Resgatados os Pit bulls abandonados que estavam em péssimas condições

Pit bulls abandonados

Entre as raças consideradas, erroneamente, como as mais violentas, estão os da raça American Pit bull terrier. São mais conhecidos como cães Pit bull, e muitas vezes são abandonados por donos que não sabem ou não querem adestrá-los bem.

Mistura de raças, Pit bulls abandonados

Esta raça costuma ser confundida com outras, como é o caso dos American Staffordshire Terrier. Com eles, os pit bulls compartilham suas origens, mas são diferentes quanto a padrão e critérios de seleção.

Tampouco se deve confundir os Pit bull com o Stafordshire bull terrier (raça de companhia e de menor tamanho). Nem com o Bull terrier inglês ou com com o Boxer.

Quanto a suas contribuições, os Pit bull, na atualidade, são utilizados na detecção de narcóticos, nos serviços de segurança e como animais de estimação. Na Espanha, eles são considerados potencialmente perigosos.

Resgatados 40 Pit bulls abandonados e em péssimas condições

resgatados-40-animais-abandonados

Fonte: www.upsocl.com

Às vezes, nos surpreendemos com alguns cães que acreditamos ser muito perigosos em situação de abandono. Ver cães de algumas raças, como é o caso dos Pit bulls, em determinado estado de maus-tratos e vulnerabilidade, é realmente incompreensível.

Segundo uma notícia recente, em torno de 40 cães dessa raça foram encontrados em péssimas condições em uma casa abandonada localizada em Lake Mathews, no Canadá.

A casa pertencia a um conhecido criminoso, que já tinha sido preso por tráfico de drogas. Foi ele quem deixou os Pit bulls abandonados à própria sorte.

O alerta sobre os animais foi feito pela vizinhança. Eles alertaram o Serviço de Controle de Animais depois de sentirem mau cheiro vindo da casa. Quando chegaram, encontraram uma cena grave.

O lugar estava lotado com estes animais, em péssimas condições. Deles, muitos já tinham morrido e outros não podiam nem mais se mover, devido ao estado de debilidade em que se encontravam.

Conselhos para resgatar um cão abandonado

Se encontrarmos um cão abandonado na rua, para nos aproximar dele, agacharemos a sua altura, lentamente. Manteremos uma distância segura, tentando chamá-lo, utilizando assovios e falando com um tom de voz baixo.

Se o animal abandonado permitir que nos aproximemos, devemos acariciá-lo, oferecendo-lhe primeiro nossa mão, para que a fareje. Lembre-se, nunca faremos carinho colocando a mão sobre sua cabeça.

O ideal é acariciá-lo, a princípio, de baixo para cima. Pode ser que o animal tenha apanhado, e, por isso, nossa mão acima de sua visão o deixará com medo.

Não faremos movimentos nem ações bruscas. Sempre nos moveremos de forma suave e à sua vista, sem fazer nada atrás dele, pois isso lhe causará muita insegurança.

Se o que pretendemos é colocar o animal abandonado em um veículo, o melhor é tentar fazer com que ele nos siga. Mas, se não conseguirmos, poderíamos tentar carregá-lo, mas sempre com extremo cuidado e lhe olhando nos olhos, para lhe oferecer confiança, por um lado, e para vigiar seus gestos e reações, por outro.

Se o animal ficar nervoso por sua presença ou duvida de suas intenções, o melhor é esperar que se afaste de avenidas e ruas onde ele possa correr e sofrer algum acidente.

O que fazer depois de pôr uma coleira num animal abandonado

resgatados-40-animai-abandonados-3

Fonte: www.upsocl.com

Se você levar uma coleira, poderá tentar atá-lo, mas com cuidado. Se você observar que o cão fica nervoso com isso, a coleira não é boa ideia. Pode ser pior, já que ele poderia se tornar agressivo, girar a corrente,  machucando-se ou tentando morder você.

Quando o animal já estiver na coleira, você terá que levá-lo a algum lugar seguro. Caso em sua casa haja mais animais de estimação, não o junte imediatamente com eles, já que você não conhece sua personalidade e história de vida. Lembre-se de que você não sabe se ele está doente ou se é agressivo com outros animais, embora com você possa não ter sido.

Nos primeiros momentos, você deve lhe dar água e comida, olhar como defeca e urina, observar se seu cocô e o xixi não têm sangue; você pode esperar passar algumas horas antes de levá-lo ao veterinário. Assim, terá um conhecimento prévio sobre o animal e saberá responder as perguntas que o profissional fará.

É de muita importância que você ganhe a confiança dos animais abandonados. Dessa forma, ele lhe amará por toda sua vida, e lembrará, à sua maneira, que você lhe ajudou, e será grato por isso.

Uma vez que você se assegure de que ele está completamente saudável e o veterinário lhe autorizar a isso, poderá começar a integrá-lo em “sociedade” com outros animais. Poderá brincar com ele, levá-lo para passear com uma coleira para que ele vá se acostumando, começando a lhe socializar, etc.

Fonte das imagens: www.upsocl.com