Prevenção: como cuidar de seu cachorro corretamente

Ter um cachorro implica em muitas responsabilidades. Além do amor que você deve dar ao seu fiel amigo, também é preciso ter certos cuidados para mantê-lo saudável, seguro e, acima de tudo, feliz. Conheça agora alguns programas preventivos, então você saberá como cuidar de seu cachorro corretamente.

Manter seu cachorro saudável

  1. Vá ao veterinário

Visite regularmente o veterinário para um programa de check-up de rotina. Tire todas as dúvidas que você tem sobre o nível de atividade, comportamento ou dieta de seu animal.

Também verifique se existe um programa de atendimento domiciliar do qual você possa vir a lançar mão algum dia.

  1. Alimente-o com uma dieta saudávelA alimentação saudável é muito importante

Trabalhe com o seu veterinário para definir uma dieta para o seu cachorro, levando em conta a idade, o tamanho e o tipo de atividade.

Mantenha essa dieta constante e tenha sempre água fresca e limpa na tigela de seu animal de estimação.

  1. Exercícios

Os cães precisam de exercício constante para garantir uma boa saúde. Diariamente, você terá que andar com ele e ajudá-lo a se exercitar, correr, saltar e a manter-se em movimento, essa é uma excelente forma de prevenção de doenças.

Isso não só beneficiará a saúde de seu animal, mas também é essencial para evitar problemas de comportamento.

  1. Vacinas

Para evitar doenças, é essencial fazer um programa estrito de vacinação. Sempre mantenha atualizadas as imunizações, tais como prescritas pelo seu veterinário e mantenha sempre a caderneta de vacinação à mão.

  1. Prevenção de doenças

Você pode tomar algumas medidas simples para a prevenção de doenças que não são prevenidas pela vacinação.

Doenças parasitárias ou doenças crônicas podem afetá-lo, assim consulte o seu veterinário para saber como impedi-las.

  1. Pulgas e carrapatos

Além de serem desconfortáveis para o seu cachorro, estes parasitas também podem causar doenças graves.

Mantenha seu cachorro e seus objetos, como os tapetes e a mobília livres de pulgas e de carrapatos. Para isso, existem diferentes métodos que você deve aplicar regularmente onde estes parasitas se instalam no seu ambiente.

  1. Conheça os padrões de comportamento do seu cachorro

Você deve se familiarizar com os padrões de comportamento de seu cachorro, tais como comer, beber e dormir.

Isso vai ajudar se você notar qualquer alteração nele, você pode detectar uma provável doença e, então, informar o seu veterinário.

  1. Brinquedos mastigáveis próprios

Mascar é uma necessidade biológica para os cães, e se você quer manter os móveis de sua casa em ordem, é recomendável que você compre para o seu cachorro brinquedos para que ele mastigue, para não danificar os seus pertences.

Programas preventivos de higiene

Como manter a higiene do cachorro

  1. Banhos

Um cachorro limpo é um cachorro saudável. É recomendado que ele tome banho regularmente, dependendo de sua raça e do ambiente em que ele se encontre.

Não exagere, se você o banhar demais também pode ser prejudicial para a pele de seu cão. Além disso, você terá que banhá-lo com um shampoo especial e certificar-se que você o enxugou bem.

Se isto te der muito trabalho, leve-o a um pet shop.

  1. Escovar o seu cachorro

Não apenas a escovação ajuda o seu cachorro a ter uma boa aparência, mas também é benéfica para a saúde dele.

Dependendo da raça, seu cachorro vai precisar de mais ou menos escovação, isso tem a ver com as camadas de pelos que o seu cachorro tem.

  1. Aparar as unhas

Manter as unhas do seu cachorro curtas vai fazer ele se sentir mais confortável e você poderá impedir que uma lesão nas patas venha a ocorrer, isso também ajuda a preservar o piso de sua casa.

Um sinal de que as unhas dele estão muito longas, é ouvir as unhas tocarem o solo quando ele anda ao longo de superfícies duras. Você mesmo pode fazer isso ou procurar um profissional para fazê-lo.

  1. Higiene dental

Para evitar a perda de dentes e infecções de gengiva, é recomendável que você limpe os dentes do seu cachorro regularmente.

A maioria dos cães não têm problemas com as escovas de dentes, desde que você escove devagar e com cuidado. Utilize apenas produtos destinados à animais, nunca use creme dental para seres humanos porque o flúor é tóxico para os cães.

Complemente a higiene com um grande osso para estimular a circulação de sangue nas gengivas.

  1. Obesidade

Para prevenir a obesidade, você deve levar em conta fatores tais como: uma dieta equilibrada e exercícios necessários.

  1. Saiba os riscos para a saúde de cada raça específica

Você deve estar ciente que existem certas raças que são mais propensas a determinadas doenças crônicas ou degenerativas. Aprenda como evitá-las, como identificá-las e como tratá-las.

  1. Substâncias venenosas

Certifique-se de que em sua casa, no quintal ou jardim, os produtos de limpeza estejam sempre fora do alcance de seu animal de estimação.

A maioria destes produtos são tóxicos para eles e podem, até mesmo, causar a morte. Mantenha sempre os contatos de seu veterinário em caso de uma ingestão acidental. Telefone na mão!

  1. Atenção às mudanças de necessidades

Ao ficar mais velho, as necessidades do seu cachorro vão mudar. Certamente, você terá que mudar a dieta de seu pequeno peludo, seu tempo de exercícios de rotina e até mesmo o padrão de sono irá se modificar.

Faça tudo o que estiver ao seu alcance para mantê-lo confortável e talvez ele não seja mais tão “divertido” como antes, mas certamente ele será mais carinhoso com você.

  1. Não permita que ele sofra

Se seu cachorro estiver muito doente ou se a idade dele condiciona a sua qualidade de vida, é melhor que ele termine sua vida de forma humanitária.

Deixar que seu amigo se vá dignamente, mostra muitas vezes o um amor maior. Não prolongue o sofrimento dele pelo seu medo de perdê-lo.