Raposas domesticadas: Incrível!

Acredite ou não, existem pessoas que conseguiram domar as raposas. Elas foram feridas e foram reunidas e curadas, outras ainda ficaram órfãs e alguém as pegou e criou. O fato é que não é incomum encontrar raposas domesticadas que se comportam como animais de estimação reais, brincando com seus donos e trocando mimos com eles.

Que tipo de animal é a raposa?

Raposas (vulpinos), são mamíferos onívoros da família dos canídeos, como os cães, chacais e lobos. Existem atualmente 27 espécies de raposas espalhadas pelos cinco continentes, embora a espécie mais comum seja a Raposa vermelha ou Raposa comum, que vive na Europa e na América do Norte.

As raposas tendem a viver de 5 a 7 anos, quando em liberdade, embora em cativeiro elas possam alcançar mais de 12 anos.

Seu tamanho é menor do que o de outros canídeos, mas ao contrário deles, elas caçam sozinhas. Suas características físicas incluem um focinho fino e uma cauda longa e grossa.

Outras características físicas variam dependendo da área geográfica onde vivem; por exemplo, a raposa do deserto tem orelhas compridas e pelos curtos, enquanto a raposa do Ártico tem orelhas curtas e a pelagem espessa.

É possível que as raposas sejam domesticadas?

Domesticando as raposas

Como tem acontecido com os cães, os gatos e os lobos, que inicialmente eram animais selvagens, as raposas poderiam evoluir a ponto de se tornarem animais de estimação.

Sendo assim, a equipe de cientistas coordenada por Dimitri Beliáyev, pensou que talvez fosse possível domesticar raposas recém-nascidas, em poucas gerações, desta forma, eles mantiveram uma linhagem experimental em uma fazenda sob rigorosa seleção reprodutiva.

Os resultados foram surpreendentes.

Para realizar o experimento foram selecionadas 130 raposas selvagens, sem contato com humanos. Elas então foram cruzadas e os descendentes cuidados. Para cada geração de animais eram feitos testes de comportamento objetivo, seguindo um protocolo rigoroso:

Em primeiro, o cuidador aproxima-se da gaiola e gasta um minuto perto da jaula fechada. Em seguida, abre a gaiola e passa um minuto com a porta aberta, sem tocar o animal, um minuto, tentando tocá-lo e um minuto com a porta fechada novamente.

Todo o processo é gravado em vídeo e determina se elas se tornaram mais dóceis. Estes espécimes que se tornaram mais dóceis foram selecionados para a reprodução.

Após 10 gerações, 18% das raposas mostraram comportamento extremamente dócil. Mas a coisa mais surpreendente da questão é que elas pareciam mais e mais com os cães, não apenas no comportamento, mas também fisicamente.

Atualmente a experiência permanece em vigor a fim de estudar em profundidade as ligações entre o comportamento e o DNA, por comparação direta, dos genes das raposas domésticas do grupo, com as raposas selvagens.

Depois deste experimento que mostrou que é possível que as raposas venham a se tornar animais de estimação ao longo do tempo, descobriu-se histórias cativantes sobre estes animais que vivem com os seres humanos e são tratados com amor.

E se eu tiver uma raposa como animal de estimação, o que lhe dar de comer?

Como alimentar raposas domésticas

Muitas pessoas acreditam que a raposa é um animal carnívoro, mas não é bem assim. As raposas são animais onívoros, que consomem quase qualquer tipo de alimento.

A dieta da raposa é muito diferente, já que elas são capazes de viver em lugares muito diferentes. Elas tendem a comer pequenos animais, roedores, coelhos e esquilos.

Pequenas aves também são parte da sua dieta em muitas áreas, embora muitas vezes sejam um alimento de temporada, dependendo do clima onde vive a raposa.

É sabido que elas se alimentam de frutas que podem ser cultivadas sazonalmente em diferentes áreas. Estes animais têm uma memória incrível, a cada ano retornam para os mesmos lugares para se beneficiarem da comida de lá.

As raposas não são seletivas quando se trata de comer. Alimentam-se de besouros, minhocas e, de vez em quando, até mesmo de aranhas.

Como parte de seus mecanismos de sobrevivência, estes animais não desprezam nenhuma frente de comida. Por essa razão, as raposas se conformam em comer qualquer tipo de alimento.