Primeiros socorros para cães: o que você precisa saber?

Primeiros socorros para cães

Agora que você finalmente encontrou o seu amigo ideal, que será o seu companheiro na vida, com o qual você está adorando dividir a sua casa, a única coisa que você deseja é que ele seja o cão mais saudável e feliz do mundo.

Mas você já se perguntou o que pode fazer caso o seu bicho de estimação tenha uma emergência em um momento em que você talvez não possa ir ao veterinário? Para isso, nós do Meus Animais te ensinamos tudo o que precisa saber sobre os primeiros socorros para cães.

Assim como nós, nossos animais precisam que tenhamos em casa um kit, para estarmos sempre prontos para qualquer situação que apareça. Por isso, é importante saber o que precisamos.

Esteja preparado para os primeiros socorros

cachorro doente

Embora o mais aconselhável em caso de acidentes ou algo mais grave seja consultar um veterinário, há muitas coisas que podemos fazer em casa para evitar que nosso cão tenha complicações ainda maiores. É muito importante que tenhamos um kit de primeiros socorros exclusivo para nosso pet. Tudo deve estar esterilizado e, se utilizado, deve ser esterilizado novamente.

Os artigos mais importantes que devem constar em um kit são:

  • Luvas de látex;
  • Tesoura;
  • Tiras elásticas grossas para torniquete;
  • Pomada anti-séptica;
  • Pomada anti-histamínico;
  • Ataduras;
  • Esparadrapo;
  • Termômetro;
  • Álcool, água oxigenada e gaze;
  • Pinças;
  • Pomada para queimaduras.

Vejamos agora as situações mais comuns e como ajudar o seu cão.

Como aplicar os primeiros socorros para cães

Onde você mediria o pulso de seu cachorro se ele ficasse inconsciente e você não soubesse se ele está respirando? Você pode fazê-lo na parte interna das patas traseiras. Além disso, existem muitas coisas que você deve saber sobre os primeiros socorros para cães. Aqui estão algumas das situações mais comuns e como agir para ajudar o seu amigo peludo.

  • Hemorragias. Em caso de hemorragia em uma das extremidades do animal, um torniquete é a melhor escolha. Você pode pedir para o veterinário lhe ensinar a fazê-lo para estar preparado. Dê um nó criando muita pressão perto do ferimento para cortar o fluxo sanguíneo na região e parar a hemorragia. Se não sabe, não faça.
  • Queimaduras: Aplique gelo no lugar onde o seu cão se queimou para aliviar a dor e evitar uma cicatriz muito marcada. Em seguida, seque a área e aplique uma pomada especial para queimaduras e cubra com gaze para que o animal não lamba. Uma vez que o creme tenha sido absorvido, deixe a ferida descoberta.
  • Feridas. A primeira coisa a fazer é desinfectar, já que as feridas são causadas por uma queda, uma mordida ou um golpe em algum metal ou algo parecido. Tudo isso pode conter uma grande quantidade de bactérias nocivas ao seu animal. Se o seu cão é um pouco “agressivo” ou você acha que ele pode morder ao sentir dor, não use álcool. Ao invés disso, desinfecte a ferida com água oxigenada e aplique uma pomada anti-séptica. Cubra com gaze e esparadrapo.

Cachorro doente

  • Asfixia. Se o seu cão caiu na água e não respira, agarre-o pelas patas traseiras e o ponha de cabeça para baixo. Isso ajudará na expulsão da água dos pulmões. Se ainda assim ele não respirar, faça pressão em ambos os lados do tórax. Se com tudo isso o animal não respirar, feche a boca do seu cão, ponha o punho fechado sobre o nariz e use-o como se fosse um tubo para sobrar ar nos orifícios nasais de seu bicho de estimação.
  • Mordidas. Se outro cão morder seu amiguinho, corte o pelo ao redor da ferida para facilitar a desinfecção, limpe com água morna e aplique uma pomada anti-séptica. Se você notar que não é apenas uma ferida superficial, o melhor é se dirigir com urgência para uma clínica veterinária.
  • Atropelamento. Se o seu cachorro for atropelado, evite mover o animal bruscamente e, antes de tudo, verifique se ele respira. Você pode puxar a língua para fora da boca para garantir que não seja um obstáculo para a respiração.

Esperamos que nossos conselhos sejam úteis para você. Desejamos, porém, que nunca precise usá-los.