Que comida de humanos os cães podem comer?

Na atualidade, está começando uma tendência de que cada vez mais donos escolhem a opção de alimentar seus animais de estimação baseando-se em uma dieta caseira, seja porque eles têm desconfiança do jeito que é produzida a comida de cães, porque preferem complementar sua dieta com outros alimentos ou porque acham esse recurso um jeito de economizar um pouco de dinheiro.

Embora, as necessidades nutricionais de nossos cães sejam diferentes das nossas, isso faz com que muita gente se pergunte que comida de humanos os cães podem comer?

Realmente, a maioria de alimentos que nós consumimos, acabam sendo também benéficos e completos para nossos cães.

Por exemplo, todas as carnes, os grãos e a maioria de frutas e legumes podem ser consumidos por eles.

Como vigiar a dieta?

O que você deve fazer é desenvolver uma estratégia para que seu cão chegue a ter a quantidade necessária de proteínas e vitaminas, para poder ter um correto crescimento, que tenham as suficientes reservas energéticas e que não sejam difíceis de digerir.

No caso dos grãos, o melhor é que você os triture, porque os cães têm um intestino mais curto do nosso, devemos facilitar-lhes o processo de assimilação de certos alimentos.

Leve em conta que os cães são predadores, então, uma parte importante da dieta deve ser composta de carne, pois a gordura animal irá fornecer importantes nutrientes para o funcionamento dos órgãos, além de ajudar-lhes a desenvolver uma boa musculatura e será bom para suas articulações.

Se seu cão não estiver acostumado a consumir carne crua, o melhor é cozinhar um pouco, isso evitará bactérias que possam afetar seu cachorro invadam o organismo do animal.

Comida caseira para seu cão

 

Cuidado com os derivados do leite. O leite integral de vaca pode ser muito forte para o organismo dos cães, eles não têm as enzimas suficientes para poder processar como devem e pode ocasionar-lhes problemas a nível digestivo.

Os legumes e vegetais são ricas fontes de vitaminas e minerais, além de terem um baixo conteúdo calórico e de gordura, que evitam que teu cão ganhe peso demais e tenha problemas nas articulações e de circulação.

Procure dar a seu animal de estimação uma dieta rica em fibras, isso vai ajudá-lo a melhorar o sistema digestivo e a regular o funcionamento do intestino.

Embora, devido ao sistema digestivo dos cães ser mais curto, os cães não podem assimilar os legumes do mesmo jeito que os humanos fazem, então, é muito importante que os legumes sejam usados como um jeito de complementar sua dieta, e não de maneira exclusiva.

Apesar dos cães poderem consumir legumes tanto crus como cozidos, o melhor é que sejam preparados em uma espécie de purê, cuidando que sejam pedaços pequenos e sem sal.

Da mesma forma, os cães podem consumir muitas classes de frutas, por exemplo, as maçãs, as melancias, as laranjas ou os pêssegos são bom para eles.

No entanto, você deve ter o cuidado de tirar todas as sementes, porque isso pode causar intoxicação.

Além disso, as frutas devem ser ministradas em porções pequenas, em especial aquelas ricas em açúcares. Os cães não metabolizam muito rápido o açúcar, então, o consumo excessivo pode provocar obesidade.

Lembre-se que antes de mudar a dieta de seu cão, é recomendável consultar o veterinário, ele saberá aconselhar corretamente sobre os alimentos que devem ser consumidos e os que devem ser evitados, além de indicar o tamanho das porções e a quantidade de vezes por dia que o animal pode consumir.

Produtos que eles não devem consumir

Cachorros nunca devem consumir chocolate como comida

Apesar deles poderem consumir a maioria dos alimentos que nós comemos, deve-se evitar alguns que podem parecer inofensivos, mas podem intoxicar seu animal de estimação.

Alguns deles são: a cafeína, os chás, a cebola, as uvas, as uvas passas, o abacate, os derivados do cacau, o açúcar, os lácteos, os ossos e as nozes.

Vigie o local onde você joga os restos de comida, os cães tendem a comer tudo que acham e parece gostoso, de modo que se você perceber que eles têm consumido alguma coisa que não deve estar na dieta, leve seu animal ao veterinário imediatamente.

No entanto, seu cão pode desenvolver alergia a alguns alimentos, se perceber algum comportamento excessivo e atípico depois que ele comer, como agitação, se tiver protuberâncias, salivação excessiva, vômitos ou diarreia, urina de forma descontrolada, mostra-se débil ou sofre com tremores, seu cãozinho pode estar passando por uma reação alérgica ou sofrendo uma intoxicação, então deve socorrê-lo imediatamente e levar seu animal ao veterinário para que ele seja examinado.