Qual o melhor veterinário para o meu cão?

Uma das decisões mais importantes que você tomará, como dono, deve ser responder à esta pergunta: Qual o melhor veterinário para o meu cão? A responsabilidade com a qual escolhemos a pessoa encarregada de velar pela saúde de nosso cão, indicará, em grande parte, a qualidade de vida de nosso animal de estimação.

Sugerimos que você tome esta decisão pensando, por exemplo, nas qualidades que teria um profissional que tomaria conta da saúde de seus filhos.

A seguir, daremos a você algumas sugestões que deverá ter em mente no momento de selecionar o veterinário de seu animal de estimação.

Escolha um profissional qualificado

Escolhendo um veterinário

Assim como você não confiaria a saúde de seus filhos a qualquer um, você não deve fazer o mesmo com o seu animal de estimação.

Seja quem for a pessoa que escolha, assegure-se de que esteja certificado e que tenha os documentos de seu negócio em dia. Embora isso não seja uma garantia da qualidade do profissional, poderá dar a você alguns indícios.

Igualmente, o estado das instalações e as condições dos equipamentos veterinários podem lhe dar uma boa ideia a respeito do que ocorre dentro do consultório.

Não tema em fazer perguntas ou pedir informação extra. Lembre-se que tudo isso é para assegurar a saúde de seu cão.

Tenha em mente que, muitas vezes, o que levará você ao veterinário, serão as emergências, de modo que o melhor será conseguir um veterinário perto de sua residência.

Lembre-se sempre que é melhor ser atendido rapidamente em uma emergência e depois pensar em levar o animal para um lugar mais qualificado. Alguns minutos podem salvar a vida de seu animal.

Você deve, sempre, estar muito consciente do quadro físico de seu bichinho, pois as clínicas pequenas tendem a não atender casos especializados ou os remetem a outras clínicas.

De modo que, se você sabe do que o seu cão sofre por exemplo, problemas dermatológicos, o melhor será que procure um especialista nesse tipo de doenças. Desta maneira você poupa tanto o seu dinheiro como o seu tempo.

Se você percebe que o problema não tem nenhuma relação com um mal específico, poderá, então, ir ao seu veterinário habitual.

Outra boa opção é escutar as recomendações de seus amigos com seus animais de estimação. Estes já superaram alguns dos obstáculos que procurar um veterinário qualificado representa, assim, eles poderão lhe dar algumas dicas importantes e recomendações.

A confiança é importante

Os donos tendem a desconfiar um pouco do que lhes diz o veterinário, e isso não é ruim. No entanto, a base de uma boa relação, que ao final terminará sendo muito benéfica para o seu cão, resulta da capacidade do veterinário e do dono em estabelecerem um vínculo de cortesia.

Isso é fundamental para se conseguir uma pessoa que irá acompanhar o processo de desenvolvimento de seu cão, pois desta maneira poderemos ter um histórico que sirva para indicar formas de tratamento e determinar o que está errado em caso de algo vir a ocorrer.

Aproprie-se do momento

O relacionamento entre veterinário e animal

Outra das razões pelas quais este processo é complicado, vem da impossibilidade dos donos de dedicar alguns minutos do dia da consulta para conhecer ao veterinário.

Suas impressões são fundamentais dentro deste processo, pois só você poderá saber se o veterinário é amável com seu cachorro e com você, você poderá constatar como ele lida com os animais e aconselhá-lo sobre a maneira mais eficiente de lidar com o seu cão, especificamente.

Leve em conta que, antes de levar o seu cão ao veterinário, o ideal seria que conversasse com ele por telefone, para se assegurar de ter informações suficientes sobre ele.

Normalmente, quando você levar o seu cão ao veterinário pela primeira vez, será feita uma entrevista para averiguar o lugar de onde provém o animal, o histórico médico de seus pais, o estado de sua pele, mucosas, pelagem e demais órgãos.

Também lhe farão alguns exames para determinar se está são e se procederá a vacinação após produzido o desmame.

De acordo com as descobertas desta visita, o veterinário determinará se o animal requer outras análises mais detalhadas de órgãos específicos ou se poderá iniciar seu quadro de vacinações.

Não esqueça também de consultar sobre aspectos como a alimentação mais recomendada para o seu animal ou os acessórios que deverá adquirir para que seu cão possa permanecer feliz.