Sabia que os cães comprados em lojas são mais problemáticos?

Cães de loja

Na hora de adquirir um cão, são muitos os que pensam que, já que se têm um dinheiro extra, é melhor adquirir um novo animal de estimação em uma loja do que simplesmente se contentar com um cão de rua, que é grátis.

Existe a ideia preconcebida de que um cão sem raça, ou vira-lata, é mais difícil de educar, entre outros inconvenientes. Sentimos contrariar suas ideias, mas nada disso é verdade.

Os cães comprados em lojas são mais problemáticos

Devemos analisar bem isso, já que uma equipe de veterinários da Universidade da Pensilvânia fez um estudo a respeito: compararam o estado emocional e a saúde física de cães adquiridos em lojas com os que tinham sido adquiridos em criadores particulares.

Esta equipe chegou à esmagadora conclusão de que os cães adquiridos em lojas davam mais problemas. Vejamos o porquê:

Sua origem

filhotes-comendo

Infelizmente, muitos dos cães adquiridos em lojas, esses que são exibidos como troféus nas vitrines, provêm das chamadas “fábricas de filhotes”, nas quais os animais são usados exclusivamente para fins comerciais e financeiros sem que suas necessidades sejam consideradas e sem que atenção seja dada a eles.

Nestas “fábricas”, as cadelas parem sempre que estão no cio e são separadas de seus filhotes antes das 8 ou 10 semanas recomendadas, para terem seus filhotes levados, em situações precárias, à lojas de todo o país, para serem vendidos. Isso faz com que nem todos sobrevivam, infelizmente, menos da metade sobrevive.

Você imagina o trauma que desde tão pequenos estes filhotes já carregam? É triste conhecer esta crua realidade, mas alegra-nos saber que cada vez mais países estão proibindo a venda de “cães em vitrines”.

O tratamento recebido

Nas fábricas, os cães que serão vendidos em lojas recebem um trato hostil e vivem em condições de risco.

Não são cães com os quais falam, com os quais brincam, nem os permitem correr ou lhes dão um prêmio quando fazem algo corretamente. Vivem em espaços fechados e extremamente pequenos.

Tudo isto faz com que seja bem mais difícil se relacionar com os outros, sejam outros cães ou humanos. Por outro lado, comprovou-se que os que receberam este tipo de “criação”, estão mais propensos a contraírem doenças respiratórias e pneumonia, bem como problemas de saúde hereditários.

Outros problemas

filhotes-de-cães

O estudo do qual falávamos foi feito com 417 cães adquiridos em lojas e 5657 adotados de criadores particulares. Estes foram os resultados:

  • Os cães adquiridos em lojas demonstraram uma taxa bem mais elevada de agressividade do que os cães de criadores particulares. Esta agressividade foi demonstrada com outros cães, com estranhos e até com os membros de sua família.
  • Os cães adquiridos em lojas demonstraram medo de situações desconhecidas, de pessoas estranhas e ainda daquelas pessoas às quais conheciam, assim como de outros cães.
  • Os cães adquiridos em lojas mostraram um alto nível de ansiedade, produto da separação precoce de sua mãe.
  • O fato de terem crescido no meio da sujeira reduzindo o “banheiro” deles a um espaço minusculamente pequeno, fez com que os cães adquiridos em lojas demonstrassem uma atitude de falta de higiene em seus novos lares.
  • Os cães adquiridos em lojas também demonstraram condutas inadequadas, como as de fugirem de casa.

Ainda que pareça estranho, este estudo nos ensinou que da mesma forma que ocorre com os humanos, a criação também influenciou na personalidade e no estado de saúde e emocional de nosso cão.

E pensar que sempre pensamos que comprar um cão em uma loja era a melhor opção! Bom, agora você já sabe, se empregar o seu dinheiro desta forma, estará cooperando para que continuem tratando desta forma tão cruel e desumana a muitos outros cães.

Não seja cúmplice de algo assim! A melhor coisa a fazer caso queira adquirir um cão, é procurar um criador profissional, uma associação protetora ou um proprietário cujos os cães deram crias.

Com isto você não só ajudará a uma boa causa, mas também terá um cão mais saudável e mais feliz, que poderá trazer felicidade para a sua vida e não problemas, como os que poderiam dar os cães adquiridos em lojas.