Por que os gatos dormem mais de dia do que à noite?

Você sabia que um gato adulto dorme entre 12 e 15 horas por dia, enquanto um filhote necessita de 20 horas diárias de descanso? Isso já te dá uma dica do motivo pelo qual esses animais são os reis da cama. Neste artigo, vamos contar para você os 7 motivos que levam os gatos a dormirem mais de dia do que à noite.

Por que os gatos dormem mais durante o dia?

Se você tem um felino em casa, com certeza sabe que eles adoram dormir, principalmente durante o dia. À noite, com a energia recuperada e quando você quer apenas descansar, é o seu gato quem quer brincar, comer ou sair. Mas existem razões que explicam a preferência desses animais por dormirem durante o dia, em lugares frescos no verão e quentes durante o inverno. Contaremos todas elas para você:

gato perdeu o apetite

1. Apetite

Claro que, vivendo com pessoas em uma casa ou em um apartamento, os gatos domésticos não precisam sair para caçar, já que dispõem de comida diariamente. No entanto, o instinto deles os ajuda a estar sempre atentos durante a noite. Ao dormir por muitas horas durante o dia, acumulam a energia necessária para sair e procurar o próprio alimento ao anoitecer. Como os gatos são ótimos caçadores, só precisam de algumas poucas horas para conseguir comida… e podem descansar pelo restante do tempo.

2. Sobrevivência

Os gatinhos bebês dormem tanto quanto os humanos ao nascer. Isso acontece pela necessidade de estar em um lugar seguro e sem perigo quando sua mãe sai para caçar. Se eles ficam dormindo, não são encontrados por predadores. Ao mesmo tempo, durante o sono, o organismo dos felinos libera hormônios de crescimento.

3. Instinto

Outra das características que os gatos ainda mantêm, ainda que vivam domesticados, relaciona-se com a quantidade de energia que gastam. Se estivessem em um ambiente selvagem, deveriam aproveitar qualquer momento de tranquilidade e sem perigo para descansar. Dessa forma, não terão problemas em permanecer alertas por uma noite ou várias horas.

4. Idade

Como já contamos antes, os gatos filhotes precisam de muitas horas de sono por dia. Os adultos dormem um pouco menos e, à medida que crescem e se tornam idosos, voltam a dormir por muitas horas novamente.

5. Temperatura

Quando faz frio, os gatos dormem mais para que o organismo economize energia e libere aos poucos o calor de que necessitam. Eles também podem optar por dormir embaixo do sol para regular a temperatura corporal ou aproveitar um espaço mais fresco durante o verão. Dessa forma, eles ficam mais ativos quando o clima está mais agradável.

6. Desejo sexual

Os gatos dormem menos quando estão no cio porque dedicam grande parte do dia para buscar fêmeas, marcar território com urina ou se fazer notar (e brigar) com os machos. Por isso, quando esses animais são esterilizados, podem descansar por mais horas em qualquer momento do ano… já não há nenhum impulso que os leve a estar tão ativos.

7. Atividades

O tédio é outra das razões que levam os gatos a dormir mais durante o dia ou o tempo todo. Se ele está sozinho em casa todos os dias e não tem com quem brincar, por exemplo, optará por dormir (melhor para você, caso contrário, estragará todos os móveis e fará picadinho de suas coisas). O problema é que, à noite, ele fica sem sono e é quando começa a incomodar você, pedindo um pouco de atenção, enquanto você só quer descansar.

Como fazer com que o gato durma de noite?

os gatos também podem ser amigos fieis

Essa parece ser uma missão impossível para aqueles que têm gatos, mas existem duas maneiras de mudar um pouco o hábito dos felinos em prol de uma convivência mais harmoniosa:

1. Exercício

Quando chegar em casa, trate de brincar com o gato por pelo menos meia hora. Assim, ele estará cansado e sentirá vontade de dormir um pouco. O melhor será brincar com ele pouco antes de você ir dormir, mas sem exageros.

2. Castigos

Uma boa forma de evitar que o gato o incomode durante a noite é desestimulando esse tipo de comportamento. Embora muitos não acreditem, é possível adestrar um animal nesse sentido. Você pode, por exemplo, deixar uma garrafa spray com água na mesa de cabeceira. Quando o felino começar a fazer ruídos, espirre um pouco de água nele. Repita quantas vezes forem necessárias até que ele aprenda.