Razões para nunca deixar um cachorro amarrado na rua

Apesar de que em vários países cachorros que são bem educados e treinados são bem-vindos em muitos espaços como lojas, restaurantes e, inclusive, transporte público, em boa parte das cidades do Brasil eles não são aceitos e devem esperar do lado de fora.

Essa situação muitas vezes pode causar um problema para seu animal de estimação, já que quando os cachorros ficam do lado de fora esperando enquanto fazemos alguma compra, eles podem viver esse momento como uma situação pouco positiva.

Geralmente, os cachorros são presos a um poste, árvore ou placa de sinalização e essa situação pode ser prejudicial para nosso animal de estimação. Eles podem ficar agitados, sentir-se encurralados por outros cachorros ou até mesmo podem ser roubados.

Além disso, é possível observar que um cachorro preso fora de uma loja demonstra, através de sua linguagem corporal, que está pouco feliz. Seus olhos ficam para baixo, ele late ou então se move de um lado para o outro à procura de seu dono.

Sem dúvida, os cachorros que estão do lado de fora ficam expostos a riscos que podem ser evitáveis. Porém… Quais são essas dificuldades?

Que risco corre meu cachorro amarrado do lado de fora?

Muitas vezes os cachorros que ficam esperando do lado de fora das lojas são um alvo fácil para os “amigos do acaso”. Ainda mais se forem cães de raça.

Por isso, se realmente houver necessidade de deixar seu animal de estimação do lado de fora de um estabelecimento, certifique-se de amarrá-lo em um lugar que seja seguro ou então onde seja possível mantê-lo sob o alcance de sua visão todo o tempo.

Um cachorro amarrado não é um cão feliz. Ele se sente entediado e experimenta ansiedade pela separação. Sua linguagem corporal evidencia esse descontentamento. Portanto, tente evitar esse tipo de situação. Se você acha que vai demorar muito tempo, é melhor não levar o animal com você.

Enquanto seu cachorro está esperando o seu retorno, ele pode se sentir intimidado por outros cães, que talvez também estejam esperando por seus donos ou por aqueles animais de ruas que passam pelas imediações. O resultado desse encontro muitas vezes pode ser agressivo e, quem sabe, seu cão possa sair machucado.

As crianças também podem incomodar os cachorros que estão amarrados. Algumas jogam pedras e outras querem tocá-los ou apertá-los como se fossem um brinquedo. Isso pode ser um problema grave, caso o animal de estimação seja um pouco agressivo.

Por isso é recomendável que em alguns casos se coloque uma focinheira para evitar qualquer transtorno.

Medidas que devem ser tomadas

O que podemos fazer?

Em alguns lugares, os cachorros ainda não são 100% bem-vindos e é por isso que devem esperar do lado de fora.

Nesse caso, se não for possível adiar a compra ou o compromisso e você tenha saído com o cachorro, o melhor é que, antes de entrar no estabelecimento, dê um passeio com o cão. Assim, na hora em que chegar à loja, ele vai se sentir cansado e não ficará tão ressentido por ter que esperar.

Procure amarrar seu cachorro em um lugar seguro e onde possa observá-lo. Veja se o local tem sombra. Em alguns supermercados existem lugares especiais destinados aos cachorros. Em muitos deles há acesso livre a água em pequenos bebedouros destinados exclusivamente para eles.

Trate de não demorar muito cumprindo sua lista de afazeres. Lembre-se de que seu animal de estimação não gosta dessa situação e pode se sentir incomodado.

Na verdade, é bastante frequente que muitos deles latam e se movam de forma constante demonstrando impaciência. Todavia, isso depende de cada cachorro e da forma com que ele foi educado. Porém, sempre é melhor evitar essa situação de abandono e nunca deixar seu cachorro do lado de fora de uma loja.

Cachorros: sejam bem-vindos!

O ideal é não deixá-los amarrados

Contudo, nem tudo é negativo. E é um fato que existem alguns lugares que permitem que as pessoas entrem com seus animais de estimação sem nenhum tipo de problemas.

Nesse sentido, nos últimos anos, muitos países, como a Espanha e também o Brasil, por exemplo, têm avançado em sua legislação em relação à aceitação de animais de estimação nos espaços públicos, sobretudo no que se refere àqueles que são considerados animais de estimação.

Além disso, em algumas cidades, como Barcelona ou Madrid, também na Espanha, existem muitos restaurantes, lojas, praias e hotéis que são amigos dos animais. Há, inclusive, parques aquáticos para os animais. Sabia disso?

Em Barcelona, no ano passado, foi inaugurado um parque aquático para cachorros. Sim, neste lugar é possível deixar seu cão ou acompanhá-lo em um mergulho em um lago com mais de 1000 m². Ele também pode correr pelas amplas áreas com jardim.

Ainda em território espanhol, se preferir ir à praia, em Ibiza, Mallorca ou Tenerife é possível passar um dia agradável com seu animal de estimação sem maiores inconvenientes.