A primeira visita ao veterinário

Adotar um animal de estimação implica em uma série de responsabilidades, entre elas, destaca-se a de levá-lo periodicamente ao veterinário.

Seja um filhote ou um animal adulto, seja o seu primeiro animal de estimação ou um que já faça parte de uma longa lista deles, o controle de sua saúde é fundamental desde o primeiro momento que ele entrar em sua vida.

Dentro das possibilidades, o ideal é que você o leve à consulta antes que ele entre em sua casa. Assim, você evitará a transmissão de possíveis doenças, principalmente se você já tiver outros animais de estimação.

Caso contrário, não tarde em fazer uma visita, não deixe passar mais do que alguns poucos dias, dentro deste período, preste especial atenção ao seu animal de estimação, para poder transmitir ao profissional informações sobre a forma do animal se alimentar, urinar e defecar, assim como se ele apresentou diarreia, vômitos, etc.

Como será a primeira visita de seu animal de estimação ao veterinário

Cão no veterinário

A primeira coisa que você deve se perguntar é se você confia no veterinário o suficiente para entregar, em suas mãos, a saúde de seu animal de estimação. Se ele não convencer você, não fique com a primeira opção que encontrou só porque o consultório fica próximo à sua casa.

Escolha um profissional com os mesmos critérios que usaria para escolher um médico para você ou para alguém de sua família. E, se depois das primeiras consultas, ainda assim as coisas não saírem como você espera, não hesite em procurar uma outra opção.

Uma vez resolvido este ponto, saiba que na primeira visita ao veterinário, ele fará um check-up geral do estado de saúde do animal. Ele irá verificar:

  • A temperatura;
  • A frequência cardíaca e respiratória;
  • Os gânglios que possam ser apalpados.

Também inspecionará a cavidade abdominal para examinar o abdômen, a bexiga e os intestinos. E verificará se existem anormalidades em sua maneira de se mover.

Se for necessário, ele poderá pedir a você que sejam realizados alguns exames complementares, como análises de sangue ou de fezes e radiografias.

Além disso:

  • Perguntará a você sobre detalhes que possam contribuir para investigar algo sobre o seu animal de estimação;
  • Abrirá uma ficha com seus dados e com as informações sobre o novo paciente;
  • Indicará a você as vacinas necessárias;
  • Explicará a você como controlar os parasitas internos e externos;
  • Irá lhe assessorar sobre a alimentação mais adequada;
  • Informará a você sobre os cuidados específicos que deverá tomar, segundo as características de seu animal de estimação e da região em que vive;
  • Colocará o microchip de identificação.

De sua parte, faça todas as perguntas que achar necessário e tire todas as suas dúvidas sobre a melhor forma de cuidar de seu novo amigo.

Conselhos para o momento de visitar o veterinário

Cachorro e veterinária

A seguir, passaremos a você alguns pontos que podem ser de grande utilidade antes de você levar o seu animal de estimação em sua primeira consulta.

  • Lembre-se que os cães devem ser levados com sua respectiva coleira e, se eles tiverem antecedentes de agressividade com outros cães, você também deve colocar uma focinheira neles.
  • No caso dos gatos e outros animais de estimação menores, você deve utilizar uma caixa de transporteou algo similar, para que eles se sintam menos nervosos e desprotegidos ao encontrarem um lugar estranho e cheio de animais desconhecidos.

E, principalmente, para evitar que escapem. Neste sentido, só os tire da caixa quando eles já estiverem dentro do consultório e com a porta fechada. Assim, você evitará algumas dores de cabeça e não terá que sair correndo atrás de seu amigo felino por toda a clínica veterinária.

  • Tente fazer com que a primeira visita não coincida com a data de aplicação de sua primeira vacina. Assim, você evitará que, desde o primeiro momento, seu animal associe o consultório com um lugar onde ele pode sentir dor.

O mais conveniente é que médico e o paciente consigam desenvolver uma relação de empatia a medida em que o tempo passa.

  • Anote em um papel todas as perguntas que gostaria de fazer ao profissional, assim você não se esquecerá de nada importante.

Os animais nos oferecem um amor incondicional e constante e fazem a nossa vida mais feliz e suportável. Uma forma de podermos retribuir tudo de bom que eles nos proporcionam é sendo donos responsáveis, preocupados com o bem-estar de nossos animais.

Sendo assim, após esta primeira visita ao veterinário, devemos nos lembrar de realizar controles periódicos de rotina e de procurar rapidamente um veterinário frente a qualquer sinal estranho que o animal apresente.

Essa é uma boa forma de demonstrar o quanto amamos o nosso pet e, certamente, ele também saberá como agradecer.