O Porquinho da Índia: um roedor excelente

O Porquinho da Índia é um roedor dócil, tranquilo e amigável, ele foi se tornando, pouco a pouco, uma boa opção como animal de estimação. Originário da região andina da América do Sul, este pequeno animal foi criado para o uso doméstico desde a época dos incas.

Antigamente ele se destinava ao consumo humano, mas desde o século XVIII, começou a ganhar espaço como animal de estimação.

Principais características da Porquinho da índia:

Também conhecido como cobaia, cuy, preá ou preá da índia, na atualidade ele desfruta de grande popularidade como animal de estimação. A espécie doméstica é a cavia porcellus e descende da espécie silvestre cavia aperea.

Características físicas

Porquinhos da Índia

  • Medidas: entre 20 e 30 centímetros;
  • Peso: entre 700 e 1500 gramas;
  • Corpo: Rechonchudo e compacto;
  • Cabeça: grande em relação ao corpo;
  • Orelhas: caídas;
  • Olhos: redondos e vivazes. De cor vermelha ou preta;
  • Extremidades: curtas;
  • Cores: Variados. Em geral, preta, marrom, branca e até tricolor;
  • Pelagem: curta, semilonga encaracolada e longa;
  • Além disto, apresenta o lábio superior partido e não tem cauda.

Outras características

  • Como seres sociais que são, os Porquinho da Índia costumam não ter inconvenientes para viver em dupla ou mesmo em grupo. Mesmo assim, não é recomendável a convivência entre machos e fêmeas, já que eles se reproduzem de forma contínua.
  • IsSo provocará um grande desgaste para a fêmea, já que – se ela não tiver tempo suficiente para se recuperar entre os partos – sofrerá uma grande deterioração que pode colocar em perigo sua vida e a das futuras crias.
  • Saiba que estes são animais herbívoros. Não toleram a proteína animal.
  • Também não conseguem sintetizar de forma natural a vitamina C, portanto esta deverá ser incluída na dieta diária.
  • Outra de suas particularidades é que os porquinhos da índia não têm mobilidade intestinal. Por tal motivo, eles devem comer continuamente para que o sistema digestivo deles não pare.

A Porquinho da índia: um roedor muito especial

Em comparação com outros roedores, o porquinho da índia tem bem desenvolvido o sentido da visão. No entanto, o posicionamento dos olhos provoca neles algumas dificuldades para calcular distâncias.

Por isso, você deve ter muito cuidado para não o deixar em lugares altos, já que eles podem vir a ser machucar se saltarem.

Também, como os seus dentes crescem de maneira contínua, é importante proporcionar a eles feno e outros alimentos com talo, para favorecer o desgaste dos dentes.

Sua dieta deverá ser complementada com verduras frescas e variadas.

Diariamente:

  • Pimentões verdes e vermelhos;
  • Alface-da-terra (canônigos);
  • Chicória;
  • Rúcula;
  • Brócolis.

De forma mais espaçada:

porquinhos-da-india-2

  • Cenoura
  • Alface

Esta última – ainda que seja um de seus alimentos preferidos – pode provocar diarreia, devido a sua alta quantidade de água. Além disSo, por causa de seu baixo conteúdo calórico, seu valor nutritivo é quase nulo.

De forma moderada:

  • Frutas. Escolhas as que não tenham um alto nível de açúcar e que forneçam vitamina C.
  • Ração específica para Porquinho da Índia: Peça orientação ao veterinário para escolher a mais adequada.

Considerações importantes

  • Como são roedores de tamanho grande, você deverá proporcionar um local, como habitat, que seja o maior possível. Para um único porquinho da Índia, considere uma medida entre 40 centímetros por 60 centímetros, não menos do que isso.
  • Leve em conta que eles não são animais trepadores, sendo assim, a altura da jaula não deverá preocupar você.
  • É importante que você coloque uma capa grossa de substratos (cascas) para manter a higiene do local e trocar a cada dois ou três dias. Tenha em mente que, como eles não fazem suas necessidades em um único local, terá que limpar a gaiola completa.
  • Com uma correta higiene de seu espaço, não será necessário que você dê banho no seu porquinho da Índia. Da mesma forma que outros roedores, o Porquinho da Índia limpa a si mesmo e se mantêm sempre limpo.
  • Também, você deverá cortar as unhas de seu pequeno animal periodicamente. Poderá levá-lo ao veterinário para isso, caso não se sinta seguro para fazê-lo.
  • Se o seu porquinho da Índia tiver pelos longos, ele terá que ser escovado diariamente para evitar nós.
  • O exercício é de suma importância para a saúde destes animais. Eles devem exercitar seus músculos diariamente. Mas atenção: nada de rodas. Elas são muito prejudiciais para suas costas, já que não é flexível.
  • As doenças mais comuns que eles podem apresentar são infecções parasitarias – em geral acarinose – problemas dentais, doenças associadas à carência de vitamina C e diabetes.

Mas fique tranquilo, com os cuidados adequados, o seu Porquinho da índia fará companhia a você durante muitos anos.

 

Créditos da imagem em destaque: maGdaa*