.

Proteja-o com amor e, se você preferir, nunca retire a coleira dele, ou implante um chip com todas as suas informações.

Mas se ainda assim não for possível impedi-lo de fugir, ou de se perder, você pode ajudá-lo a te encontrar de volta.

Se um dia você o perder, comece a procurar em abrigos e deixe uma foto dele com seus dados espalhadas pelo bairro, assim alguém que tenha visto seu cão poderá entrar em contato com você.

E agora? Você já sabe por que os cães fogem? Esperamos que sim!