Pulgas e carrapatos: saiba como combatê-los

pulgas e carrapatos

Sobem as temperaturas e com elas a possibilidade de que seu animal de estimação sofra uma infestação de pulgas e carrapatos. São incômodos parasitas externos que, além de provocar irritações na pele e possíveis alergias, também podem chegar a transmitir doenças, tanto nos animais como nos humanos. Por isso é importante que você saiba como combatê-los.

Consulte o veterinário para escolher o produto adequado contra pulgas e carrapatos

cão-coçando

Como se costuma dizer, sempre é melhor prevenir do que remediar, por isso é ideal que você evite que pulgas e carrapatos se hospedem em seu amigo peludo.

Mas em qualquer um dos casos seja prevenção ou combate dos parasitas já instalados  é importante que se consulte um veterinário sobre os produtos mais adequados para utilização.

O profissional deverá indicar o melhor método de acordo com as características de seu cão ou gato. Por exemplo:

  • Idade. Não é o mesmo um filhote que um animal adulto, está claro.
  • Peso. A dose deverá ser administrada de acordo com o que a balança indicar.
  • Condições de saúde. De acordo com o histórico clínico do animal.
  • Costumes e áreas em que habita. Deve-se levar em conta se o bichinho vive no campo ou na cidade, se ele passa boa parte do tempo fora da casa ou, ao contrário, nunca sai, etc.

Na hora de combater pulgas e carrapatos, consulte um veterinário sobre as opções mais adequadas de acordo com as características de seu animal de estimação.

O que considerar na hora de adquirir um antiparasitário externo para o seu animal de estimação

No mercado dos animais de estimação há uma grande quantidade de opções para combater pulgas e carrapatos. Por isso é importante que o veterinário indique a melhor alternativa para cada etapa de vida de seu animal de estimação.

Não é conveniente que você adquira qualquer um, seja por conselho de amigos ou de vizinhos. Tampouco nestes casos é bom que escolha um produto só porque é mais barato. É que o barato pode sair caro. Assim, informe-se adequadamente.

Se as explicações que o veterinário der em relação aos produtos contra estes parasitas não lhe satisfazem, não tem por que ficar apenas com sua palavra. Você poderá perguntar a outros profissionais e só então decidir.

De qualquer forma, antes de aplicar um produto antiparasitário externo em seu animal de estimação, leia atentamente o folheto informativo e siga as instruções ao pé da letra. E, se ficar alguma dúvida, volte a consultar o profissional.

Produtos de uso veterinário para combater ectoparasitos

Entre as muitas opções para combater pulgas e carrapatos, e sem esquecer que devem ser produtos desenvolvidos para o uso veterinário e para cada espécie em particular, podemos encontrar:

  • Pipetas
  • Sprays
  • Pós
  • Xampus

Lembre-se que a dose deve ser a adequada segundo o tamanho e a idade de seu animal de estimação. E só repita a aplicação segundo as indicações de um profissional.

Além disso, você deve prestar muita atenção a seu peludo, para o caso dele apresentar alguma reação adversa depois da aplicação do produto. Nesse caso, leve-o ao veterinário de forma urgente.

Sobre as receitas caseiras e naturais contra pulgas e carrapatos

Além destes antiparasitários elaborados geralmente por laboratórios especializados, existem inúmeras receitas caseiras para o combate de pulgas e carrapatos que circulam de boca em boca e já há algum tempo por esse grande difusor de tudo que é a internet.

A primeira coisa que se deve levar em conta nestes casos é que, seja natural ou feito em casa, esses produtos não são necessariamente inofensivos ou inócuos. E que seu cão ou seu gato pode terminar com sérias irritações na pele.

Assim, se você quer utilizar algumas destas opções, consulte também ao veterinário para saber se ele aconselha aplicá-las em seu animal de estimação.

Como tirar os carrapatos

como-pentear-seu-cão

No caso dos carrapatos, se você conseguir localizá-los no corpo de seu peludo, é conveniente que você os remova, além da utilização de um produto específico para provocar a morte do parasita.

Existem pinças especiais para retirar carrapatos e a remoção deverá ser realizada com extremo cuidado para que se possa tirá-los em sua totalidade, já que eles ficam literalmente agarrados à pele do animal.

Mais uma vez: Peça ao veterinário para explicar como extrair os carrapatos e, se você não pretende se atrever a fazê-lo, leve o seu peludo ao consultório para que o veterinário o faça.