Por que os gatos dormem tanto?

Se existe alguma coisa pela qual os gatos são reconhecidos mundialmente é o fato de dormirem muito. E os animais domésticos não são exceção a essa regra. Mas, por que os gatos dormem tantas horas por dia?

Um gato adulto dorme em média 14 horas por dia, enquanto os cachorros podem chegar a dormir até 20 horas.

Isso se deve a mecanismos de defesa, ainda que dependa também da idade, da atividade física do animal, do fato de ele se encontrar no cio e, no caso das gatas, da possibilidade de ela estar no período da gestação.

Os gatos escolhem seu lugar para dormir de acordo com as condições climáticas. Por exemplo, se o clima é muito frio, buscam locais mais quentes.

Porém, se é o contrário e as condições climáticas são quentes, ele procurará um lugar que permaneça fresco, pois vai dedicar basicamente 60% de sua vida a essa atividade.

Curiosamente, os gatos maiores podem chegar a dormir o mesmo tanto que os cachorros.

Necessidades para o sono

O sono dos gatos

A principal razão para explicar a necessidade de um gato dormir tantas horas por dia é o fato de ele ser um excelente caçador e ter uma alimentação baseada quase que totalmente no consumo de carne,  ainda que não goste de nada doce.

Apesar de os gatos domesticados não terem a necessidade de ir atrás de seu próprio alimento, o seu instinto de predador ainda não desapareceu, em parte por seu curto processo de domesticação.

Como o gato é um formidável caçador e, domesticado, não precisa passar tanto tempo dedicando-se à atividade de caça, pode gastar grande parte desse período repondo as energias para o momento em que tenha a necessidade de ir em busca de um presa.

No entanto, a caça não é o único motivo pelo qual os gatos dormem muito tempo ao longo do dia. Isso vai variar dependendo de certas condições. Vejamos a seguir algumas delas:

  • Os felinos selvagens como, por exemplo, os tigres ou os leões (especialmente as leoas), dormem menos horas que os gatos domésticos, uma vez que precisam dedicar boa parte de seu tempo para as caçadas.
  • Ao dormir muitas horas, ajudam a conservar energia, evitando o desgaste muscular e dos órgãos. Apesar de que os gatos domésticos não estejam submetidos a tanto desgaste físico, eles conservam as características de seus antecessores, sendo essa uma das razões de sua longevidade.
  • Os filhotes de gato dormem muitas horas por dia também para garantir sua sobrevivência, pois dessa forma se mantêm a salvo dentro do ninho enquanto sua mãe sai para conseguir alimento. Assim, ficam fora do perigo de serem atacados por predadores e evitam sofrer acidentes por estarem perambulando longe do ninho.
  • Completando o ponto anterior, os filhotinhos liberam os hormônios que permitem seu crescimento justamente quando estão dormindo. Dessa forma, a atividade é sumamente benéfica para ele.
  • Dormir debaixo do sol ou em um lugar quente os ajuda a conservar ainda mais energia, uma vez que evita que gastem o que acumularam para se manter quentes.

Por que eles dormem tanto?

Um gato que fica entediado ou estressado e não encontra maneiras de liberar ou canalizar esses sentimentos, optará por dormir ainda mais tempo.

Por isso é importante dedicar um pouco de tempo aos animais de estimação e brincar com eles. Isso os estimula e os ajuda a liberar o estresse.

  • Algo que afeta os estágios de sono dos gatos é o período em que eles se encontram no cio, pois nessa época dedicam uma grande parte de seu tempo para marcar o território e buscar um par. Isso inclui ter que lutar com outros gatos pela atenção da fêmea e pelo privilégio de se reproduzir. E, no caso das meninas, ter que se fazerem notadas pelos machos.
  • Os gatos dormem em posições que, em algumas ocasiões, parecem muito esquisitas. Podem, por exemplo, dormir sentados, com partes do corpo suspensas no ar, se contorcendo, etc.
  • O ciclo de sono do gato, ao contrário do que se acredita, é muito curto. Ele se caracteriza por sono ligeiro e sonecas curtas, que podem se alternar com períodos de sono profundo nos momentos de menor atividade.