Quanto meu cão deve comer?

Quem nunca teve um bichinho de estimação antes pode acabar ficando com mil e uma dúvidas em relação a alimentação e cuidados do animal. Com relação à alimentação, são muito comuns perguntas como: quando meu cão deve comer?, quando devo alimentá-lo?, qual tipo de alimentação devo escolher?, vasilha de plástico ou metal?

Em Meus Animais, vamos ajudá-lo a sanar todas as suas dúvidas sobre esse tema. Vamos começar falando sobre o tipo de alimentação mais adequada para o seu cão.

Escolher a alimentação correta

Saber qual o alimento correto para o seu cão não é tão difícil quanto parece. A escolha certa irá depender da raça, da idade e do tamanho do animal.

Cachorros comendo

  • Cães pequenos. Neste grupo estão incluídos animais de raças pequenas, como Chihuahua e Toy Fox Terrier. O tamanho pequeno exige uma alimentação especial e fácil de mastigar, evitando o surgimento de tártaro nos dentes, já que essas raças são mais propensas a desenvolvê-lo. Além disso, a dieta deve ser rica em proteínas e vitaminas, com baixo teor de gorduras, evitando a obesidade, que poderia causar grandes problemas a esses cães devido o seu tamanho. Uma alimentação rica em fibras ajudará no bom funcionamento do sistema digestivo.
  • Cães grandes. Cães um pouco maiores precisam comida em grande quantidade, que seja de fácil digestão e que satisfaça as suas necessidades calóricas, já que praticam mais atividade física. Não se esqueça de verificar se o animal está ingerindo o suprimento adequado de vitaminas C e E e evite quantidades excessivas de fósforo.
  • Cães gigantes. Graças a seu tamanho avantajado, cães de raças gigantes necessitam de uma alimentação que ajude no desenvolvimento e fortalecimento dos ossos, satisfazendo, assim como no caso anterior, as necessidades calóricas.
  • Filhotes. Jamais dê a um filhote, seja qual for o seu tamanho, comida para adultos. Pense que eles são como bebês, começando a desenvolver todas as partes de seu corpo. Eles precisam de uma alimentação especial que os ajude a ter um crescimento saudável.
  • Cães idosos. Quando os cães envelhecem, adquirem necessidades nutricionais especiais. Cães idosos precisam de alimentação que seja macia, fácil de mastigar e que fortaleça os ossos e o sistema imunológico.

Em todos os casos, aconselhamos que você converse com um veterinário para que ele oriente você sobre qual a melhor alimentação para o seu cão, de acordo com as necessidades do animal.

Quanto o meu cão deve comer?

Cachorro comendo

A idade e o tamanho também influenciam na quantidade de ração que o cão deverá ingerir diariamente.

Os filhotes, por exemplo, necessitam, em média, de cinco refeições diárias. A quantidade que podem ingerir a cada refeição é pequena e os cachorrinhos mais novos têm um elevado gasto calórico devido a toda sua energia.

Entre os seis meses e um ano de vida, os cães precisam de três refeições por dia.

Os cães adultos, por sua vez, são mais tranquilos e não gastam tanta energia como filhotes. Por isso, não necessitam de mais do que duas fartas refeições diárias.

Se o seu cão é de uma raça gigante, você pode optar por dar de comer a ele duas porções pequenas por dia ou uma grande porção apenas. Esses cachorros têm facilidade em desenvolver obesidade e você deve controlá-los, pois são capazes de comer tudo.

Segundo especialistas e profissionais, um cão deve comer entre 2% e 3% de seu peso diariamente. Assim, você não erra na quantidade de ração!

Quando meu cão deve comer?

Caberá a você definir quando o seu cão deverá comer. Algumas pessoas preferem que o animal coma depois que todos da família, para que ele saiba quem manda comendo primeiro “o líder da matilha” e depois ele (essa é a atitude mais recomendada). Outras pessoas preferem que o bicho de estimação coma antes de todos, para que fique satisfeito e não incomode a família durante a refeição.

Seja qual for a sua escolha, não se esqueça que os cães aprendem rotinas, inclusive na alimentação. Por isso é importante que seu companheiro coma sempre no mesmo horário e no mesmo lugar todos os dias.

E por último, o que escolher, vasilhas de plástico ou metal? Os veterinários recomendam que você opte por recipientes metálicos. O plástico rapidamente desenvolve ranhuras em sua superfície, algumas invisíveis a olho nu, acumulando bactérias que podem prejudicar a saúde de seu mascote.

O metal, por outro lado, é muito mais higiênico e pode ser facilmente lavado, ficando livre de germes. Pronto. Antes que você se pergunte qual a quantidade que seu cão deve comer, já tem a resposta.