Quanto exercício físico necessita meu cão

Exercício físico para cães

A falta de exercício físico é uma das principais causas de más condutas em nosso cão. Às vezes, não encontramos a causa do por que o nosso cão morde tudo ou a razão pela qual ele anda sempre nervoso pela casa. Pois bem, o estresse ou a má conduta podem estar relacionados diretamente com a falta de exercício físico. 

A ansiedade e o estresse, na maioria dos casos, são ocasionados por um alto nível de energia acumulada. Se o cão não liberar essa energia, sua ansiedade ou estresse aumentarão.

Qual é a melhor forma de liberar energia? Através do exercício físico! Embora a maioria dos cães necessite de entre meia e uma hora para se exercitar, nem todos são iguais. O que posso fazer para solucionar a falta de exercício físico? Quais fatores devem ser levados em conta? Aqui lhe explicaremos isso.

Fatores que devem ser levados em conta

A idade do cão

Cão correndo com seu dono

Isto é primordial já que, embora os filhotes precisem se exercitar, seus ossos e músculos estão em crescimento e o exercício físico extremo pode ser altamente prejudicial.

Os cachorrinhos necessitam de atividade constante até que cheguem a se cansar. Por exemplo, lançar um disco ou uma bola para eles pegarem, ou uma pequena corrida de velocidade.

Entretanto, não lhes faça correr com você ou atrás de sua bicicleta, já que o efeito poderá ser devastador para o bichinho.

Quando os cães são idosos, quer dizer, têm mais de 8 anos, eles deverão ser tratados como filhotes no que se refere ao exercício físico, enquanto que os cães adultos deverão fazer exercícios físicos mais intensos, especialmente se já estiverem apresentando sinais de ansiedade.

Isso os deixará esgotados e relaxados.

A raça do cão

Nem todas as raças estão preparadas para um exercício físico intenso, tampouco o requerem. Por exemplo, o dálmata é um cão atleta, que ficará deprimido se não realizar exercício físico. Por outro lado, temos raças como o pomerânia, que é um cão caseiro, tranquilo e que necessita de pouco para se cansar.

Você poderá se aconselhar com o seu veterinário para saber qual é a quantidade e a intensidade correta de exercício físico para o seu cão.

A hora do dia

Durante a noite, assim como nós, os cães recarregam suas energias, por isso, pela manhã estarão superativos. Se você se limitar a tirá-lo de casa um pouquinho para que ele faça suas necessidades e nada mais, não se surpreenda quando você chegar em casa, depois do trabalho, e encontrar o seu lixo revirado para todos os lados.

Tente fazer com que o seu cão pratique algum exercício físico intenso nas primeiras horas do dia, embora isso implique em você se sacrificar um pouco e se levantar mais cedo para poder dedicar mais tempo à atividade física de seu pet.

Depois, durante o resto do dia, você não terá mais que lhe dedicar muito tempo, pois o animal estará cansado e, se a noite você lhe der um pouco mais de intensidade, ele dormirá como um bebê.

Que tipo de exercício físico

Cães brincando

Com um cão pode fazer quase qualquer tipo de exercício físico, o qual, obviamente, deverá ser escolhido levando em conta os itens anteriores. Pode-se pensar em um sem-fim de atividades para se praticar com o seu cão. Entre outros esportes, você poderá tentar:

  • Lançamento de disco ou de bola;
  • Nadar;
  • Correr;
  • Correr junto da bicicleta;
  • Andar pelas montanhas.

O exercício físico não só resultará em resultados a nível emocional em seu cão, mas também será notado em sua boa conduta, sua obediência, em seus pelos mais brilhante e suaves e, até mesmo, em seu corpo.

Do mesmo modo que o corpo humano se desenvolve com o exercício físico, você também poderá notar isso em seu cão.

Não caia no erro de pensar que só porque você tem um grande jardim, não é necessário que o seu cão saia de casa além do necessário para fazer suas necessidades fisiológicas.

Não importa se o seu jardim tem três mil metros quadrados. Seu cão precisa correr, cheirar outros lugares, relacionar-se com outros cães, ver pessoas e sentir que a rotina não o matará.