Sabe o que é o nistagmo em cães? Revelaremos isso!

nistagmo

Não saber a importância de alguns gestos de nosso animal de estimação ou não saber muito bem como agir pode causar males maiores. Por isso, é importante estar bem informado sobre os diferentes tipos de anomalias que o nosso cão pode ter, assim como saber como agir a tempo. Hoje falaremos do nistagmo.

O que é o nistagmo e quais são as causas

O nistagmo é um movimento repetitivo e involuntário dos olhos, pode ser lento ou rápido. Normalmente afeta a ambos os olhos, embora também possa ocorrer apenas em um. Em algumas ocasiões, pode estar relacionado com problemas de visão, mas isto nem sempre é assim.

Pode ser congênito, devido a uma má formação do globo ocular no desenvolvimento embrionário. Isto também pode ser a causa de cataratas, hemorragias intraoculares ou descolamentos de retina.

Também pode acontecer nos gatos, especialmente nos da raça siamês ou albinos, devido a um funcionamento anormal do nervo óptico.

Sintomas do nistagmo

olhos-cão

O único sintoma e o mais reconhecível é o movimento involuntário do olho, que pode acontecer de diferentes maneiras:

  • de lado a lado
  • para cima e para baixo
  • circular

Cada um deles tem um nome, sendo estes seguindo a ordem estabelecida: nistagmo horizontal, vertical ou rotatório.

Exames a serem feitos

Se você tiver notado que seu cão tem movimentos involuntários nos olhos, repetidamente, e você gostaria de saber se realmente é nistagmo, o veterinário fará os seguintes exames:

  • Um exame com lâmpada de fenda
  • Avaliação de reflexos
  • Tonometria
  • Oftalmoscopia indireta
  • Ecografia ocular
  • Eletrorretinografia
  • Ressonância magnética (se necessário)

Tratamentos

O nistagmo não é algo que se deva tratar, já que sua causa sempre vem precedida por algo externo. Quer dizer, se seu cão o tiver e a causa forem as cataratas, assim que se realizar a operação para eliminar as cataratas, o nistagmo também será eliminado.

Porém, há casos nos quais é impossível eliminá-lo, devido a uma causa congênita estranha ou algum outro fator.

Para prevenir isso, é importante manter o cão afastado do chumbo e de materiais tóxicos, já que estes podem criar o problema ou aumentá-lo.

O que faço se meu cão tem nistagmo

Para saber se seu animal de estimação sofre de nistagmo, você deverá estar atento a seus movimentos, especialmente os de seu olho. Às vezes, a intensidade do movimento é muito menor do que se pensa e pode ser mais difícil de detectar.

cao-olhos-fechados

Entretanto, via de regra, o nistagmo é algo que se percebe. Embora pareça algo de pouca importância, não é algo normal que deva acontecer, por isso, levá-lo sem demora ao veterinário é importante.

O nistagmo, em algumas ocasiões, pode ser o sinal de uma doença vestibular em que o animal perde o equilíbrio, dá voltas de forma obsessiva ao redor de si mesmo, perde o sono, etc. A causa de tudo isso pode ser o nistagmo, e possivelmente esse possa ser o sinal mais perceptível. Portanto, diante de qualquer pequeno sinal de que algo não funciona como se deve, vá com o seu animal de estimação ao veterinário.

Muitas vezes, não damos importância aos pequenos gestos de nosso cão, acreditando que não é nada. Isto acontece especialmente quando lemos na Internet que não é grave, ou se algum de nossos amigos nos diz isso.

Pois bem, você já sabe que em “Meus Animais” sempre lhe aconselhamos que, quando algo não é habitual em um animal, é porque algo não vai bem. A melhor solução é sem dúvida ir ao veterinário. Se uma vez examinado o cão, o veterinário diz que não é nada grave, genial! Mas sempre é melhor prevenir, pois lembre-se que seu cão depende de você, sua vida está em suas mãos e será tão longa quanto você a cuidar.