Saiba como seu cão se expressa

 

A fase fundamental da convivência com os nossos pets, de forma parecida com o que acontece entre pessoas, embora não pareça, é o entendimento. Acreditemos ou não, os cães nos entendem.

Além disso, se os educarmos convenientemente, eles reagirão de forma adequada frente a uma ordem que dermos a eles. Neste entendimento, há uma série de regras ou de sinais que podemos perceber sobre o seu comportamento, para deduzir a partir deles o que o animal pretende nos transmitir. Citaremos a seguir alguns desses sinais.

Sinais que indicam como se expressa seu cão

dormir-com-animais

  • Quando seu animal de estimação dorme ao seu lado, além de procurar companhia, ele o faz como uma amostra do carinho que ele tem por você. Não é o ideal, como sabemos, pois, nossos cães devem se acostumar a dormir sozinhos.
  • A lealdade é a virtude número 1 de seu animal de estimação. Seu cão te ama e será fiel a você até o último momento de sua vida.
  • O movimento da cauda dos cães sempre foi interpretado como uma amostra de alegria ou felicidade, mas também expressa outras coisas, como é o caso de tensão, nervosismo, algum tipo de medo, etc.
  • Analisando a forma como ele move a cauda, podemos chegar a compreender o que o animal quer expressar. Se realmente for felicidade e alegria o que ele expressa, ele moverá a cauda e o traseiro conjuntamente. Se o vermos fazer círculos, uma vez que move a cauda, podemos nos sentir totalmente seguros de que ele está muito contente.

Quando seu cão te lambe…

  • Igual ao caso anterior, quando um cão lambe ao dono pensamos que o faz por muito carinho, mas há outras coisas que este gesto também pode significar, como é o caso de submissão e obediência. O animal já o faz desde muito pequeno com sua mãe, e significa várias coisas, como carinho, obediência, gesto de intimidade, etc.
  • A conduta social de seu cão, embora você possa não acreditar, é muito desenvolvida. Eles tendem a formar o que podemos denominar de “constituir sua matilha”. Se seu cão não tem outros companheiros de sua espécie, a matilha, ou grupo, será formado com seu dono, e ele utilizará isso para muitas coisas, desde a busca por amparo e companhia, até à vigilância para cuidar da segurança desse grupo que ele formou com você.
  • Os que sentem amor pelos animais e os observam, podem ver com frequência cães que lambem as próprias feridas, as de outros companheiros e também as de seus donos. Eles sentem, instintivamente, que algo não está bem.

A percepção do dono doente

  • Mas não é só o caso das feridas, mas os cães também notarão quando seu dono ficar doente. A maneira deles, tentarão ajudar, da melhor forma que sabem fazê-lo, que é acompanhando e confortando com a companhia deles em todos os momentos, para “aliviar” a dor de seu dono.
  • O pulo dos cães também costuma ser uma amostra de alegria e de carinho. Eles saltam para ficar à altura de seu dono (sobretudo se forem animais pequenos) e para lamber e chegar as mãos do dono se ele não se agachar, etc.
  • Outra conduta típica é a de se apoiar no dono, ou se inclinar sobre ele. Normalmente, trata-se de uma atitude para chamar a atenção, para te fazer notar que ele está ao seu lado e quer brincar, manifestar seu carinho, ou simplesmente porque ele tem fome e quer te lembrar que chegou a sua hora de comer.

Seu cão pode sorrir

sorriso-cão

Autor: Roiz Roiz

  • Você acha que seu cão não sorri? Você está errado. Inúmeros estudos puderam demonstrar que os cães podem adotar uma grande quantidade de gestos e expressões faciais frente a vários estímulos, de forma positiva em alegria e felicidade, ou também no caso de coisas menos agradáveis. Se seu cão te olha e você acha que ele está sorrindo, tenha certeza de que ele está. E isso significa um sinal de profundo de afeto para com você.
  • Quando nosso animal de estimação nos “rouba” uma meia três-quartos ou um sapato, não devemos interpretar isso de forma negativa. Ele sente nossa falta e o objeto que ele pegou representa quem somos, tem nosso cheiro, e isso é algo que o cão precisa sentir.

Os ruídos e os gestos

  • Quando o seu cão late ante ruídos na porta de sua casa ou diante de sons estranhos, não devemos nos incomodar; você terá que estar conscientes de que o animal está cuidando de nós, está velando pela segurança de SEU lar.
  • Se você fizer gestos e perceber que seu cão te acompanha com o olhar, é porque ele está atento ao menor dos movimento. Sua entrega para você é total.