Saia de férias com seu animal de estimação

Sair de férias com animais de estimação

As férias são o momento mais esperado por todos a cada ano. Mas sempre há uma pequena pontinha de tristeza que nos invade quando chega esta época e pensamos no que vamos fazer com nosso animal de estimação. Outros anos já os deixamos com alguns familiares ou em um hotel para cachorros de confiança, mas desta vez decidimos levá-lo conosco.

Há aspectos que devem ser levados em conta antes de viajar e também durante a viagem para que as férias com seu animal de estimação seja um momento inesquecível para todos.

Férias com seu animal de estimação: antes da viagem

Cachorro na praia

O primeiro e o mais importante que você deve verificar é se no lugar onde você vai se hospedar aceitam animais. Hoje em dia há muitos albergues, hotéis e apartamentos de aluguel que vão permitir que você passe suas férias com seu amigo.

Outro fator para ter em conta é a documentação do animal. Você deve ter a carteira de vacinação dele em dia. Se vai viajar para fora do país, é preciso fazer um passaporte canino e conhecer os requisitos do país para o qual vai viajar a respeito da entrada e saída de animais.

Você também deverá consultar com a linha aérea, ou o transporte que for usado, os termos de aceitação de animais. Há companhias aéreas que vão permitir levar o cachorro com você, outras não. Certifique-se de conseguir uma caixa do tamanho apropriado para que as férias com seu animalzinho de estimação não se transformem em um sofrimento para seu cachorro.

Se quando você viaja com seu cão de carro ele se enjoa, é muito provável que também sinta enjoo em um avião, barco ou trem, por isso você deve pedir ao veterinário que receite alguns comprimidos para náuseas, que sejam apropriados ao seu cachorro.

A bagagem

O animal terá direito a sua própria mala e além disso, é essencial contar com várias coisas que serão necessárias quando estiver de férias com seu amigo de quatro patas.

Esta é uma lista do que é o mais necessário:

  • Shampoo e colônia para cães;
  • Spray anti pulgas (quem sabe não existam mais pulgas do você pensa no lugar onde vão);
  • Recipiente para água. Este deverá ser cômodo para dar de beber a seu cachorro durante a viagem, caso o tamanho dele permita-o viajar ao seu lado;
  • Comida. Ainda que seja melhor a viagem ser feita em jejum, se for muito longa, é melhor comer algo. Levar comida é o mais prático;
  • O passaporte do animal e sua carteira de vacinação;
  • Sacolas para recolher os excrementos;
  • Papel absorvente (caso ele faça um xixi acidental).

Viajando com seu animal de estimação

Carro

Se você vai viajar de carro, leve seu cão na caixa própria para transportar animais, para evitar que possa causar um acidente por querer subir em cima de você. Pare a cada 2 ou 3 horas para que ambos estiquem as pernas. Se você for tomar um café ou comer em um restaurante, nem pense em deixar o cão fechado na caixa e com sol. Prenda-o na coleira em algum lugar em que tenha sombra e deixe o recipiente com água e comida por perto.

Avião

Se seu cachorro pesa menos de 6 quilos, ele poderá ir com você na cabine. Se o peso dele e o da caixa não chega aos 6 quilos, é possível levar uma bagagem de mão até alcançar este peso.

Se o animal pesa mais de 6 quilos, ele deverá ir no porão, normalmente sedado. Você terá que adquirir uma caixa de transporte suficientemente grande para que o animal possa dar uma volta em torno de si mesmo dentro dela. Deve ser uma caixa de transporte homologada, por isso recomendamos comprar em um estabelecimento de confiança.

É preciso se apresentar com o animal e a caixa 3 horas antes no check-in. O animal deve estar em jejum durante a viagem, sendo assim, lembre-se de oferecer-lhe água antes do embarque. Quase com total segurança será preciso apresentar a documentação do animal.

Trem

Gato na bolsa

Até a pouco tempo não haviam criado uma norma na qual se permitia a viagem de trem com animais, mas ainda há certas restrições. Se você for viajar em poltronas compartilhadas, só é possível levar o animal se a pessoa com quem se divide a poltrona estiver de acordo. O animal deverá ir em uma caixa transportadora.

Transportá-lo como bagagem é a outra opção, mas você não vai poder levá-lo na mão, ele deverá ir no compartimento de bagagens.

O certo é que sair de férias com seu cachorro pode ser uma experiência única, onde os sentimentos de incerteza ao pensar se seu animal está bem cuidado enquanto você está fora vão desaparecer.